Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Luanda: Jovens marcam manifestação para Sábado (03 de Maio)


Querem pressionar para transmissão dos debatates parlamentes

Coque Mukuta
VOA

Um grupo de jovens envolvidos em protestos de rua em Luanda  no passado convocou uma manifestação para sábado como forma de pedir a transmissão em directo os debates da Assembleia Nacional e a divulgação das violações dos direitos humanos em Angola.
Segundo Raul Mandela, um dos assinantes da carta entregue ao Governo da província, os programas transmitidos na televisão e rádio não contribuem para que a o povo esteja informado sobre o que se discute no parlamento.

“Eles passam mais questões como novelas e desfiles”, disse.

Mandela disse ainda que vão exigir também que sejam divulgados os casos de violações dos direitos humanos.

A manifestação no próximo sábado, 3 de Maio, está programada para as 13 horas no largo do Primeiro de Maio em Angola.

De recordar que no 3 de Maio assinala-se o Dia Internacional da Liberdade de imprensa e dia do parlamento.
Enviar um comentário