Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

domingo, 6 de abril de 2014

Angola: Dois cidadãos raptados continuam desaparecidos


Conselho dos Direitos Humanos quer explicações da procuradoria

Redacção VOA

Os  cidadãos Cláudio António Quiri e  Bento Adilson Penelas Gregório continuam desaparecidos desde Maio do ano passado e os autores do suposto rapto ainda não foram denunciados .
Trata-se do segundo caso conhecido, de desaparecimento de cidadãos, depois do rapto e morte de Isaías Cassule a Alves Camulingue. 
Preocupado com a situação, o Conselho de Coordenação dos Direitos Humanos (CCDH) pediu informações sobre o paradeiro dos dois cidadãos em nota recente dirigida à Procuradoria-Geral da República. 
O  vice-presidente do CCDH, Lauriano Paulo, disse esta quarta-feira, 2, à Voz da América que a sua instituição ainda não recebeu quaisquer informações sobre o assunto   e garantiu que vai continuar a pressionar  a PGR neste sentido.


Imagem:  Lauriano Paulo CCDH Angola
Enviar um comentário