… saúde em Angola, para quem o dinheiro vale mais do que a vida de um ser humano. A primeira vítima foi um jovem que se sentiu mal, durante uma partida de basquetebol, no bairro em que vivia - o Alvalade -, pelo que foi levado pelos companheiros até a uma conhecida clínica do bairro, onde acabou por morrer sem ter sido assistido, por falta de dinheiro para pagar o tratamento. Aconteceu há cerca de 20 anos. O que é que até hoje mudou? Nada! In Nhuca Júnior. Imagem: Chrisguy Oliveira. Facebook

segunda-feira, 24 de Outubro de 2011

Discurso de Samora Machel na Beira em 1975


“Ouviram” ?
“Vão tentar nascer aqui em Moçambique capitalistas pretos, que vão tentar explorar outros pretos, estudou um pouquinho ou licenciou -se, tem o seu diplomazito, pronto! Está pronto, está autorizado a explorar…”
Beira (Canalmoz) – Em 1975, ano da Independência Nacional, o primeiro presidente da República, Samora Moisés Machel, proferiu, na Beira, um discurso de que reproduzimos a seguir uma passagem que não deixa de ser curiosa no contexto actual:
“Vão tentar nascer aqui em Moçambique capitalistas pretos, que vão tentar explorar outros pretos, estudou um pouquinho ou licenciou -se, tem o seu diplomazito, pronto! Está pronto, está autorizado a explorar. É o Senhor Doutor, ele não produz, senão uma repetição daquilo que foi inculcado pelo capitalismo. Seremos últimos quando se trata de benefícios. Primeiros quando se trata de sacrifícios. Isto, é que é servir o povo, ouviram camaradas? Ouviram? Vocês todos são pobres aqui! Pobres! Daqui a 3 anos nós vamos ver alguns a levantarem edifícios de 15 andares. Onde arranjou esse dinheiro? Se eu levantar um prédio, façam favor de me perguntar. Ouviram?.. “ (Redacção)

1 comentário:

Paz e liberdade disse...

Tal como aconteçe em ANGOLA.