Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Luanda. Quem trava esta invasão ilegal?


É o que ocorre na Clínica Girassol, enfermeiras portuguesas foram empregadas, quando jovens nacionais ali solicitam enqua­dramento e não são admitidas. No Banco Millennium, o problema já se arrasta há algum tempo. Nessa instituição, cidadãos portugueses, muitos em situação migratória irregular, trabalham nas calmas, ocupando a maior parte deles cargos de chefia. Segundo funcionários autóctones, aos angolanos é vedada a promoção a essa condição.
In SEMANÁRIO ANGOLENSE
Enviar um comentário