Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Criança de três anos é assassinada e queimada depois que seu avô não conseguiu pagar dívida com máfia




Avô e namorada também foram mortos.
Um menino de três anos de idade foi assassinado pela máfia, que, em seguida, queimou seu corpo. A ação criminosa foi uma espécie de vingança pelo fato do avô não lhes pagar uma dívida de drogas.

O corpo de Nicola Campolongo foi encontrado no fim de semana em um carro queimado atrás de uma fazenda abandonada. Junto estavam os cadáveres do avô, Salvatore Lannicelli, de 52 anos, e sua namorada, Ibtissa Touss, de 27.

Os investigadores italianos ficaram chocados com a crueldade, já que há um mito perpetrado de que não se machucam mulheres e crianças. 

A polícia de Cosenza, no extremo sul da Itália, acredita que os assassinos e vítimas vêm de clãs filiados à máfia Ndrangheta, que fornece cocaína para cerca de 80% da Europa. O avô cuidava da criança porque o pai e a mãe de Nicolas estavam presos. 

Fonte: Daily Mail
http://www.techmestre.com
Enviar um comentário