SOS ONU. O TERROR GOVERNA LUANDA. banco millennium Angola, o crematório nazi. Fechar portas e janelas porque terríveis toneladas de fumo do gerador da morte horrível da engenharia criminosa dos tugas que tudo fazem para nos exterminarem para que consigam empregos. As crianças, bebés morrem cancerosas dos pulmões porque o ordens superiores o ordenou. Em Luanda sem matar não se pode facturar. Os tugas têm que nos matar em todos os apartamentos nos gasear. É na rua rei Katyavala em frente à Angop

segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Avião Angolano. As fontes disseram que um empresário misterioso chinês


Avião Angolano apanhado a transportar armas para Costa do Marfim

Harare - O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, tem enviado secretamente armas para o presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, apesar dos pedidos internacionais para que Gbagbo deixe o poder.

Fonte: The Sunday Times Klub-K-Net

Enviadas por Robert Mugabe a partir de Harare

Uma aeronave Antonov An-22 avião de carga com a matrícula de Angola transportou toneladas de armas de Harare para Gbagbo durante o Natal e o ano novo, segundo fontes de inteligência na capital do Zimbabué.

Fontes, em Harare, disseram que Mugabe, autorizou a remessa de armas após um apelo de Gbagbo para intervenções militares em troca de petróleo. As fontes disseram que um empresário misterioso chinês - identificado apenas como Sam Pa - ter desempenhado um papel fundamental na organização da expedição, para que não podia ser rastreada até Mugabe.

A aeronave descolou da base aérea Manyame fora de Harare. A quantidade exacta de armas não é conhecida, mas o Antonov de fabricação soviética pode transportar até cerca de 80 toneladas de carga.

Militares do Zimbábue e oficiais de inteligência acompanharam as armas a bordo, até a Costa do Marfim que teve um embargo de armas em vigor desde 2002.

A entrega clandestina coloca Mugabe contra as Nações Unidas, e contra os líderes do oeste africano e a União Africana, que pressionam Gbagbo a ceder o poder para Ouattara, vencedor do segundo turno das eleições no país em Novembro, segundo os resultados verificados pelas Nações Unidas.

A Costa do Marfim é o maior produtor de cacau do mundo, responsável por cerca de 40% da produção global. As informações são da Dow Jones.

Imagem: tráfico de armas por pastores da Igreja Universal no Brasil

Sem comentários: