sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Verdades inconvenientes sobre África na perspectiva de um judeu


Caros irmãos africanos por favor leiam este texto até ao fim. É uma entrevista de um líder Judeu acerca das sociedades negras.
Jornalista: Porque que as sociedades dos negros tem uma Economia muito atrasada?

FACEBOOK

Líder Judeu: A única coisa que os negros compreendem é o Consumo. Os negros não entendem a importância de criar e construir riqueza.
A regra fundamental é manter o seu dinheiro dentro do seu grupo racial. Nós judeus construímos o negócio judaico, contratámos judeus, compramos e gastamos produtos judaicos. Não há nada de errado com isso, mas é uma regra básica que os negros não compreendem e nem seguem; "Eles matam seus companheiros negros diariamente em vez de querer ver seu companheiro preto bem sucedido" 93% dos negros mortos nos Estados Unidos e em África foram mortos por negros.
Os líderes negros roubam o seu próprio povo e enviam o dinheiro para seus colonizadores e depois o tais colonos usam o mesmo dinheiro para lhes emprestar e eles pagarem o mesmo dinheiro com juros que endividam os seus Países.
Todo negro bem sucedido, só quer gastar o seu dinheiro com os seus mestres coloniais (fora do seu País). Eles vão de férias no estrangeiro, compram casas no estrangeiro, estudam no exterior, fazem tratamento médicos no estrangeiro etc; O mais sensato séria gastar este dinheiro nos seus países para beneficiar o seu povo e a sua economia.
As estatísticas mostram que o dinheiro judeu deve trocar de mãos 18 vezes antes de deixar a sua comunidade, enquanto para os negros é provavelmente um máximo de uma vez ou mesmo zero.
Apenas 6% de dinheiro negro volta para sua comunidade. É por isso que judeus estão no topo e os negros estão na parte inferior de cada escada da sociedade.
Em vez de comprarem Louis Vuitton, Hermes, carros, sapatos, casas, vestidos de luxo, etc, os negros poderiam industrializar a África, construir bancos e se livrar de instituições coloniais, colocando-os fora do negócio.
Jornalista: Qual é o seu pensamento sobre a falha dos negros mesmo depois de 150 anos?
Líder Judeu: Bem... Nem sempre a culpa é do povo negro. Os seus hábitos compulsivos de matar seu próprio país, através do consumo compulsivo de material, o que precisas entender é que o consumo hoje se tornou parte incontornável da cultura do homem negro. A sua incapacidade de construir negócios, ou preservar riqueza, pode ser atribuída a pessoas específicas (seus Líderes).
Jornalista:Então, o que é necessário para que negros se libertem?
Líder Judeu: Os negros devem assumir as suas responsabilidades. Os negros devem se unir e lutar veementemente contra os líderes corruptos que afundam os seus respectivos países porque só sabem correr para FMI, como se FMI fosse o Papai Natal. O FMI não tem ajudado África e os africanos, e se ajuda é a um preço muito alto, tão alto que vale a liberdade financeira dos negros.
Por favor, partilhe o texto... Esta é outra verdade inconveniente do continente Africano e particularmente das lideranças Africanas parasitárias.
Adaptado por: Domingos Chicoca


Enviar um comentário