sábado, 29 de setembro de 2012

Luanda. Relações Angola/Cuba forjados com laços de sangue – diplomata


Luanda - A embaixadora de Cuba em Angola, Gisela Garcia Rivera , afirmou hoje, em Luanda, que as relações de amizade entre o seu país e Angola estão forjadas em laços históricos iniciados em tempos de guerra.

http://www.portalangop.co.ao

A diplomata fez este pronunciamento em entrevista à Angop tendo considerado que actualmente as relações entre ambos os países são excelentes com vista ao seu reforço com base em projectos conjuntos em execução ligados a várias áreas.
 "As relações entre Cuba e Angola têm bases históricas que se forjaram durante os momentos mais difíceis da história do país africano as quais agora se reafirmam em momento da consolidação da paz e de reconstrução nacional", asseverou.
De acordo com a diplomata existem muitos vínculos de colaboração e uma história de relacionamentos profundos selados com laços de sangue e de irmandade, os quais se manifestam actualmente nos domínios da saúde, educação, construção de estradas, aeroportos, entre outras áreas.
Informou que actualmente estão em Angola cerca de 3.500 colaboradores cubanos que trabalham em projectos ligados a saúde, educação, construção. Neste momento o destaque vai para o projecto de combate a malária e hiv-sida que tem tido um grande impacto no seio das comunidades, uma vez que as populações têm sido educadas no sentido de saberem se prevenir contra estas endemias", sublinhou.
 Destacou o projecto de alfabetização " sim eu posso" que conta com a colaboração de 12 técnicos cubanos que trabalham com 1. 576 facilitadores angolanos. Esta iniciativa se desenvolve nas províncias de Luanda, Benguela, Huambo e Bié tendo já beneficiado 170 mil 483 angolanos sendo a maioria mulheres.
Este projecto com método de ensino cubano tem a anuência da Unesco e tem sido implementado com êxito em muitos países da América Latina e África.
Imagem: ligali.org
Enviar um comentário