Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 14 de março de 2014

AFS - Ermelinda Freitas: "Corrupção está implantada em todas as instituições"


A responsável da Unita pelos Direitos Humanos pede mudança em Angola e diz que o pai da corrupção é o presidente José Eduardo dos Santos.

VOA Português

A situação dos direitos humanos em Angola é péssima e não haverá melhoria enquanto o actual Governo permanecer no poder, disse  Ermelinda Freitas, porta-voz do Secretariado Nacional da Justiça e dos Direitos humanos da UNITA.

Freitas fez notar o que disse serem assassinatos impunes nas províncias, como nas Lundas e no Kwanza Sul, e ainda o facto de se continuarem a fazer demolições de casas sem alternativas viáveis para os seus habitantes.

“Jogam as pessoas nas matas como se fossem lixo”, denunciou.
Ermelinda Freitas falava no programa Angola Fala Só que foi marcado por fortes críticas às autoridades pela  violação de direitos humanos básicos e  impunidade dos responsáveis que cometem crimes.

Interrogada sobre o a recente morte de três militantes da Unita no Kwanza Sul, a porta-voz disse não poder detalhar o que o partido vai fazer em relação a esse caso porque a direcção ainda não se tinha reunido para decidir um plano de acção.

“O que eu sei é que a Unita não vai ficar quieta, não vai ficar calada”, revelou.

O tema das zungueiras não podia faltar. O ouvinte Lucélio Francisco disse ter participado na reunião de hoje sobre as actividades das “zungueiras”  em que o Governador de Luanda Bento Bento prometeu arranjar espaço nos mercados da cidade. O Governador revelou terem sido dadas ordens para se acabar com a s agressões às “zungueiras”, segundo Francisco.

“É mais uma promessa”, reagiu  Ermelinda Freitas que se mostrou convencida de que dentro de pouco tempo  “as zungueiras vão continuar a apanhar”, porque "o Executivo angolano não tem, não teve e nunca terá um programa para o bem-estar do povo angolano,” disse a porta voz do Secretariado dos Direitos Humanos da Unita.

Ermelida Freitas disse que “em Angola nada funciona”, e aponta que "não há correios". Mais:“Nunca vi um carteiro em Angola e as coisas  mais básicas não existem como água e luz”.

A corrupção em várias  instituições do Estado foi levantada por vários ouvintes e Ermelinda Freitas disse que “a corrupção está implantada em todas as instituições” de Angola desde as escolas à polícia.

Para Freitas, o responsável é óbvio: “A corrupção tem pai e o pai tem nome e o nome é José Eduardo dos Santos”, disse em referência ao presidente angolano.
Enviar um comentário