Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Janeiro de 2014. República do paraíso do petróleo sem energia eléctrica de Angola






Luanda, apagões no mês de Janeiro de 2014 na Rua das Sirenes.

30 Jan 15.02-16.52, 29Jan 14.18-19.07, 28Jan 11.49-23.43, 09.41-11.41, 27Jan 22.50-22.59, 19.04-22.47, 24Jan 19.40 até às 07.01 do dia 25Jan, 13.42-19.32, 23Jan 21.58-22.46, 01.20-03.40, 22Jan 12.54-15.10, 10.54-12.31, 20Jan 00.02-02.58, 22.07 até às 01.54 do dia 21Jan, 17Jan 15.00-19.02, 03Jan 14.22-15.08, 02Jan 16.47-17.48

Enviar um comentário