Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

“um general da UNITAa e que é natural de Nyareia que começou a disparar contra a população”






 eu tambem vinha do k.norte num autocarro que aminha faculdade de ciencias sociais da universidade agostinho neto,saiamo-nos de uma pesquisa cientifica e nos deparamo-nos com um aparato policial,e fomos revistados pela a policia ,e perguntamos o que se passava e o policia respondeu que vinha um carro cheio de jovens e dentro do carro estava la um geral da unita e que é natural de nyareia que começou a disparar contra apopulaçao e quando apolicia interviu e disparou contra apolicia e dois policias atigiram mortalmente,e perguntei se de para mão o general começou a disparar? e o agente disse-me que o general fazia parte de um bando de criminosos que furtavam viaturas e violadores de mulheres.
CENTRAL ANGOLA
Relato que nos chega do Kwanza Norte:

"Um facto hediondo no desvio Dondo e N'dalatando, 2 polícias morreram, 1 ou 2 com ferimentos ligeiros...Isto aconteceu quando a polícia efectuava serviço de revista aos ocupantes da viatura e por haver recusa, começou-se os tiroteios entre as partes...1 dos ocupantes está foragido e a maior parte deles foram capturados..."

Quando perguntámos se era uma história confirmada por testemunhas oculares, a nossa fonte, que escolheu manter-se anónima, rematou:

"muitas testemunhas central angola aqui no kwanza norte confirmam o facto.ontem o aparato policial era enorme a partir de catete e só me apercebi do caso quando chegamos no desvio, foi assim que alguém que viajava no mesmo carro que eu e acabou por comentar o caso...mesmo aqui no kn alguém do corpo da policia da minha intimidade comentou
os viajantes de autocarros e carros normais quando chegam no desvio do acontecimento devem descer para eventual revista."

Imagem: autor desconhecido
Enviar um comentário