SOS MATANÇA no banco millennium Angola do forno crematório nazi. Correr e fechar portas e janelas porque vem aí terríveis toneladas de fumo do gerador da morte horrível da engenharia criminosa dos tugas que tudo fazem para nos exterminarem para que consigam empregos. As crianças bebés morrem cancerosas dos pulmões porque o ordens superiores o ordenou. Em Luanda sem matar não se pode facturar. Os tugas têm que nos matar em todos os apartamentos nos gasear. É na rua rei Katyavala em frente à Angop

terça-feira, 16 de Novembro de 2010

GPL esclarece susposto confisco de viaturas de “Quim” Ribeiro


Lisboa - O governo províncial de Luanda (GPL), esta em vias de fazer uma comunicação publica para esclarecer o recente confisco de viaturas numa standard na comuna do morrobento em Luanda que se diz ser do suspenso comandante provincial da policia nacional de Luanda, Joaquim Ribeiro.

Fonte: Club-k.net

A versão que o GPL, trará a publico, descarta que a apreensão das viaturas em causa estejam ligadas a um suposto confisco conotado ao "caso Quim Ribeiro". Alega que a “invasão” da standard nos arredores de um destacamento da UGP- Unidade da Guarda Presidencial deve-se a uma medida de embargo tendo em conta que foi construída num espaço considerado “ilegal” e que esta em vias de ser demolido. As viaturas retiradas foram colocadas no parque da fiscalização de Luanda.

Para alem do embargo feito, o GPL procedeu com a mesma medida em outros estabelecimentos no mesmo perímetro da standard e arredores incluindo a uma residência nas proximidades da chamada “casa amarela” no bairro Talatona.

Sem comentários: