SOS ONU. O TERROR GOVERNA LUANDA. banco millennium Angola, o crematório nazi. Fechar portas e janelas porque terríveis toneladas de fumo do gerador da morte horrível da engenharia criminosa dos tugas que tudo fazem para nos exterminarem para que consigam empregos. As crianças, bebés morrem cancerosas dos pulmões porque o ordens superiores o ordenou. Em Luanda sem matar não se pode facturar. Os tugas têm que nos matar em todos os apartamentos nos gasear. É na rua rei Katyavala em frente à Angop

quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

(Enlouqueceram?) Novos vistos para trabalhar em Angola entram em vigor hoje


Portugueses que queiram ir trabalhar para Angola têm a vida facilitada a partir de hoje.
Os portugueses que desejem trabalhar em Angola vão ter tarefa mais facilitada a partir de hoje com a entrada em vigor do acordo de facilitação de vistos de trabalho entre Portugal e Angola. O documento foi assinado em Setembro, em Lisboa, entre o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, e o seu congénere angolano, George Chicoti.

DIÁRIO ECONÓMICO

Segundo o acordo entre os dois países, os portugueses que desejem trabalhar em Angola poderão obter um visto de trabalho em apenas 30 dias, que será válido por um período de três anos, contra os actuais 12 meses.
Esta licença pode ser renovada duas vezes por iguais períodos de tempo, sendo necessário, porém, o regresso a Portugal no final de cada época para a renovação. Além disso, o novo acordo vai permitir aos portugueses várias entradas e saídas de Angola sem ter de renovar os seus papéis, ao mesmo tempo que os vistos de curta duração passam a ser válidos durante 90 dias, o triplo do que acontece actualmente, podendo ser conseguidos em oito dias.
Na altura da assinatura deste acordo, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português salientou o facto de se criar "um novo ciclo na mobilidade dos cidadãos dos dois países, com um evidente desenvolvimento das relações económicas e laborais" entre os dois países.
Comentários
Jo , | 26/10/11 11:04
Desconhecem a realidade de Angola. O problema não está só no tempo de emissão. No período em que lá estive, a empresa onde trabalhei teve de "dar gasosa" a alguém para a obtenção do meu visto de trabalho e de mais 4 colegas.
Coitadinhos... , Lisboa | 26/10/11 11:01
Meus amigos sejamos claros: Eu sou apologista da mobilidade das pessoas, independentemente de raça, politicas ou religião. Os Angolanos sempre tiveram facilidade de se instalar em Portugal e nós dificuldade de nos instalarmos em Angola. Sabem o que é necessário para um Angolano abrir uma empresa em Piortugal? O mesmo que é pedido a um Português. Sabem o que é necessário a um Português para abrir uma empresa em Angola? Ter um sócio Angolano. Percebem agora a diferença? Sabem qual é o limite de dinheiro que cada Português pode trazer consigo para Portugal em divisas? É que se não é confiscado no Proprio aeroporto!!! Angola ainda tem muito que aprender.
JJ , | 26/10/11 09:33
Marisa, lamento que tenhas algum tipo de atraso ou problema de compreensao. Passos Coelho e o Vitor Gaspar tem residencia oficial em Lisboa, logo nao sao cobertos pelo subsidio. Quanto ao Alvaro nao faco ideia, mas se o homem veio do canada presumo que nao tenha ca casa. Esse sim podia renunciar, se o salario nao cobrir tudo.
marisa , ponta delgada | 26/10/11 09:26
Nem o coelho nem os magos gaspar e pereira abdicaram do subsidio de alojamento. Que belo exemplo dariam se seguissem os outros que já o fizeram. Esperamos que tenham vontade de o fazer deixem o alojamento porque sempre moraram onde estão e teem bons ordenados. Nós pagamos tudo. qualquer dia ate vamos pagar o ar que respiramos. Sejam honestos e deixem o alojamento.
Portugal Para Todos , | 26/10/11 08:56
ABRA AS PORTAS DO MUNDO........AJUDA-TE A TI E AOS NOSSO FILHOS............ PARA PORMOS PORTUGAL A FUNCIONAR em.......... portugalpt.net
ESTES NÃO PRECISAM DE VISTOS .. PORQUE TRABALHAM MUITO POUCO OU NADA , | 26/10/11 08:49
Para quê
3 governos no Continente e ilhas
333 deputados no continente e ilhas
308 càmaras
4259 freguesias
1770 vereadores
30000 carros

ELES SÃO UMA PARTE MUITO IMPORTANTE DO PROBLEMA
VIRAM O ESPECTÁCULO DA MAMADEIRA?
O QUE INTERESSOU A CADA UM FOI O QUE
CADA PARTIDO GANHOU OU PERDEU

O pais pode esperar
A TÍTULO DE EXEMPLO A MADEIRA SE FOSSE TRATADA EM IGUALDADE COM O CONTINENTE TERIA 6 DEPUTADOS E NÃO 47

Humberto Quevedo , Luanda | 26/10/11 07:59
Meus Srs. deixem-se de comentários racistas e xenofobos, destes existem nos dois paises, mas felizmente são uma minoria, eu vim para Angola em 1979, estou cá até hoje, e nunca fui maltratado por ser branco, antes pelo contrário, conheço também alguns Angolanos que vivem e trabalham em Portugal, e estão plenamente integrados, portanto à que ter respeito uns pelos outros, nós somos dois povos que estamos condenados a viver juntos e misturados, e se ambos se respeitarem, tudo correrá bem, deixem-se de pretos e brancos, respeitem as diferenças, porque bons e maus, há dos dois lados, viva Angola!! viva Portugal!!
olhadelas , santarem | 26/10/11 01:03
Lá diz o ditado, e muito bem.
não sirvas a quêm serviu e não péças a quem pediu.
eu ! trabalhar para um pais que nos roubou.
Portugal Para Todos , | 26/10/11 00:39
ABRAM AS PORTAS....QUE O MUNDO É REDONDO NINGUEM CAI.......HA VONTADE...........E QUE PUDER QUE FUJA OU .........PERCEBA QUE TEMOS DE SER NÓS............................TAMOS NO FIO DA NAVALHA...........AJUDA-TE A TI E AOS NOSSO FILHOS............ PARA PORMOS PORTUGAL A FUNCIONAR em.......... portugalpt.net
adios , | 26/10/11 00:36
Vou ter de arranjar as malas e lá vou eu............ANGOLA,
Levantar o meu dinheirinho que ainda está no banco e forrar o casaquinho com ele pr,a ninguem desconfiar.
ADEUS

INCRÍVEL , | 25/10/11 22:57
AO QUE NÓS CHEGÁMOS !!!!!!!!!!!


Pedro Passos Coelhos , | 25/10/11 21:56
Desamparem a loja Portugueses.

Bazem de Portugal mas enviem divisas para cá.

Trabalhem lá fora e mantenham os ordenados dos políticos através dos vossos sacrificios.

rui , Porto | 25/10/11 21:14
@Costa, deixa de ser burro e racista, não tenhas a menor das duvidas que ganhamos muito mais com esta medida do que os próprios Angolanos.

Se desconheces a realidade dos trabalhadores portugueses em Angola, tal como o Birimbau ja vivi e trabalhei em Angola e sei a dificuldade que era arranjar vistos de trabalho , mesmo para quadros técnicos.

Bem haja para esta medida, e que dê incentivo a empresas portuguesas a apostar com mais confiança num mercado bom como é o Angolano.

Birimbau , | 25/10/11 19:31
Finalmente uma boa notícia.
Estive a trabalhar em Angola e sei a dificuldade que era a obtenção de visto de trabalho.
Parabens sr.Paulo Portas e muito obrigado sr.Gaorge Chicoti.


Sem comentários: