Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

domingo, 25 de agosto de 2013

Luanda. Rádio Mais ou Rádio Menos?


Director da Rádio Mais agride colega Lisboa - O director de informação da Rádio Mais, Alfredo Salvador Carima “Dito” é acusado de ter agredido um subordinado na sexta-feira (23) por revelar-se oposto aos seus métodos de trabalho. Para além da agressão, o responsável humilhou o subordinado ofendendo a sua mãe. O agressor terá alegado que nada o poderia acontecer; uma alusão segundo os presentes, ao facto de ser cunhado de um membro do Bureau Político, Carlos Feijó. Alfredo Carima tornou-se o director de informação da Rádio Mais desde Julho último. Como profissional, o mesmo conduz Alfredo Carima um programa, o “Mais cidadania” procura transmitir valores na sociedade. É descrito como um elemento “dinâmico” porem tem se prejudicado com a onda de reclamações que invocam o seu de “mal educado” que contradiz com a moral que procura transmitir aos ouvintes.

In Fernando Tomas. Facebook
Enviar um comentário