Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Inflação já está acima da meta do Governo. Carlos Rosado de Carvalho


O custo de vida em Luanda aumentou 9,6% em Junho de 2015 face ao mesmo mês do ano passado e já está acima da meta de 9% do Governo para 2015, revelou o Instituto Nacional de Estatística.

http://expansao.co.ao/Artigo/Geral/59256

A taxa de inflação homóloga acelerou 0,7 pontos percentuais, de 8,9% em Maio para os referidos 9,6% em Junho. É preciso recuar a Setembro de 2010 para encontrar uma subida desta taxa tão elevada.
A taxa de inflação homóloga aproxima-se assim dos dois dígitos - taxas superiores a 10% -,o que poderá acontecer já em Julho. O ritmo anual de crescimento dos preços, que compara os preços de determinado mês de um ano com o mesmo mês do ano anterior, fixou-se pela primeira vez em um dígito em Agosto de 2012, atingiu um mínimo de 6,9% em Junho de 2014 e desde aí não parou de aumentar. A meta de inflação anual do Governo para 2015 inscrita no Orçamento Geral do Estado Revisto é de 9%.
Depois de ter passado praticamente incólume às três subidas dos preços dos combustíveis, a taxa de inflação em Luanda não resistiu à escassez de divisas e consequente desvalorização do kwanza, como assinala o Banco Nacional de Angola (BNA) no relatório de inflação do I trimestre de2015.


Enviar um comentário