… saúde em Angola, para quem o dinheiro vale mais do que a vida de um ser humano. A primeira vítima foi um jovem que se sentiu mal, durante uma partida de basquetebol, no bairro em que vivia - o Alvalade -, pelo que foi levado pelos companheiros até a uma conhecida clínica do bairro, onde acabou por morrer sem ter sido assistido, por falta de dinheiro para pagar o tratamento. Aconteceu há cerca de 20 anos. O que é que até hoje mudou? Nada! In Nhuca Júnior. Imagem: Chrisguy Oliveira. Facebook

sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Quando tiver problemas, não conte com seus amigos do Facebook


Um instituto americano de combate ao câncer resolveu fazer uma pesquisa para descobrir o seguinte: será que uma campanha via Facebook para ajudar no tratamento de um paciente, por exemplo, poderia ser útil? Será que os nossos amigos da rede social podem ser acionados em um momento de dificuldade? Os números, infelizmente, mostram que isso é uma realidade distante.
Os pesquisadores entrevistaram mil internautas entre 18 e 35 anos, todos portadores de uma conta no Facebook. Em média, cada usuário tem 237 amigos, mas apenas dois foram apontados como confiáveis para se procurar em caso de necessidade.
Para 13% dos pesquisados, a situação era ainda mais grave: não havia uma pessoa sequer no Facebook que pudesse ser um ponto de apoio na “vida real”.
Os pesquisadores apontam que isso é um problema mais grave do que parece: como muitas pessoas passam mais tempo na internet do que em outros tipos de interação social, é desanimador, segundo eles, que provavelmente ninguém virá em seu socorro se você pedir ajuda devido a um parente que está com câncer, por exemplo. [Telegraph]
http://hypescience.com/quando-tiver-problemas-nao-conte-com-seus-amigos-do-facebook/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29
Hypescience

Sem comentários: