Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

terça-feira, 24 de junho de 2014

A greve dos professores da Huíla e o centralismo democrático








Recebemos esta imagem por mensagem privada com a seguinte mensagem:
"Bom dia Central, a cidade do lubango acordou com este texto espalhado nos locais estrategicos da cidade. As 5h da manhã já estavam nas ruas, ninguém sabe quem meteu e nem a hora certa."
Nós todos temos uma ideia mais ou menos ajustada de quem pode ter sido né? Estratégias orwellianas (1984):

In Central Angola. Facebook



Enviar um comentário