Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Portugal é o 5º país mais corrupto do mundo


Um inquérito levado a cabo pela consultora Ernst & Young na Europa, Índia, Médio Oriente e África sobre corrupção revelou um facto alarmante, mas talvez nada surpreendente sobre Portugal: o país está entre os mais corruptos do mundo, pelo menos na óptica dos trabalhadores portugueses.

Artigo por Pedro Filipe
CONEXAOLUSOFONA

O estudo abrangeu um total de 38 países onde foram feitas entrevistas a 3.800 trabalhadores das mais diversas áreas, sobre a percepção que tinham da corrupção na sua empresa e no país.
Em Portugal 83% dos inquiridos considera que as práticas de corrupção no país acontecem de forma sistemática, apenas a Croácia, o Quénia, a Eslovénia e a Sérvia tiveram piores resultados. Do lado oposto encontram-se a Bélgica, a Alemanha, a Finlândia e a Dinamarca, como os países que os trabalhadores crêem ser mais éticos.
Escândalos como o que levou à prisão de José Sócrates, o antigo Primeiro-Ministro português, contribuem em muito para a imagem negativa que os portugueses têm do seu próprio país, no que a corrupção diz respeito.
Os inquéritos portugueses mostram ainda que 61% dos entrevistados acredita que os resultados financeiros apresentados pela sua empresa não correspondem à verdade e apenas 28% dão nota positiva à ética empresarial da instituição onde trabalham.


Enviar um comentário