Luanda. Desde as 07.40 horas do dia 10 de Março que o gerador do banco millennium, Rua Rei Katyavala – o banco da morte – trabalha dia e noite. A energia eléctrica está normal. As janelas e portas têm que ficar cerradas porque o fumo é mortal. No dia 13, três mercenários portugueses ao serviço do crime organizado estiveram no local e aprovaram a mortandade. Como o banco é da mana Isabel, ela quer lá saber disso. Continuamos no colonialismo antes da independência, do grito: VITÓRIA OU MORTE!

domingo, 22 de novembro de 2009

Em Angola, os bancos dão desenvolvimento económico e social





Angola tem muito petróleo. Por isso tem muitos bancos com muitos milhões de lucros que fazem milhões de populações muito felizes. Mas mesmo assim a sacanagem terrorista bancária apresenta nos seus balanços prejuízos. Como é o caso do Banco Millennium Angola. E ninguém contesta, para quê?! O terrorismo internacional bancário é mesmo assim. Será sempre assim?!

Os angolanos com habitações muito condignas, muitos bons empregos, água e luz sem interrupções. Sem os bancos o povo angolano seria muito infeliz.

Imagens: FOLHA 8

Enviar um comentário