segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Regime Angolano num gesto claro de desespero submeteu a escutas telefónicas


 sem nenhuma autorização judicial os telefones de todos os dirigentes da oposição activa a este regime, aos jovens do Movimento Revolucionário e alguns outros membros da sociedade civil Angolana.
Com tanto medo deste tigre de papel que é o mpla aconselharia aos manos usarem os telefones para questões estritamente necessárias, de resto é melhor não porque os fantasmas na cidade alta aparecem em todos os cantos e agora querem usar as conversas telefónicas para tentarem armar mais ciladas contra gente de bem.
In Adriano Sapiñala. Facebook
Enviar um comentário