Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Portuguesa é assassinada em Luanda


Uma cidadã portuguesa foi mortalmente atingida a tiro num assalto à porta do BPC da Maianga, em Luanda.

http://novojornal.co.ao/Artigo/Default/36492

O crime aconteceu na quinta-feira. De acordo com o jornal português Correio da Manhã, dois assaltantes que seguiam numa moto obrigaram a vítima, que estava no passeio, a parar e a entregar todos os valores. A mulher portuguesa, uma pequena comerciante, resistiu e foi atingida com um tiro no peito.
Os assaltantes vasculharam de seguida o corpo da vítima e retiraram uma carteira que pouco dinheiro tinha. O facto de a vítima ter acabado de sair de uma dependência bancária levou os criminosos a pensar que estaria na posse de um montante maior.
Os assaltantes, que estão a ser procurados pela polícia angolana, são suspeitos de terem cometido outros crimes semelhantes.
NJ

Enviar um comentário