quinta-feira, 24 de julho de 2014

Jovens angolanos manifestam-se sábado em Viana





O projecto denomina-se MMM, Movimento das Manifestações nos Musseques, e visa protestar primeiro nos musseques e depois nos centros da cidade.

Coque Mukuta
VOA

Jovens que regularmente protestam em Luanda lançam o projecto Movimento das Manifestações nos Musseques, que visa aumentar ainda mais o grau de revindicação dos cidadãos. Este sábado, 26, realizam no município de Viana, uma manifestação contra os maus-tratos às mulheres zungueiras.
Já foram distribuídos vários panfletos, camisolas e realizada uma mega campanha de mobilização para maior concentração de manifestantes neste sábado.
Segundo, Raul Mandela, a polícia nacional e o Governo local já estão informados sobre a iniciativa.
O activista disse ainda que as manifestações que até agora se realizam essencialmente em Luanda, chegarão a outras províncias com vista a despertar a consciência das populações sobre a cultura da revindicação.
O projecto denomina-se MMM, Movimento das Manifestações nos Musseques, e o objectivo é investir primeiro nos musseques e depois nos centros da cidade. "Nós não tempos medo mas queremos antes esclarecer as populações e quando tivermos que ir para a cidade alta as populações já sabem que estão a ser violados algum direito”, disse.
Mandela confirmou estar tudo pronto para a realização da manifestação neste sábado na Vila de Viana.
“Faltam luz, água, pontes áreas e nós vemos todos os dias as nossas mamãs a serem batidas, por isso vamos protestar na vila de Viana e temos tudo preparado”, garantiu Raul Mandela, que confirma a realização da manifestação este sábado na Vila de Viana.
Recorde-se que nas manifestações anteriores houve confrontos com a polícia ou os actos tiveram de ser cancelados e de lá para cá várias iniciativas registaram-se espontaneamente para protestar contra o Governo.

Enviar um comentário