Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Angola. ANTIGOS COMBATIDOS



... Um distinto maquisard, dizia com amargura no olhar e com a voz embargada:
"Antigamente éramos os Guerrilheiros, o tal homem novo. Depois Antigos combatentes e daí passamos a antigos combatidos, numa fração de segundos." Já não temos direito sequer a dar um palpite, porque muitos de nós não acompanharam a febre de doutores que se regista atualmente e quanto a dinheiro, esqueça: Os subsídios de pensão servem para pagar medicamentos, alguns ainda pagam uma ou duas propinas de colégios ou faculdades dos filhos, contribuem nos pedidos e óbitos dos parentes, talvez...
Antigos combatidos passamos a ser e, quanto mais formos morrendo melhor, para muitos. Pelo menos deixam de encontrar-nos e deixam de ter remorsos. (Se é que os têm)
É o fim acelerado pela pobreza, (sem capital nem para construir um quiosque de mágoas) dos antigos combatidos.
Se durante anos fomos ensinados a não gostar de dinheiro e a perseguir quem gostasse, então somos muito poucos, com jeito para "fazer negócio!
Eis, os antigos combatidos" envenenados" pelo marxismo-leninismo de cartilha.
Amélia Da Lomba. Facebook


Enviar um comentário