Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Kwanza Norte, Angola. Efectivo da Polícia mata a tiro criança de 8 anos



Kwanza Norte - Uma criança de oito anos morreu e dois adultos ficaram feridos, segunda-feira à noite, no bairro Tiro aos Pratos, periferia da cidade de Ndalatando, Cuanza Norte, na sequência de disparos efectuados por um agente da Polícia Nacional que foi imediatamente detido.
Fonte: Club-k.net
De acordo com o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, superintendente Gaspar José, que prestou a informação à imprensa nesta terça-feira, 25, o incidente terá ocorrido na sequência de uma briga entre o agente da corporação e um cidadão por alegadas razões passionais.

Esclareceu que o agente, cujo nome escusou-se a revelar, recorreu ao uso de arma de fogo numa briga com o marido de uma mulher, com quem foi surpreendido. Efectuou três disparos de arma de fogo que atingiram mortalmente uma criança de oito anos, e dois adultos na perna e braço.

Gaspar José disse que o infractor já foi apresentado ao Ministério Público para abertura do processo-crime, referindo que o aludido agente arrisca-se igualmente a um processo disciplinar que poderá culminar com o seu afastamento compulsivo da corporação.

Revelou que o Comando Provincial da Polícia Nacional encontra-se empenhado na prestação de todo apoio necessário às famílias das vítimas e lamenta o incidente.

Enviar um comentário