Na pátria dos lordes do petróleo, dos chineses, portugueses, brasileiros e da Igreja, é tudo para eles. Para nós nada, só lixo. Este é o cheiro da liberdade do petróleo. Os condutores do petróleo conduzem Angola para a revolução. Ó crianças abandonadas pelo poder do petróleo! Biliões de dólares vos contemplam, vos exterminam!

quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

A Verdadeira história da Build Angola


Carissímos,

Verdade ou não vamos ficar atentos e exigir toda a documentação desses
condomínios que prometem o céu e a terra. Tudo começa por um preço muito
aliciante que para nós que sobrevivemos do salário é ouro sobre azul.

Fonte: email

Muita cautela!!!
Me chamo Matias Lukoki e trabalho na Sonangol a mais de 3 anos.
Em 2008 aderi ao projecto THE ONE e também ao projecto COPACABANA e para
minha frustração até hoje não recebi minhas chaves!
O projecto THE ONE já está atrasado a mais de 15 meses e sem previsão de
encerramento, enquanto o COPACABANA foi cancelado. Neste ultimo projecto
tentei em vão recuperar mais USD 300 mil que eu e minha esposa demos como
pagamento do apartamento e apesar da minha insistência os funcionários da
Build Brasil não atendem mais minhas ligações e não me dão retorno.
Semana passada fiquei indignado com uma declaração de um amigo que trabalha
na Build Angola. Ele me contou sobre o que acontece de facto nesta empresa
de empresários brasileiros sem ética e respeito a nós angolanos.
A empresa Build Angola que já alterou seu nome três vezes (começou com Build
Invest, passou para Build Brasil e hoje se auto-proclama Build Angola) na
verdade se chama READI ANGOLA. Por que tantas mudanças?
DOCUMENTAÇÃO DA EMPRESA
Esta empresa que se diz Build Angola e cujo proprietário se diz o Sr. Paulo
Sodré (vejam a entrevista no "Entrevista Angola" da TV Record em
http://www.youtube.com/watch?v=hc0dfukSOI4
http://www.youtube.com/watch?v=hc0dfukSOI4> ) é na verdade READI ANGOLA,
LDA e o único documento que liga a READI Angola (cuja propriedade é das
senhoras Joana do Sacramento Pereira de Andrade e Baulete de Almeida dos
Santos Garcia) é um contrato promessa de cessão de cotas. Esses senhores que
dizem ter feito da Build Angola uma empresa angolana não tem sequer uma
pessoa jurídica em Angola e tem como objecto social apenas a prestação de
serviços mercantis.
O Sr. EDSON ARANTES DO NASCIMENTO (o jogador Pelé) não tem nenhuma
participação na empresa e nem em nenhum empreendimento. Foi somente pago
para fazer a publicidade, visto que é uma pessoa conhecida e desvia a
atenção dos bastidores da empresa.
O ANDAR DAS OBRAS
A empresa que recentemente em comercial de TV disse já ter entregue 150
unidades em Angola jamais concluiu nenhum projecto. Veja o status de cada um
dos projectos:
THE ONE - A entrega era para Outubro de 2009 (isso mesmo, para mais de um
ano atrás) e até agora o ritmo das obras é nulo. Qualquer um que passa em
frente à obra na Estrada do Golfe mal percebe.
COPACABANA - Projecto cancelado. Inúmeros proprietários como eu enganados
Pessoas de boa fé que adquiriram um projecto e não receberam até hoje as
famosas "chaves na mão" ou a compensação financeira!
QUINTAS DO RIO BENGO - As quintas que estão a ser prometidas para o Natal
não estão nem próximas de serem concluídas e isto pode ser facilmente visto
por quem passa pela estrada da Funda. As imagens no comercial de TV são
somente das casas-modelo que foram construídas para promover o projecto.
BEM MORAR - O projecto que tem entrega prevista para Abril de 2011 (ou seja,
daqui a 05 meses) não tem sequer a fundação da maioria das casas. Fizeram as
ruas e dois prédios (que chamam mais a atenção) e nada mais.
NOSSO LAR - Mais uma vez fizeram um grande Stand de Vendas e duas casas
modelos, porém bem longe da real localização do condomínio. A empresa também
não apresenta nenhum documento que comprova a titularidade dos terrenos
aonde está a construir como foi comprovado pelo Semanário Angolense de
25/09/2010. A empresa se recusou a mostrar qualquer documento. A "Build
Angola / READI" inclusive mandou comprar todos os jornais quando saiu esta
edição.
Por fim ficam algumas questões a serem respondidas:
- Como é possível uma empresa que jamais terminou um projecto estar a
promover 06 projectos ao mesmo tempo (The One, Quintas do Rio Bengo, Bem
Morar Benfica, Bem Morar Samba, Nosso Lar e Nossa Vila)?
- De onde vem o dinheiro para insistentes anúncios publicitários num número
tão grande de veículos? Não seria esse dinheiro mais bem investido na
conclusão das obras?
- Por que a empresa se recusa a apresentar os documentos de suas obras
(Direito de Superfície e Licença de Construção)?
- Por que a empresa não é registada como Build Angola? Quem é a READI?
- Por que os proprietários da empresa usam o nome "Build Angola" sendo que
esta empresa não existe?
- Quem são de facto os senhores António Paulo de Azevedo Sodré, João
Gualberto Ribeiro Conrado Júnior, Paulo Henrique de Freitas Marinho e
Ricardo Boer Nemeth? Por que eles são sócios de uma empresa que não existe?
Qual o histórico destes senhores no Brasil?
- Por que uma empresa que tem em seu Alvará Comercial a actividade de
Prestação de Serviços mercantis actua no ramo imobiliário?
- Nós estamos prontos para mais uma falsa promessa como Lar do Patriota ou
Jardins do Éden?

Tenho muitos colegas de empresas de renome como BP, TOTAL, Esso e da própria
Sonangol aflitos pela situação e que colocaram dinheiro nesta empresa.
Vamos exigir das nossas autoridades uma fiscalização mais rigorosa, com
maior transparência e respeito aos cidadãos angolanos! Precisamos de
empresas que se preocupem menos em publicidade, compra de notícias e
contratação de personalidades e se preocupem mais em construir e entregar o
que prometem!
Peço a todos que encaminhem este email ao maior número de pessoas possíveis
para criarmos uma corrente de protecção dos nossos direitos como angolanos!
Vamos acabar com a mentira que ronda este tipo de negócio.

Imagem:
http://charges.uol.com.br/emails-comentados/2009/05/18/negocio-imobiliario

163 comentários:

Anónimo disse...

Começam a surgir os podres do passado do Sr. ANTONIO PAULO DE AZEVEDO SODRÉ, proprietário da referida empresa.
Esteve envolvido em escandalos no Brasil enganando diversos investidores em equema envolvendo compra de avestruzes.

"QUEM DESCOBRIU A " MÃE MOR" DA PICARETAGEM???

Da mesma forma que não se sabe quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha, não se sabe de quem foi a mirabolante idéia de ludibriar futuros criadores brasileiros, se foi EUROAVESTRUZ , empresa individual do SR. ADAIR DE MIRANDA VELASQUE, ou se foi a CENTRAL DO AVESTRUZ (Central de Aves Comércio e Exportação Ltda) hoje atuando como PARQUE DO AVESTRUZ, empresa representada pelo SR. ANTONIO PAULO DE AZEVEDO SODRÉ, as vezes representado por seu advogado DR. VASSILI DEMETRIUS PANAGOLIAS, ou se foi o PROJETO AQUARIUS empresa representada pelo SR. VANDERLEI NAVARRO GARCIA, ou se o próprio GRUPO LISABETH empresa remanescente da STRUSKI S/A( hoje falida e devedora mor da Europa). Veja nos documentos anexos a "FICHINHA IDÔNEA" que estes senhores possuem!!!!! Como conseguir??? Fácil .... ainda bem que a nossa Constituição Federal nos permite ter acesso nos Fóruns Cíveis e principalmente nos Criminais , inclusive em D.P. É DIREITO DE TODO BRASILEIRO NÃO SER LUDIBRIADO POR PESSOAS INEDÔNIAS , QUE JULGAM QUE ACHAMOS DINHEIRO NA LATA DO LIXO!!!! "

http://members.fortunecity.com/aplia/index3.htm

Documentos que comprovam esta alegação:
http://members.fortunecity.com/aplia/instrumento/ipag1.gif
http://members.fortunecity.com/aplia/curriculo/cpag3.gif

Manchando o povo brasileiro em Angola! Absurdo

BUILD ANGOLA disse...

Senhores,

Após termos tomado conhecimento, como muitos de vós, do e-mail que circula de forma difamatória, achamos por bem e pelo respeito que temos por nossos clientes e parceiros, esclarecer determinados pontos.

O e-mail em causa, pela sua imprecisão e inconsistência, não merece que de nossa parte seja refutado, pela mesma via, mas sim em foro próprio, acarretando conseqüências legais.

A READI Angola é uma empresa de direito angolano adquirida por meio de apresentação de um projecto de investimento privado, aprovado pela Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP).

Neste caso, como bem se pode comprovar, a sociedade existia com anteriores sócios que transmitiram, via ANIP, as suas quotas para novos sócios (transmissão de quotas), legitimando a aquisição feita por investidores Brasileiros.

A BUILD ANGOLA é um GRUPO, o que significa que além da READI, é formada também por outras empresas associadas (de direito angolano) que faz com que a velocidade de projetos e execução dos mesmos seja realizada de forma prática, dinâmica e consistente.

A Build Brasil sempre teve como conceito ser uma empresa empreendedora. Há seis anos em Angola, com muito orgulho, acaba de se tornar uma empresa 100% angolana e, com essa mudança, a empresa se comprometeu com o povo angolano – via veículos de comunicação – a ampliar cada vez mais seus negócios no país.

Como é igualmente do conhecimento de todos, não é possível na República de Angola edificar-se imóveis (principalmente tratando-se de projectos habitacionais de grande envergadura), sem que para tal haja o suporte documental, nomeadamente direito de superfície e as respectivas licenças.

A Build Angola é uma empresa estruturada, que também tem como conceito o desenvolvimento e profissionalização da comunidade angolana. Hoje temos como colaboradores mais de 1.100 Angolanos de forma direta e indireta, além dos inúmeros despatriados, justificando assim uma estrutura humana sólida para a realização de tantos projectos e investimentos como citado também no referido e-mail.

Pensando também na comodidade dos nossos clientes e para mantê-los sempre informados do passo a passo de cada empreendimento (podemos fornecer aos senhores) temos um material elaborado pelo nosso departamento de comunicação que é enviado periodicamente para a nossa base de clientes com fotos e status de cada obra em questão.

A nossa empresa é caracterizada pela capacidade de gerir inúmeros projetos simultaneamente e isso só é possível graças a tecnologia que desenvolvemos em nossas construções, bem como a capacidade técnica dos nossos colaboradores.

A Build Angola sempre foi receptiva para fornecer qualquer informação e estamos a sua disposição para prestar todo esclarecimento que os nossos estimados clientes e parceiros acharem necessário. Aproveitamos também a oportunidade para convidá-los para uma visita a qualquer um de nossos empreendimentos, sendo eles pré lançamentos, em andamento, ou em fase de finalização.

O nosso departamento de comunicação poderá atendê-lo a qualquer hora para esclarecimentos e agendamento de visitas.

GRUPO BUILD ANGOLA
DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO
933.075.038/ 933.075.039

Anónimo disse...

Esta empresa Build Angola nunca entregou nada e já esta fazendo um novo laçamento, coitados desses ANGOLANOS

Anónimo disse...

Esta empresa BUILD ANGOLA nunca entregou nada e já esta fazendo outro lançamento,coitado do povo Angolano

Anónimo disse...

Como pode as autoridades não fiscalizarem essas empresas fantasma e deixar o nosso povo desamparado

Anónimo disse...

A BuildAngola fala e não mostra nada ,esse é o costume

Anónimo disse...

Todos casos não tem fundamento e ninguém coloca a cara para poder de facto dar veracidade nessas informações, procurem saber sobre os documentos e só. Na internet hoje se tem um lado muito obscuro e sombrio de pessoas sem credibilidade, não tire suas conclusões antecipadamente!! Corra atrás das informações e a BUILD ANGOLA está disposta sempre a informá-las.

Carlito disse...

As autoridades deveriam fazer prender esses homens que querem golpiar a nossa gente

Manoel Souza disse...

Este sr Paulo Sodre é uma pessoa que responde por mais de 50 ações civeis e criminais no Brasil ,já foi preso por roubo, esta condenado pela justiça brasileira ,será que a justiça Angolana não irá fazer nada !!!!!!

Anónimo disse...

Este tipo de gente gasta muito dinheiro em publicidade, prometendo o mundo para atrair as pessoas para os lançamentos, aproveitando dos sonhos de nosso povo.Por onde anda as nossas AUTORIDADES.

Fernando disse...

Este é o lado obscuro e sombrio da internet ,entre no site (www.tj.sp.gov.br )ou seja TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO (Brasil),escreva o nome Antonio Paulo de Azevedo Sodre e veja o que é obscuro e sombrio.

eunice disse...

O sr Paulo Sodre já foi preso e responde a 50 processos,sempre enganou as pessoas no Brasil e agora está fazendo isso em Angola

Anónimo disse...

Há muito que trabalho na área do imobiliário irei omitir a minha identidade por razões óbvias.
Há muito que tenho alertado os meus clientes,amigos e colegas acerca da actividade destas empresas com publicidade falaciosa.Não existe e deveria de existir uma instituição que garantisse aos compradores a garantia da qualidade do bem adquirido porque depois das casas entregues ninguem assume as responsabilidades da má execução e ñ cumprimento do caderno de acabamentos e os promotores põe-se á parte e muitos deles nem Angolanos são.
O bom produto não precisa de grande publicidade a grande publicidade só serve para captar ilusões e pagamentos em cash advance depois do incumprimento essa mesma empresas constituiem-se num emaranhado de outras empresas diluindo as responsabilidades e omitindo a real questão. Uma pergunta porque essas empresas tem grandes gabinetes de comunicação,advogados e caras respeitadas para as promoverem e protegerem? resposta para enganar,captar dinheiros e fugirem a responsabilidades.
Lamento o caminho que o imobiliário está a levar mas na minha opinião ainda vai piorar e muito pela experiência que tenho e pela visão que deslumbro, Se os promotores são de tanta capacidade financeira pk não constroem e vende depois de feito como o caso de alguns? pk os que constroem k os seus próprios capitais vão vender o que se vê quem capta dinheiros antes de construir nunca irão entregar nem no tempo prometido,nem na qualidade publicitada e muitas vezes nem nada entregam,
Cuidado compradores,cuidado Angolanos e cuidado bancos pk neste andar muita coisa vai acontecer.
Votos de boa noite e que este comentário sirva para alertar as autoridades

Marcelo disse...

Estranho. Tentei entrar em contato com e-mail que originou para perguntar se era realmente verdade, porque sabe como é internet, e ele esta cancelado.Por quê alguém faz uma denúncia destas e cancela o seu próprio e-mail??
Veja abaixo:

Delivery to the following recipient failed permanently:

matiaslukoki@yahoo.com

Technical details of permanent failure:
Google tried to deliver your message, but it was rejected by the recipient domain. We recommend contacting the other email provider for further information about the cause of this error. The error that the other server returned was: 554 554 delivery error: dd This user doesn't have a yahoo.com account (matiaslukoki@yahoo.com) [-5] - mta1155.mail.sk1.yahoo.com (state 18).

----- Original message -----

MIME-Version: 1.0
Received: by 10.91.51.22 with SMTP id d22mr4031729agk.175.1290760042731; Fri,
26 Nov 2010 00:27:22 -0800 (PST)
Received: by 10.90.227.16 with HTTP; Fri, 26 Nov 2010 00:27:22 -0800 (PST)
Date: Fri, 26 Nov 2010 06:27:22 -0200
Message-ID:
Subject: =?ISO-8859-1?Q?Confirma=E7=E3o_da_Verdade?=
From: Marcelo Torres
To: matiaslukoki@yahoo.com
Content-Type: multipart/alternative; boundary=0016e640d22ed65bfa0495f07d68

Senhor Matias,

Recebi o e-mail abaixo. Confirmas se é verdade?

Obrigado,

Marcelo

Matias Lukoki disse...

Prezado sr Marcelo,
É só ler os comentários anteriores que saberás o carater do Sr. Paulo Sodre dono da Build Angola ,já foi inclusive mencionado um site do Brasil a onde mostra a verdadeira historia do sr. Paulo Sodre.Precisas de que tipo de confirmação, sr ??????

Margarida disse...

Este mundo estas perdido, como pode ter Angolando a defeder estas pessoas que só estão a fazer mal ao nosso povo tão sofrido !!!!!!!

marinela disse...

Essa grupo build angola acha que o povo angolano é ingenuo e burro,vamos mostrar pra eles que não se engana um povo assim,vamos parar de comprar seus projectos e exijir nosso dinheiro suado de volta!

carlos disse...

Autoridades
Por favor,protejam nosso povo contra estes impostores

Elizabethe disse...

verificando junto ao site indicado em comentarios anteriores do TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO BRASIL ,encontrei varias ações civil e criminal dos outros socios da Build Angola ,fiquem ATENTOS.

Terezinha disse...

Prezados,somente as autoridades poderão fazer alguna coisa !!!

Anónimo disse...

Continuarei Anónimo por razões óbvias.
Vão ficar contentes os que receberem agora o dinheiro que pagaram há muito tempo por posições que esses senhores não entregaram mas irão ficar mito tristes as pessoas que pagaram por ultimo porque não vão ter nem casas nem dinheiro porque o que esses senhores estão a fazer é o famoso roullemente com o dinheiro de uns pagam a outros. Todas as empresas que lhes prestam serviços irão ficar sem dinheiro como todos os compradores inclusive eu sei que esses senhores agora estão a receber aqui dinheiro e a transferir para o Brasil de forma ilicita. Só tem uma forma de todos os compradores ficarem salvaguardados que é o estado obrigar a empresa a apresentar um garantia bancária porque quem tem negócios de tantos milhões de certeza que tem hipótese de apresentar essa mesma garantia. Caso não apresente meus senhores e senhoras feliz os que já receberam porque os que nunca receberam não vão mais receber nem tão pouco terão as casas. Todos acreditamos em Angola na sua legislação e nos seus agentes de autoridade por favor os mesmos que vejam o que se está a passar porque seja muito dinheiro ou pouco é dinheiro de trabalho que não deve ser perdido por estes oportunistas discípulos e usadores de palavreado idílico

Rui disse...

Se não for tomada nenhuma providência pelas autoridades é porque tens gente grande por de traz dessas empresas

marina disse...

Vamos propagar estas notícias pro maior numero de pessoas posíveis para que maisa ninguem entre nas falcatruas desses ladrões da build angola

Anónimo disse...

Todos falam somente no Sr. Paulo Sodré e esquecem de valiar os demais sócios. Todos eles, sem exceção são pessoas inescrupulosas, sem carater e sem a menor consideração pelo proximo, além de também terem problemas judiciais. Enganam, ludibriam, mentem descaradamente oferecendo oportunidades, mas na verdade querem apenas ganhar cada vez mais. Sao pessoas ganaciosas, maldosas que depreciam o povo Angolano com suas atitudes de má fé. Que esse povo já tão sofrido não se deixe enganar por propagandas bonitas e caras, cujo investimento poderia ter sido designado as construções, as realizaçoes dos empreendimentos. Alem do grupo BUILDANGOLA, vale pesquisar os responsaveis pela divulgaçao das propagandas enganosas como assessores de imprensa que também ganham fortunas para dar continuidade a propagação das mentiras. Povo Angolano, abram os olhos e exijam justiça, exijam respeito. Procurem tomar conhecimento de todos os brasileiros e angolanos envolvidos nas falcatruas. Lutem pelos seus direitos, lutem pela dignidade e pelo respeito. Se unam, cobrem posturas, cobrem explicações, cobrem resultados. Permanecerei no anonimato, mas creiam que sou uma pessoa de bem, de carater e que acredito na vitória e na justiça Divina.

Anónimo disse...

Todos falam somente no Sr. Paulo Sodré e esquecem de valiar os demais sócios. Todos eles, sem exceção são pessoas inescrupulosas, sem carater e sem a menor consideração pelo proximo, além de também terem problemas judiciais. Enganam, ludibriam, mentem descaradamente oferecendo oportunidades, mas na verdade querem apenas ganhar cada vez mais. Sao pessoas ganaciosas, maldosas que depreciam o povo Angolano com suas atitudes de má fé. Que esse povo já tão sofrido não se deixe enganar por propagandas bonitas e caras, cujo investimento poderia ter sido designado as construções, as realizaçoes dos empreendimentos. Alem do grupo BUILDANGOLA, vale pesquisar os responsaveis pela divulgaçao das propagandas enganosas como assessores de imprensa que também ganham fortunas para dar continuidade a propagação das mentiras. Povo Angolano, abram os olhos e exijam justiça, exijam respeito. Procurem tomar conhecimento de todos os brasileiros e angolanos envolvidos nas falcatruas. Lutem pelos seus direitos, lutem pela dignidade e pelo respeito. Se unam, cobrem posturas, cobrem explicações, cobrem resultados. Permanecerei no anonimato, mas creiam que sou uma pessoa de bem, de carater e que acredito na vitória e na justiça Divina.

Velejador disse...

Trabalhei em 2009 para a empresa Build Invest na Angola e posso afirmar e comprovar que o povo Angolano esta a ser lesado, quem quiser mais informações fico a disposição, brunosulic@hotmail.com

Dr Miguel disse...

Prezado Bruno, tenho certeza que seus comentarios são verdadeiros mais você comete um engano quando fala que trobalhou para a BUILDINVEST,você trabalhou para BUILDBRASIL,os srs. Antonio Paulo de Azevedo Sodre, João Gualberto Ribeiro Conrado Jr,Paulo Henrique de Freitas Marinho e Ricardo Boer Nemeth ,nunca foram socios da Empresa BUILDINVEST,a qual tem varias ações contra estes srs e já foram condenados pela JUSTIÇA BRASILEIRA a indenizar com pagamentos de Multas por usarem a marca BUILDINVEST indevidamente .

Velejador disse...

Dr. Miguel, Build Invest, Build Brasil ou qualquer outro nome que se de a esta empresa nao importa, os diretores sao sempre os mesmos e a intenção tambem ! Quando eu estive em Luanda a serviço para estas pessoas pude ver o quanto e como o Povo Angolano pode ser lesado facilmente, como nao concordo me desliguei da empresa e voltei para o Brasi. Sugiro ao Grupo Build apresentar a lista e os contatos dos clientes que ja tiveram obras entregues

Dr Miguel disse...

Caro sr. Bruno ,o nome da empresa em que estam envolvidos estes srs. são Build Brasil e Build Angola a Buildinvest não tem nada com esta historia e nem o sr.trabalhou para ela, por isso importa sim o nome das empresas envolvidas com esses problemas.Só para reforçar concordo com os comentarios anteriores e gostaria que as autoridades Angolanas tomassem providencias.

Anónimo disse...

É so ver na garagem deles, mercedes, porsches, minicoopers, bmws, passat, SUVs, etc....milhões em carros, depois vem barcos, casas de luxo em condominios e praias, apto de luxo, etc....derrame total do dinheiro angolano, vindo ilicitamente para o Brasil,espero q seja feita a devida providencia das autoridades angolanas.

Tereza disse...

Caros irmãos, quando nossas autoridades irão tomar providencias ?

alex benedito disse...

Boa tarde senhor matias.

Sou comprador dos projectos da build angola, e tenho já comprado um the one, 2 quintas do rio bengo e 3 bem morar. Não estou nada satisfeito o que o senhor escreveu neste e-mail que está a circular por ai. Eu em particular estou muito satisfeito com o projecto. Porque em breve recebo já o meu apart hotel the one porque está quase pronto, faltam alguns detalhes.

Já neste mês fui ver a minha casa nas quintas do rio bengo e está toda pronta e recebo já neste mês. Também tenho as 3 casas minhas no bem morar e que as obras estão andando e acredito eu que recebo no prazo estipulado.

Meu senhor porque tanta malandrice não vale nada ser mal meu kamba, só vai sair a prejudicar angolanos que querem ter a oportunidade da primeira casa. Assim como eu recomendei aos meus amigos que todos eles tão satisfeitos com a sua casa. Meu amigo vamos ajudar angola a desenvolver e crescer e não vamos prejudicar o nosso país e nem o próprio angolano.

Obrigado

É tudo um abraço

Paulo Maria disse...

Prezado sr. Alex, o sr. esqueceu de falar que tambem comprou o projecto Copacabana e que tambem esta muito satisfeito com o prazo de entrega, Seu "TONTO" estas a desmerecer o povo Angolano

Anónimo disse...

Abram os olhos pessoal, os socios dessas empresas nunca tiveram nada, viviam de golpes, conheco todos eles

Elizabethe disse...

A inrresponsabilidade destas pessoas são tamanha,e nenhuma autoridade se manifesta,é uma vergonha !!!!!!!

Anónimo disse...

No BRASIL,RICARDO BOER NEMETH,morava em São Paulo,no bairro da Aclimação,ele vem de uma família de estelionatários,muitos golpes foram aplicados no bairro e teve que fugir,já foi preso por portar documentos falsos saíndo de um banco,ficou alguns dias preso,mas no BRASIL sempre se da um jeitinho.

EDUARDO disse...

MEU NOME É EDUARDO, MORO NO INTERIOR
DE SÃO PAULO, CONHEÇO SR, PAULO SODRÉ
A 2 DECADAS, A ACOMPANHEI BEM SEUS NEGÓCIO, SUCESSOS, E INSUCESSOS, NÃO QUE ELE SEJA SANTO, MAS SIM EM CADA PROBLEMA QUE ELE TEVE, TINHA UMA RAZÃO, SÓ QUE EM FUNÇÃO DELE SER SEMPRE QUEM ESTA A DIANTEIRA, ACABA PAGANDO E ASSUMINDO TODOS OS PROBLEMAS, TANTO NA ESFERAÇA PESSOAL, CIVEL, OU CRIMININAL, ENTÃO ANTES DE JULGAREM ESSE EMPREENDEDOR, PROCUREM SABER, ATÉ MESMO DELE QUAIS AS RAZÕES, QUE O LEVARAM A QUE.PORQUE AS PESSOAS QUE
TIVERAM NEGÓCIOS COM ESSA PESSÔA(PAULO), NÃO SE MANIFESTAM, SIM AS QUE TIVERAM SUCESSO, EM SUAS NEGOCIAÇÕES. TIVE NEGÓCIOS DESDE UM SIMPLES CARRO, ATÉ FAZENDAS EM MINAS, GADO, AVESTRUZES, SE DEMOROU, UM POUCO AS VEZES A FIANLISAÇÃO, TUDO BEM, MAS COM TATO
E CONTATO COM O SENHOR PAULO, SEMPRE CHEGAMOS AO FINAL, ENTÃO ACHO QUE É HORA DE SE JUNTAREM A ELE , E NÃO CRITICAREM, SEREM A PEDRA E ELE A VIDRAÇA.
ESPERO QUE O AUTOR DO BLOG APROVE ESSE COMENTARIO, POIS É VERIDICO,
E TEMOS MAIS PESSOAS QUE FICARIAM COMO VIDRAÇAS, JUNTO DELE.
PENSEM REFLITAM, POIS A PRESSÃO É PIOR DE TUDO, O MELHOR É UMA BÔA CONVERSA,UM BOM ENTENDIMENTO, ATÉ ANDAR LADO A LADO, PARA VER REALMENTE O QUE SE PASSA.
OBRIGADO.

carlos disse...

ME CHAMO CARLOS, E ESTIVE OLHANDO, OS DEPOIMENTOS, PESSOAIS DE MUITAS PESSOAS, SOU DA REGIÃO DE ARAÇATUBA, HOJE NÃO TENHO MAIS CONTATO COM O PAULO SODRÉ, MAS MUITO ME ESTRANHA, AS PESSOAS QUE SE DIZEM TEREM CAIDO NO MESMO GOLPE DO BRASIL, ACHO QUE SER A VIDRAÇA É FACIL, PORQUE NÃO ACOMPANHAM AS CONDENAÇÕES, REALMENTE, OS PROCESSOS EM QUE FAZE ANDAM.,AS INSTRUÇÕES, SERÁ QUE SE REALMENTE ELE FOSSE TUDO ISSO, ELE ESTARIA ANDANDO LIVREMENTE?
TIVE MUITOS NEGÓCIOS COM ELE, SEMPRE TIVE BONS RESULTADOS, BEM COMO, RECEBI, E PROCUREM SABER COMO
ELE PERDEU MUITAS AVESTRUZES, QUANDO ESTAVAM NO QUARENTENARIO A ESPERA DA LIBERAÇÃO, EM NENHUMA CLEMÊNCIA O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA ENTROU LA, SEM DAR CHANCE PARA RECURSOS, SACRIFICANDO TODOS OS ANIMAIS, SEM CHANCE DE FAZER EXAMES PARA VER QUAL ESTAVA COM PROBLEMA E ASSIM ASSASSINARAM TODOS(ACHO QUE QUASE 20.000), E EM SEGUIDA FEXANDO A EXPORTAÇÃO DE TAIS ANIMAIS. DAI POIS TEVE TODOS OS CUSTOS, QUE NÃO FORAM BAIXOS PARA
COLOCA-LOS AQUI NO BRASIL, E SEM A REPOSIÇÃO DOS ANIMAIS, COMO RECUPERARIA O DINHEIRO INVESTIDO, NÃO É FACIL, DAI VC VIRA DA NOITE PARA O DIA DE MOCINHO A BANDIDO, SEMPRE
JA SENDO CONDENADO, SEM MESMO SER JULGADO, E SE TODOS ERAM PARCEIROS
POR QUE NÃO SE UNIRAM PARA RESOLVEREM EM CAUSA PROPRIA E AJUDAR O SR, . PAULO A TENTAR SOLUCIONAR OS PROBLEMAS JUNTO AO MINISTÉRIOS, E NÃO VIVAREM DO DIA PARA NOITE COBRADORES.
ACHO O PAULO SODRÉ, UM HOMEM EMPREENDEDOR, DE MUITA VISÃO, E MUITA GENTE QUERIA ESTAR WEM SEU LUGAR.
BÔA SORTE PAULO SODRÉ.

Anónimo disse...

Bom dia a todos, hj pela manha me deu uma curiosidade tamanha de ver estes emails... pq so hj feriado tive tempo aperder com tamanha palhaçada!!! a todos os leitores deste blog , bem como interessados,nos projetos desta empresa que faz chamar build angola.
pq estas pessoas que se prestaram a este papelao ao longo de meses, nao vem a algum orgao de comunicaçao tipo tv e propoe um debate ao vivo com os diretores da buil angola???
acho que estas pessoas que estao tomando partido com tanta enfase, "pelo povo angolano"???
deveria se juntar aos principais "lesados" se e que existem e procurar uma rede de televisao providenciando um debate e ou acerto de contas com estes diretores. se o problema e de ordem nacional tenho certesa que ira interessar emuito ao jornalismo , o esclarecimento desta verdades ou difamacoes caluniosas se fassam valer. assim teremos um orgao serio de jornalismo expondo e tirando todas as duvidas que agora fica no ar...
em outras palavras, paginas e papel aceitam qualquer coisa ainda mais vindo de um alguem desconhecido ou anonimo.

QUINCAS disse...

CAROS LEITORES, MEU NOME É QUINCAS, MORO EM REALENGO., NO RIO DE JANEIRO, ESTIVES INUMERAS VEZES EM SÃO PAULO E EM UMA DELS FUI APRESENTADO POR UM AMIGO AO SR. PAULO SODRÉ, QUE ME FALRAM QUE SERIA UM HOMEM DE GRANDES NEGÓCIOS, LOGO NO PRIMEIRO, TOMEI UM PREJUIZO, DAI FIQUEI MUITO NERVOSO, POIS SE TRATAVA DE UMA OPERAÇÃO DE $500.000U$$, E TERIA TIDO UM PREJUIZO NA CASA DE 30%, ISSO ME DEIXOU MUITO REVOLTADO, FORA MEU CAPITAL QUE NÃO VOLTAVA.PASSADO QUASE 2 MESES, ACHEI POR BEM IR AO AEROPORTO, PEGAR UMA PONTE AÉREA E IR BATER NA PORTA DO ESCRITORIODO SR.
PAULO PARA COBRAR MEU DINHEIRO, RECEBER MEUS PREJUIZO, CHEGUEI LÁ, ME ATENDEU COM MUITA EDUCAÇÃO COMO SEMPRE, FOMOS ALMOÇAR, ME EXPLICOU TUDO E MOSTROU O QUA ACONTECEU COM O EMPREENDIMENTO QUE HAVIA FEITO, E PORQUE QUE O MEU CAPITAL ESTAVA NAQUELA SITUAÇÃO, EM RESUMO, APOS P ALMOÇO, FIZ UM CHEQUE DE $200.000U$$, ME LEVOU PARA O AEROPORTO, DA NA VOLTA PARA O RIO, SENTADO EM MINHA POLTRONA FIQUEI PENSANDO,
VIM AQUI PARA BRIGAR, RECEBER, E ACABEI INVESTINDO MAIS ESSA MONTANTE E NOSSO NEGÓCIO TERMINARAM BEM TIVE BONS LUCROS, E PARA MINHA
TRISTEZA, VI ESSES COMENTARIOS DESSA PESSOA, ESTOU PENSANDO SÉRIAMENTE, EM IR A SÃO PAULO OU SE PRECISO FOR, FAZER UMA VISITA A ESSE SENHOR, E QUEM SABE SE NÃO FAZER PARCERIA COM O MESMO,
BÔA SORTE PAULO, VOU TE PROCURAR ME AGUARDE.

RICARDO disse...

MEU NOME É RICARDO, TENHO ACOMPANHADO TODOS OS COMENTARIOS, SOBRE O SENHOR PAULO SODRÉ E SÓCIOS, NUNCA TIVE NEGÓCIOS COM ESSES SENHORES, MORO EM SÃO PAULO MAS TENHO VARIOS NEGÓCIOS EM ANGOLA, SENEGAL, E ETC., E SEMPRE PASSO PELOSM EMPREENDIMENTOS, DESSA EMPRESA, GERENCIADO PELO SENHOR PAULO, E SEMPRE ADMIREI SUA AUDÁCIA.AROJADA, DE EFETUAR TAIS EMPREENDIMENTOS, E QUERIA CONVIDAR VCS ANGOLANOS A ENTRAREM EM SITES, OU GOOGLE, DE EMPRESAS DE RENOME NO
BRASIL, SENDO SEUS SÓCIO PESSOAS DE MUITA INFLUÊNCIA, TANTO NA ESFÉRA POLITICA COMO EMPRESARIA, COM EMPREENDIMENTOS, AQTRAZADOS A ENTREGA EM 2 , 3 , 4 ANOS, E NEM POR ISSO, FAZEM UM ESTARDALHAÇO,
DE SEUS SÓCIO, PESSOAS PEDINDO COMO DONA MARINA LA EM CIMA, PARA ESPALHAREM PARA TODOS , PARA QUE NÃO FASSAM MAIS NEGÓCIOS COM TAL EMPRESA, ISSO É BURRICE, POIS VCS TEM QUE SE ALIAREM, E NÃO PUXAREM O TAPETE, FAZER UMA RENEGOCIAÇÃO, PARA QUE O EMPREENDIMENTO ANDE UM POUCO MAIS RÁPIDO., E NÃO BRIGAREM PARA SUA PARALIZAÇÃO E A PERCA TOTAL DE SEU CAPITAL INVESTIDO, ISSO É BURRISSE, UM BOATO QUEBRA UM BANCO, ENTÃO ACHO QUE É HORA DE REFLETIR, PENSAR, E CADA UM POR SI SÓ, PROCURAR AS PESSOAS ENVOLVIDAS, PARA UM DIALOGO E OU UMA SAIDA , QUE NO MEU VER ESTA MUITO FACIL.,
SÓ NÃO VOU VENTILAR, POR ENQUANTO MEU NOME POR INTEIRO, POIS TENHO MUITO CONHECIMENTO, AI EM ANGOLA, AMIZADE E NEGÓCIOS, MAS NÃO FALTARA OPORTUNIDADE, PARA QUE EU VÁ ATÉO SENHOR PAULO, PARA TER UMA CONVERSA.
PENSEM, REFLITAM, E VEJAM SE ESSE É O MELHOR CAMINHO.
ABRAÇO A TODOS, SORTE E MUITA PAZ, PARA RESOLVER SEU PROBLEMAS, QUE ACHO QUE ESTA MAIS FACIL DE SE RESOLVER DO QUE VCS IMAGINAM.
BÔA SENHOR PAULO.
RICARDO.

Educanoquiri disse...

Prezados Senhores, Eduardo,Carlos, Anónimo,Quincas e Ricardo ou o mesmo, aguardem que esta sendo preparada uma materia, por um Jornalista Investigativo Brasileiro de renome internacional que os senhores terão muito tempo para brincar de escrever, AGUARDEM!!!

Anónimo disse...

Tentam agora mostrar que sr. Paulo Sodré não é bandido e sim mocinho ,é de mais !!! Isto que é chamar o povo ANGOLANO de idiotas ,burros etc... etc... etc...

Anónimo disse...

Sr. Quincas Faça um cheque de U$ 200.000 ,e o sr. vai ver quando ira receber alguma coisa, BRICALHÃO

Gustavo disse...

PRESADOS SENHORES, MEU NOME CONTINUA SENDO QUINCAS, E TIVE BONS NEGÓCIOS COM O SENHOR PAULO, HOJE NÃO TENHO MAIS, MAS ACHO QUE VCS DEVERIAM, CONVERSAR, PARTIR PARA UMA SOLUÇÃO, E NÃO SOU BRINCALHÃO, ESTOU PRONTO SE PRECISO FOR , PARA PROVAR A VERACIDADE DE MINHA DECLARAÇÃO, E QUANTO AOS VALORES, FORAM TODOS REAIS, E RETORNADOS AO MEU BOLSO.
AGORA ACHO QUE ESSE SENHOR, PAULO, ESTA ESTABELECIDO AI, TEM ENDEREÇO FIXO AI, SUAS OBRAS ESTÃO ATRASADAS
MAS ESTÃO SENDO REALIZADA, PESSA E SUA EMPRESA UM DEMONSTRATIVO, UM ORGANOGRAMA DAS OBRAS, SEMPRE UMA CONVERSA, É MELHOR QUE UMA DEMANDA,
E TENHO CERTEZA, QUE ELE IRA OUVIR A TODOS, ESTOU TENTANDO FAZER CONTATO COM ELE, ATÉ PORQUE TENHO BÔA IMPRESSÃO DELE, E SOU TESTEMUNHO VIVO, DE VARIOS NEGÓCIOS E VARIAS PESSOAS, QUE REALIZARAM NEGÓCIOS COM ELE , E TAMBEM SEI QUE TEVE MUITAS DIFICULDADES, MAS TODOS TIVERAM UMA RAZÃO, E MUITO SÉRIA E RELEVANTE, É UMA PENA, QUE NA SUA GRANDE MAIORIA, TODOS SE DIZEM ANONIMOS, OU SÓ UM NOME, COMO EU ACABO DANÇANDO CONFORME A MUSICA,
MAS QUERIA MUITO, ME POR A DISPOSIÇÃO DE VCS., MAS O QUE POSSO
LHES GARANTIR É QUE, TENHO QUASE QUE CERTEZA, QUE AS COISAS E OS EMPREENDIMENTOS AI SERÃO REALIZADOS,PROCUREM RESOLVER DENTRO DE UMA CIVILIDADE,POIS DO MESMO JEITO QUE DERAM A ENTENDER, E QUE AS PESSOAS QUE POSTARAM DEPOIMENTOS
NA SUA GRANDE MAIORIA ¨¨ANÔNIMOS¨¨,
ISSO TAMBEM DEIXA ENTENDER QUE PODE SER UMA SÓ PESSOA QUE ESTA TENTANDO TUMULTUAR TUDO, FASSAM AS COISAS AS CLARAS, DEEM NOMES AOS BOIS SE SÃO LESADOS SE IDENTIFIQUEM, PARA SABER
O MONTANTE CERTO, DAS PESSOAS VERDADEIRAS QUE ESTÃO DANDO SEUS DEPOIMENTOS.GENTE SE POSTEM COM SENSATEZ E PROCUREM A SOLUÇÃO MAIS
AMIGAVEL POSSIVEL, E EM VEZ DE SE TORNAREM INIMIGOS, SE TORNEM MAIS PARCEIROS AINDA, POIS ESTÃO COM DINHEIRO INVESTIDO E SEI QUE NÃO É POUCO NÃO, ENTÃO REFLITAM, PENSEM, E BÔA SORTE PARA TODOS, DE AMBOS OS LADOS.
PS.ESTOU A DISPOSIÇÃO PARA QUALQUER ESCLARECIMENTO, MAS PARA ISSO TEREMOS QUE DISPENSAR OS ANÔNIMOS, E TODOS SE IDENTIFICAREM POR COMPLETO.
ABRAÇOS.
QUINCAS.

Anónimo disse...

BOA TARDE, ESSE PESSOAL QUE ESTA DEFENDENDO ESSES ESTELIONATARIOS SAO TODOS FARINHA DO MESMO SACO, INFELIZMENTE ELES CONSEGUIRAO APLICAR UM GOLPE ESPETACULAR E O QUE RESTA É SOMENTE SE LAMENTAR, POIS QUEM VAI ATRAS DELES? A JUSTICA? O PELE?.

ricardo disse...

ESSES PENSAMENTOS, E DIZERES DE PESSOAS ANÔNIMAS, SÃO UMA VERDADEIRA TRISTEZA, E FALTA DE HOMBRIDADE, CADA UM DE NOME AOS BOIS, FALEM EM QUE ESTÃO LESADOS, OU SÓ, PESSOAS QUE QUEREM VER O CIRCO PEGAR FOGO.

Rosana disse...

Irmãos vamos acordar para realidade,fomos enganados ,precisamos recuperar nosso dinheiro!!!!!!

Gustavo disse...

Prezados amigos, já se passaram 03 meses do ano 2011 e nada aconteceu vcs ainda acreditam que essas pessoas da Build Angola irão entregar alguma coisa, vamos acordar!!!!!

Mari disse...

Caros, o Empree. The One , Nossa Vila etc... Eram para ser entregue como na ultima promessa da Buildangola entre Janeiro e Fevereiro e até agora nada,não da mais para acreditar nesses srs. estão bricando com a nossa gente.

Claudio Carvalho disse...

Este artigo, com o qual me deparei em pesquisas sobre o setor imobiliário, me chamou a atenção como exemplo do uso irresponsável da liberdade que a internet nos dá.
Temos aqui um sujeito (Matias Lukoki) que não se sabe quem é, cuja única referência no Google é este artigo, apoiado por um “anônimo “, os quais assacam acusações baseado puramente em especulações desprovidas de qualquer prova.
Num caso de graves acusações como este, seria de se esperar uma avalanche de comentários de pessoas que realmente tenham sido lesadas, “com nome e endereço”, ou seja, concretamente identificáveis, e mais, dizendo objetivamente os problemas ocorridos.
A base das acusações são especulações (acusações desprovidas de provas dos fatos) e a vinculação de um dos sócios a processos no Brasil.
Ora, inicialmente, é cediço que alegar sem provar é o mesmo que não alegar.
A liberdade de manifestação está intimamente ligada à responsabilidade. Quem usa a liberdade sem responsabilidade está fadado a perdê-la. A irresponsabilidade na manifestação do pensamento é que gera o nascimento da censura e da opressão. É por essas e outros que se fala tanto em restrições na net.
Outrossim, não podemos perder de vista que o anonimato é o instrumento dos covardes, pois, dessa forma, fala-se o que bem aprouver com a sensação de irresponsabilidade.
Depois, cabe pontuar que o Brasil, nos últimos vinte anos (após a nova Constituição), vem passando por uma fase de afirmação do sentimento de cidadania, donde decorre a utilização (e até a banalização) do Judiciário na busca de direitos muitas vezes mesquinhos ou inexistentes. Daí decorre que numa busca nos sites do Judiciário brasileiro é possível encontrar o nome de grande parte da população envolvida em querelas judiciais. Assim, o simples fato de se ter o nome vinculado a processo judicial quer dizer muito pouco.
De mais a mais, em qualquer busca que se faça nos Tribunais facilmente se encontra uma enormidade de processo envolvendo grandes empresas de renome internacional, como a Johnson & Johnson, Microsoft, Apple etc. Nem por isso estas empresas são tidas por inidôneas.
Os angolanos só têm a ganhar com isso, eis que se apresentam oportunidades que aquisição de bens que de outro modo lhes seria impossível.
Provavelmente estes comentários difamatórios, e até caluniosos, sejam manifestação de uma concorrência desleal, ou pior, da inveja que naturalmente o sucesso provoca.
Nesse passo, é importante lembrar que quanto mais alto uma pessoa - ou empresa - galga na pirâmide social, ela ganha mais e mais visibilidade e, com isso, se torna foco de atenção, assim inspirando os que têm “gana”, ou despertando a “cobiça”, ou pior, provocando “inveja”.
Aqui cabe destacar que a “gana” é a vontade de ter sempre mais (isso é bom, pois é o motor do desenvolvimento). A “cobiça” é querer o que o outro tem (isso não é de todo mau, desde que se tenha ética). Porém a “inveja” é querer que o outro não tenha (isto, sim, é pernicioso pois impede o desenvolvimento do invejoso e pode atrapalhar o invejado).
Refiro-me a isto porque me parece ser a inveja (como manifestação de deslealdade concorrencial) o motor desta denúncia difamatória e concretamente desembasada.
Tenta-se tirar a credibilidade de quem esta no patamar acima, na esperança de suprir a própria incompetência no enfretamento.
Finalizo com os votos de que a BUILD continue a crescer juntamente com a economia e a qualidade de vida do povo angolano, proporcionando a realização de sonhos desse povo tão sofrido, participando de ações sociais e, evidentemente, obtendo lucros, que é a razão de existência de uma empresa.
Claudio Carvalho (Aracaju/Brasil)

Vicente Monteiro disse...

Prezado sr Claudio ,certamente deve conhencer o Sr. Paulo Sodre e sua TURMA a pouco tempo e talvez até mesmo o sr. esteja sendo enganado por estes senhores, é totalmente compreessível sua opinião, mais comparar uma Build Angola,Build Brasil ou sei lá que Build aos grupos empresariais (até internacionais)sérissimos que o sr relacionou e que tanto fizeram ao mundo(como uma microsoft,por exemplo) é um pouco de mais,enganar o povo Angolano como vem fazendo estas pessoas a tantos anos sem a entrega de nenhum eempreedimento não faz com que nenhum concorrente tenha cobiça,gana e tão pouco inveja,acho que qualquer grupo executivo empreendedor quer ser o oposto deste grupo de impostores.È por causa de pessoas como o sr ,com todo o respeito ,endoçando as atitudes descabidas destas pessoas que os Angolanos estão nesta situção,isto já foi longe de mais e ninguem tomou uma providencia mais enèrgica com estes rapazes.Somente mais um alerta, a dificuldade financeira vem chegando e o problema aumentando.

Pedro Neves disse...

O povo angolano merece muito respeito. Porque estes que se intitulam honestos não cumprem com a palavra dada? Bastaria nos mostrar que as obras estão em ritmo normal e estaríamos quietos. Mas não, os terrenos estão abandonados e as obras paralizadas. Fomos enganados? Estive a passar recentemente em frente à casa da Build Angola no Projeto Nova Vida e vi carros importados, outros com emblemas bonitos, mas ninguém à trabalhar pelos seus contratos. Só querem saber de vender e não entregar nada. UMA VERGONHA. Espero que a situação se reverta logo, pois caso contrário prepararemos uma grande surpresa nesta sede onde só há burgueses!!!!! QUERO A MINHA CASA!!!!

Anónimo disse...

Meu nome voces saberão em breve, estou providenciando um dossiê do Sr. Paulo Sodre ,seus "socios" e Build Brasil, ,neste momento a Empresa Build Brasil está com protesto nos 10 (dez) cartorios de protesto de São Paulo,não tem credito para comprar uma agulha,só para os senhores terem uma pequena ideia o escritorio de advocacia Ribeiro Filho, que é quem defende a Build Brasil e seus sócios protestou a referida empresa, a Spacy que faz toda parte publicitária da empresa e a alguns dias atraz estava defendendo os mesmo tambem já protestou R$ 160.000,00 conforme certidões (dossiê)a seguir,eu acho que o povo Angolano deveria ficar atento,a coisa esta PRETA.

rodrigo disse...

Build Brasil tem mais 35 protestos em todos os cartorios de protestos de São Paulo,até seus advogados protestaram,a Spaicy tambem protestou a Build Brasil, eles não pagam ninguem,ainda tem gente achando que vão entregar algum dos empreedimentos,isto é bricadeira!!!!

Gilberto dos Santos disse...

É inacreditável Srs. o que estou a ver aqui em Luanda. Larápios corrompendo e enganando à plena luz do dia, tomando o dinheiro miúdo da nossa gente sofrida como se fosse o dinheiro deles. Porque não prendem estes bandidos que estão apenas a nos fazer de tontos. Eu detesto ficar à fazer fofocas, mas no meu caso, não consigo ver progresso nas obras desta empresa. UMA VERGONHA! CHEGA DE ENGANAÇÂO. Onde está o meu dinheiro?

Maria Aparecida disse...

Meus Deus, estive à visitar o terreno ontem e estou chocada!!! Chorei por horas... não sei o que dizer!!!! Quero o meu dinheiro de volta!!!!!

Alberto José - Luanda disse...

Acho que a senhora foi no empreendimento errado Dna Maria Aparecida .... sou cliente também e estive neste final de semana visitando não só a obra da minha casa que está em fase de acabamento como as outras da empresa e não pude ver nenhum terreno vazio. Qual o nº do seu lote e em que empreendimento pois como estou acompanhando minha obra de perto vou ajudá-la a localizar a sua obra e o andamento da mesma.

marisa disse...

Povo Angolano,procurem seus direitos antes que seja tarde,a Build Angola não vai entregar nada ,com era previsto já estão saindo fora!!!!!

Alberto José disse...

Marisa, Maria Aparecida, Rodrigo, etc. e ninguém nunca se identifica como cliente mesmo.
É realmente lamentável nós como clientes vendo nossas casas ficando prontas sermos obrigados a ler tamanhas mentiras aqui escritas. Eu sou ALBERTO JOSÉ, cliente MESMO do Condominio Bem Morar e me prontifico a falar com qualquer uma destas pessoas pessoalmente. Alguém se habilita a ir ao condomínio comigo???

luis cintra disse...

Povo Angolano ,gostaria de saber quem é mais despresivel,a Build Angola e seus socios ou o sr Agnaldo Jayme que agora apoia este grupo em negocio Agrapecuario mais uma vez para enganar os Angolanos?

elizabeth disse...

Sr Alberto Jose, é lamentavel que ainda exista alguem tentando defender estas pessoas ,seria mais conveniente e honesto que o sr se preocupase com os ANGOLANOS

gustavo disse...

Prezado povo Angolano ,já postei um comentario a dois meses atras,vou fazelo novamente com datas novas,já se passaram 05 meses do ano 2011 e nada foi entregue ,voces ainda acham que vão receber alguma coisa.O THE ONE que seria o emprendimento mais facil de terminar,esta se arrastando.Vão atras enquanto a tempo.

Maria Aparecida das Neves disse...

Sr. Paulo Sodre, Roberto Marinho, Ricardo Boer... por favor, quando vamos receber a nossa casa? Minha mãe tem uma cota do projeto Nosso Lar. Comprei uma casa no lançamento e estou muito afoita e triste. Tentamos inúmeras vezes telefonar para esta empresa que se intitula Build Angola e não conseguimos nada. Estive no terreno ontem e o que estive a verificar foram apenas matagais e placas antigas e sujas. Algumas estão repousadas ao chão. Precisamos da moradia, pois estamos a viver de aluguel e não aguentamos mais! Depositamos 4 anos de sofrido dinheiro para ver o nosso sonho se desmanchar? Vocês estão mesmo abandonando Angola? Estou a ouvir pelos cantos de Luanda que os empresários deste grupo estão aplicando um golpe. É verdade isso?
The one, Quintas do Rio Bengo, Bem Morar, Nosso Lar, tudo está sangrando. É tudo uma farsa? RESPONDAM.

Anónimo disse...

Qual o proximo golpe ?????

Antonio Patriota disse...

Chocante. AS OBRAS ESTÃO PARALIZADAS. É preciso resgatar o dinheiro de volta e exigir das autoridades atitudes enérgicas. A Sonangol se apropriará do empreendimento e finalizará ele do modo certo? Estou ouvindo rumores...

Simone disse...

O covarde do sr Paulo Henrique de freitas Marinho contratou um advogado para tentar mostrar que ele não faz parte da Build Brasil/Build Angola ,na hora de dividir o dinheiro do povo Angolano ele é socio, AGORA !!!!

Velejador disse...

AAAAAAAAAAAA váaaaaaaaaaa ????
Novidade !!!!

Anónimo disse...

NÃO ENTENDO PORQUE O NENHUM JORNALISTA INVESTIGA OS SOCIOS DA BUILD ANGOLA, QUEM É O SOCIO ANGOLANO DA BUILD ANGOLA, VAMOS NOS JUNTAR E IR ATE O ESCRITORIO DA EMPRESA COBRAR TODOS JUNTOS. CARRO TODOS TEM, MAS COMEÇAR AS OBRAS OU PIOR ACABAR NÃO O FAZEM. ESTA NA HORA DE SE JUNTAR PARA COBRAR.

Anónimo disse...

E o projeto CASA FORTE, q foi o inicio em 2008, mais de 100 casas vendidas e quantas entregues? Se multiplicar na média de $ 75.000 cada uma, teremos $ 7.5 milhões de doláres, cadê as casas ou cadê o dinheiro, viram q CASA FORTE deu certo e lançaram vários outros empreendimentos com o mesmo intuito, viver bem no Brasil com o dinheiro dos Angolanos.

Anónimo disse...

ham! O tal Marinho não é mais sócio. E o tal moleque playboy que estás a circular na Build? Não tem a grana pra pagar?

marinela silva disse...

Angolanos
Fiquem espertos pois este grupo está querendo montar outro golpe com fazenda agropecuaria,pois como já se queimaram na construção civil,querem arrumar outro modo de roubar dinheiro do povo.E tem gente do governo!

Cleuza disse...

Aguardem proximo golpe !!!!!!!
FAZENDAS........

Lurdes disse...

Voces Angolanos são Inocentes ou Idiotas , não fazem nada para receber o que comprarão e pagarão , e essa turma nos Estados Unidos da America gastando seu dinheiro !!!!

Anónimo disse...

Ehhhh Joca Conrado, Paulo sodre,qual o segredo de ficar rico da noite pro dia? telefone de contato 171717171

Anónimo disse...

Gostaria de saber quem é mais 171 dessa turma ?

Sofhia disse...

Não estou conseguindo contacto com esses brazukas, quem souber alguma novidade comunique.

Anónimo disse...

É impessionante como a historia se repete...escrotos espertos manipulando a mente alheia: sentenciam e ja dao o verdito!Falam da Build, mas esquecem que estao a apontar o dedo de onde esta saindo veneno...estao generalizando tudo. Comprei uma casa, tratei com pessoas sérias, pessoas q como eu,tem familias q deixaram no Brasil por crerem esta em país serio e de oportunidades (eu faria tambem, vc nao). Sou brasileira, bem casada c angolao, e em termo de custo beneficio o projeto q eu escolhi foi excelente opção! atraso da em todo lugar, o transtorno passa, o benefIO Fica! VAMOS PARAR DE PESSIMISMO, QUEM QUER GRANA DE VOLTA, VAI LA PESSOALMENTE E REQUER...MAS VAMOS DEIXAR DE DAR TRELA P A CONCORRENCIA DISFARÇADA DE CLIENTE LOUCO MANIPULANDO MENTE FRACA...QTO MAIS O TEMPO PASSA, MAS MEU IMOVEL SE VALORIZA...TENHO CERTEZA, IREMOS REEBER!
CRISTINA BUMBA

Silas disse...

Dona Cristina se a srª receber alguma é coisa ,levante suas mãos para Ceu e agradeça sem medir esforços ,seras parte de uma minoria,não leve mais as pessoas a erro, por favor,

Elizabeth disse...

É , agora o sr Pele diz ser somente garoto propaganda e que infelismente não participou da malandragem, como podemos acreditar em alguem ,que não foi visitar e reconhecer a propria filha no leito de morte !!!!!!

Hankuk disse...

Como pode o sr Pele agora dizer que não é socio da Build Angola!ele em todas as entrevista falava que era socio ,investidor e etc ...etc...levando as pessoas a erro, não da para acretidar em um ser humano que não reconhece a propria filha no leito de marte,Despresivel.

Anónimo disse...

A onde estão os projetos prometidos, The One,Bem Morar,Quintas e etc....?

Luis São João disse...

AVES DE RAPINA
Fui indagar, na primeira semana de Agosto de 2010, com os responsáveis da BUILD/READI Angola, sobre a posição da minha casa, projecto Nosso Lar - Estadio, lote nº 91.

O condomínio está paralisado há vários meses. Jamais a casa estará pronta em Outubro de 2011, conforme contrato de compra e venda assinado em Outubro de 2010, pois a obra foi embargada pelo GPL, por se situar numa área reserva do Estado.

Ao solicitar a devolução da totalidade do pagamento efectuado, foi-me sugerido pela responsável que ainda se encontar em Luanda, Maria Luiza Saldanha, para enviar uma carta á Direcção, desitindo do projecto e solicitando a devolução do dinheiro.
Com esta artimanha, pretendia a BUILD/READI Angola invocar a cláusula de desistência, inserida no contrato de compra e venda e fazer reverter a totalidade da quantia paga para a BUILD/READI Angola com uma multa acrescida de 15% do valor do bem adquirido.

Uma empresa séria não actua desta maneira.
Também não comercializa um condomínio sem licença e alvará de construção, emitido pelas entidades competentes.

Neste momento estaão a informar os clientes que as obras estão paralisadas, mas que serão reactivadas nos próximos 30 dias.

Pura mentira.
O objectivo é ganhar tempo.
Para o efeito estão a contactar os clientes que só deram um sinal, para pagarem a totalidade da casa, seduzindo-os com um desconto especial nas parcelas por pagar, afim de "raparem o fundo do tacho" antes de abandonarem Angola como fizeram já os sócios da empresa. Os que pagaram antecipadamente a casa na totalidade, dificilmente verão a cor do dinheiro que adiantaram.

E tudo isto feito tranquilamente e a que tudo indica a coberto de certas autoridades e de altas figuras públicas angolanas.

Neste momento estou a accionar a justiça angola, mas receio que será mais um caso perdido no lamaçal em que os brasileiros da BUILD/READI Angola lançaram por todo o país, denegrindo a imagem de outros brasileiros que de uma maneira séria, estão ajudando a construir um melhor futuro para os angolanos.

ldsj4429@gmail.com

Elizabeth disse...

Caro sr. Luiz, é com muita tristeza que vejo o final desta historia,mais uma vez o povo é quem sai perdendo, seu dinheiro sua esperança em ter sua casa, a onde poderiam viver com suas familias, mais estas pessoas não pensam em ninguem somente nelas,gastaram o dinheiro arrecadado com as vendas dos emprendimentos em beneficios proprios ou seja com mansões ,carros e motos de luxo ,barcos ,fazendas ,casa de campo ,casa de praia e etc...Cuidado ainda há tempo de reaver alguma coisa; Constituir uma associação dos lezados da Build Angola a onde pode atuar em Angola e no Brasil,atraves de Advogados (Brasil/Angola faz parte do acordo dos paises da Lingua Portuguesa), para poder recuperar os valores
e tambem apreender os bens acumulados por essas pessoas.Boa sorte a todos.

Anónimo disse...

Todos falam somente no Sr. Paulo Sodré e esquecem de valiar os demais sócios. Todos eles, sem exceção são pessoas inescrupulosas, sem carater e sem a menor consideração pelo proximo, além de também terem problemas judiciais. Enganam, ludibriam, mentem descaradamente oferecendo oportunidades, mas na verdade querem apenas ganhar cada vez mais. Sao pessoas ganaciosas, maldosas que depreciam o povo Angolano com suas atitudes de má fé. Que esse povo já tão sofrido não se deixe enganar por propagandas bonitas e caras, cujo investimento poderia ter sido designado as construções, as realizaçoes dos empreendimentos. Alem do grupo BUILDANGOLA, vale pesquisar os responsaveis pela divulgaçao das propagandas enganosas como assessores de imprensa que também ganham fortunas para dar continuidade a propagação das mentiras. Povo Angolano, abram os olhos e exijam justiça, exijam respeito. Procurem tomar conhecimento de todos os brasileiros e angolanos envolvidos nas falcatruas. Lutem pelos seus direitos, lutem pela dignidade e pelo respeito. Se unam, cobrem posturas, cobrem explicações, cobrem resultados. Permanecerei no anonimato, mas creiam que sou uma pessoa de bem, de carater e que acredito na vitória e na justiça Divina.

Anónimo disse...

Sumiço dos socios da build brasil.

Testas de ferro que estao em Angola cuidando dos interesses da Build.
-Jose Roberto Esteves
-Joao Donato
-Tell
-Tuzino
Rua 4 n. 223 e casa ao lado no Projecto Nova Vida.
Corram atras deles que eles estao devolvendo o dinheiro de todos os clientes lesados.

marcos disse...

Comunicado a comunidade Angolana. Pastelandia x Build Brasil

A Pastelandia vem por meio desta comunicar aos Angolanos que devido a Build Brasil não ter cumprido com a Pastelandia o contrato de parceria entre as partes em Angola, notificamos essa empresa a retirar a marca Pastelandia no dia 20/06/2011 .
Devido a Build se achar acima das leis tanto no Brasil quanto em Angola eles não cumpriram também a retirada da marca, estaremos ingressando com processo na justiça dos dois países para recuperarmos nossos direitos.
O uso de marca indevido é crime previsto de prisão, mas devido a má índole e ao passado dos seus sócios na justiça criminal eles não estão preocupados com a justiça por se acharem acima das leis.
Devido ao não cumprimento dessa “empresa” na entrega dos empreendimentos não vamos compactuar com essa atitude pois não temos nada a ver com a “incorporadora e construtora”, preferimos perder o negócio do que deixar nossa marca atrelada a Build Brasil.
Esta não é uma denuncia anônima, meu nome é Marcos Eduardo Regina sou o responsável pela implantação da Pastelandia em Angola tendo me dedicado pessoalmente nesse projeto por 18 meses seguidos, tendo feito 6 lojas e contratando mais de 130 funcionarios Angolanos inclusive com transferência de tecnologia pois levamos uma planta fabril ao país.
Coloco-me a disposição da imprensa, do ministério publico e de qualquer cliente Angolano que queira maiores esclarecimentos.
marcos@pastelandia.com.br

Anónimo disse...

continuacao ex funcionario

Não precisa nem falar que as empresas Build Brasil / Build Angola são todas de fachada e que a única que existe é a READ que esta em nome dos sócios, Paulo Sodré, João Conrado, Ricardo Boer e Paulo Marinho. Essa empresa não explica de onde veio o dinheiro para os investimentos das compras de terrenos e capital para realizar os investimentos prometidos e muito menos se tem caixa para acabarem as obras, o rombo hoje esta em 50 milhões de dólares.
Em 2010 chegou mais uma leva de bandidos (José Roberto Esteves e João Donato) do Brasil para fazer parte da estrutura da Build Brasil/Angola pois os executivos empregados pela Build como eu e desmotivados pelo não cumprimento na entrega das unidades e ainda sendo pressionados pelos compradores e falta de pagamento de salários foram deixando a estrutura. Foi ai que eu entendi a estratégia do Paulo Sodré de colocar muitos parentes na estrutura porque estes com a promessa de altos salários e lucros fáceis não iriam a público para denunciar a quadrilha de estelionatários no país. Vejam só o caso do rapaz chamado Teo e também sobrinho do Joca, ele não tem formação nenhuma e nem se quer ter permissão para enviar um email devido aos erros de português que ele comete, ele tem uma tatuagem no braço com a bandeira de Angola e o numero 3 e diz descaradamente que veio para o pais para fazer 3 milhões de dólares. Então eu pergunto como? Qual o trabalho dele para auferir um lucro desse?
Vejam só os novos parceiros da Build em Angola:
Jose Roberto Esteves – já apareceu na rede Globo de televisão sendo preso por ser dono de um frigorifico clandestino, ele comprava carne vencida estragada, reembalava e vendia novamente ao mercado. O que ele esta fazendo em Angola hoje? Vendendo carne.
João Donato – chefe do jogo clandestino no Brasil, Maquinas Caça Níqueis e Bingo. O que esta fazendo hoje, diretor geral de todas as empresas sócias da Build no pais.

Anónimo disse...

Continuacao Ex Funcionario
Foi então criado o feirão de imóveis em novembro de 2010 para arrecadar uma bolada e manter a estrutura funcionando, acontece que veio o email
A VERDADEIRA HISTORIA DA BUILD BRASIL que acabou com a credibilidade da empresa no pais fazendo com que o feirão não vendesse nenhuma unidade e a empresa começou um processo de falência.
Decidi que era hora de sair da Build Brasil quando ouvi dos sócios que era uma pena o feirão não ter dado certo pois eles poderiam ter saído do pais com alguns milhões a mais no bolso. Entre 2009 e 2010 eu por intemedio de doleiros enviei milhões de dólares para fora de Angola.
Esse dinheiro no Brasil foi usado para compra de casas e apartamentos para os sócios alem de casas de veraneio na Ilha Bela (ilha dos milionários no litoral norte de SP) sendo uma para cada sócio, carros importados como Porchee e Mercedes para eles e todas as esposas, namoradas e filhos.
Viagens internacionais a passeio como a de grupo de amigos e parentes da Build que fomos todos a custas do dinheiro angolano para a copa do mundo de 1ª. Classe com tudo pago, gastamos mais de 300.000 dólares só nessa viagem.
Quero deixar claro que era apenas um funcionário e imaginava que seriam lucros mas eu já questionava os sócios se a empresa seria competente para fazer caixa o suficiente para entregar as casas prometidas e a resposta vinha em tom de gozação que um sócio estaria entrando para comprar as operações da Build e que tudo ia se resolver, mais tarde fiquei sabendo que o pretenso sócio seria o Sr. Antonio Mosquito do Grupo Gam.
O Sr. Antonio Mosquito com sua inocência empresarial diante do mestre dos golpes o Paulo Sodré ficou hipnotizado com as promessas de altos lucros e saiu investindo dinheiro na mão do Paulo Sodré sem se quer imaginar para onde iriam esses dólares, eles estavam patrocinando mais um Bem Morar em Huambo que nunca iria sair do papel e vejam que ironia do destino, fazenda de gado nas terras do Sr. Mosquito.

Anónimo disse...

Continuacao Ex Funcionario
Foi então criado o feirão de imóveis em novembro de 2010 para arrecadar uma bolada e manter a estrutura funcionando, acontece que veio o email
A VERDADEIRA HISTORIA DA BUILD BRASIL que acabou com a credibilidade da empresa no pais fazendo com que o feirão não vendesse nenhuma unidade e a empresa começou um processo de falência.
Decidi que era hora de sair da Build Brasil quando ouvi dos sócios que era uma pena o feirão não ter dado certo pois eles poderiam ter saído do pais com alguns milhões a mais no bolso. Entre 2009 e 2010 eu por intemedio de doleiros enviei milhões de dólares para fora de Angola.
Esse dinheiro no Brasil foi usado para compra de casas e apartamentos para os sócios alem de casas de veraneio na Ilha Bela (ilha dos milionários no litoral norte de SP) sendo uma para cada sócio, carros importados como Porchee e Mercedes para eles e todas as esposas, namoradas e filhos.
Viagens internacionais a passeio como a de grupo de amigos e parentes da Build que fomos todos a custas do dinheiro angolano para a copa do mundo de 1ª. Classe com tudo pago, gastamos mais de 300.000 dólares só nessa viagem.
Quero deixar claro que era apenas um funcionário e imaginava que seriam lucros mas eu já questionava os sócios se a empresa seria competente para fazer caixa o suficiente para entregar as casas prometidas e a resposta vinha em tom de gozação que um sócio estaria entrando para comprar as operações da Build e que tudo ia se resolver, mais tarde fiquei sabendo que o pretenso sócio seria o Sr. Antonio Mosquito do Grupo Gam.
O Sr. Antonio Mosquito com sua inocência empresarial diante do mestre dos golpes o Paulo Sodré ficou hipnotizado com as promessas de altos lucros e saiu investindo dinheiro na mão do Paulo Sodré sem se quer imaginar para onde iriam esses dólares, eles estavam patrocinando mais um Bem Morar em Huambo que nunca iria sair do papel e vejam que ironia do destino, fazenda de gado nas terras do Sr. Mosquito.

Elizabeth disse...

Sr anonimo, o sr e outros que ficarão durante 03 anos ou mais como o sr mesmo fala,e aproveitando do" esquema" de desvio de dinheiro Angolano, agora vem se rebelar ,isto é comum acontecer em todas as quadrilhas é a briga na hora de dividir o produto do roubo,oschefes ficam com a parte maior e os bandidinhos não ficam satisfeito com a divisão e se rebelam.Era somente olhar para atraz e ver como foi feito com os diretores ,engenheiro e funcionarios de uma forma geral,usados e descartados,ou vcs são idiotas e acreditão em papai Noel e acham que com vcs a chefia da gangue agiriaõ diferente

Elizabeth disse...

Vocês da BuildBrasil/Angola não tem Moral para falar em copetencia,até o momento o que fizeram em Angola? Somente sacaram dinheiro dos coitados dos Angolanos que acreditaram em Vocês,como podem falar em competencia ,tenham vergonha na cara antes de escrever estas besteiras tentando se defender do que não tem defesa, vocês não tem caráter,tão pouco escrúpulos, não sei como nenhuma autoridade deste pais não os prenderam para que devolvessem o dinheiro roubado deste POVO

Anónimo disse...

21 de Setembro de 2011 10:08
Ex funcionario... disse...
Querido Paulo Marinho, sócio da mais nova Mega, super, hiper, plus (como adora a megalomania do Sr. Paulo Sodré)aposto todas as minhas fichas que foi o senhor quem escreveu essa bobagem de defesa a buildangolabrasilblablabla referente ao comunicado de auditoria realizada na empresa....EMPRESA????????????????? ta mais pra parque de diversao ou seria bingo...jogos escusos...remessas de dólares...ou tudo junto. O sr nem sequer tem conhecimento do que seja uma auditoria, sr mega da empresa "Price"... o sr além de ser um picareta, pilantra e mau carater como todos os integrantes dessa empresa é um tremendo apedeuta (sabe o que isso significa?????) lógico que não... mas eu explico IGNORANTE... além de incapaz, inapto, 171 entre outros adjetivos. Tamanha asneira jamais deveria ser escrita e publicada, vcs não tem mais saída a casa vai cairrrrrrrrrrr AHAHAHAHAHAH!!!!!! É o mínimo que vai acontecer com cada um de vocês. Não sabe o que falar CALA A BOCA INFELIZ!!!!´seria uma posição mais digna, mas infeizmente voces nao sabem o que significa isso. Bando de mau carater, corja de pilantras.... ainda tem muita coisa para ser revelada.....aguardem...

21 de Setembro de 2011 22:56
Ex funcionario... disse...
JOcaaaaaa....jocaaaaaa.....onde estará o Joca......lumpalumpa, anão de jardim, pintor de rodape, porque você nao aparece...ahhhhhh!!!! ja sei é tao insignificante que nem lembram que voce existe... mas nos lembramos....´|E melhor voce continuar se escondendo, como alias voce sempre fez. Nem seus socios deixam voce se pronunciar de tao reles , tao desprezivel que voce é. Algma vez seu palpite foi escutado??? talvez para a cor do relogio, a marca do carro, da moto, mas para trabalho, seu chupim kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!! vc nao passa de um INCOMPETENTE, alias nem isso voce é, nao existe nomenclatura para a inexistencia da sua figura, asquerosa, diga-se de passagem. Crescer voce nao vai mais, aparecer, nem pensando né, inteligencia passou bem longe, carisma nem em outra vida...tenta nascer de novo, quem sabe na proxima voce consegue ou Deus tenha piedade de voce, VERME!!!!!

21 de Setembro de 2011 23:04
Ex funcionario... disse...
Oi Ricardo pensou que ia ficar fora dessa??? fora de que? quem? quando? onde? ta entendendo...nao...eu explico... Nunca nessa vida e provavelmente nas proximas que virao conhecerei alguem tao sem personalidade, complexo de inferioridade, tao infimo e mediocre como voce. Eu teria vergonha de mim mesmo, de me olhar no espelho todos os dias... provavelmente eu teria ansia diariamente e fatalmente vomitaria restos....voce é um resto...resto da maior podridao de ser humano, resto de nada, porque voce é um NADA!!!! Nao preciso mais gastar meu tempo falando de um nada... sinceramente voce é uma sombra, um puxa saco de cada um dos que voce se espelha... Paulo Sodre, Joca Conrado, Paulo Marinho e os demais integrantes dessa quadrilha. Sua hora vai chegar... ja esta chegando...pode começar a rezar!

21 de Setembro de 2011 23:12
Ex funcionario... disse...
Mentor PAULO SODRE, mega, super hiper, plus, ultra, pode rir... melhor...aposto como nada te afeta, nada te atinge porque voce se considera o proprio Deus... acredita piamente na impunidade, que nada esta acima do mal, porque bem voce nao conhece... Maligno, voce é a pessoa mais desprovida de sentimentos que pode haver na terra...nada te atinge... Se existisse nesse pais justiça e pena de morte, voce seria o primeiro da fila por merecimento de tanta maldade, destruiçao de familias e lares e de tanta dor que tem causado durante sua existencia. Sua carga é imensa e embora a justiça dos homens possa tardar e ate falhar, a justiça de DEus é soberana. Portanto sr MEGA, quem ri por ultimo, ri melhor.....

Wanderleia disse...

Alguem que fez comentario sobre o JOCA esqueceu de falar que ele tambem é CORNO.Se ele preferir na proxima falo o nome do seu "SOCIO"

Grupo Build disse...

Prezados Senhores,

Foi com imensa surpresa que tomamos conhecimento do comentario postado em 17 de setembropelo senhor Marcos Regina. Em respeito a todos que receberam a referida mensagem, cumpre-nos esclarecer os fatos, bem como a verdade que os envolve.

Há cerca de dois anos, o Grupo Build adquiriu os direitos sobre a marca Pastelândia em Angola, através de um acordo assinado com o grupo Pastelândia Brasil, restando acertado que o Sr. Marcos Regina, então detentor do conhecimento técnico e operacional do negócio seria o gestor inicial, durante o período de implantação da operação.

Pelo tempo em que esteve à frente da operação, o grupo dirigido pelo Sr. Marcos (grupo Pastelândia Brasil) não colocou 1 dolar sequer na operação em detrimento do que fora combinado. Assim foi durante toda a permanência do Sr. Marcos em Luanda, que não satisfeito em ser mantido pelo Grupo Build (automóvel, moradia, alimentação, etc...), ainda fez retiradas do caixa da empresa sem o conhecimento dos outros sócios.

A gestão do Sr. Marcos foi catastrófica! Após uma auditoria imposta por nós, e cujo teor encontra-se a disposição de qualquer interessado, apuramos os enormes prejuízos mascarados que nos foram causados, além de uma enorme dívida deixada com diversos credores, também escondidas da contabilidade.

Através dessa sucessão de erros, agravada pelo péssimo relacionamento com os funcionários, o Sr. Marcos perdeu o pé da situação, tornando sua permanência insustentável, culminando com o abandono da operação, deixando para trás lojas fechadas, além das inúmeras dívidas causadas pelo desfalque na empresa. Todos esses atos tiveram por conseqüência um mandado de captura contra o Sr. Marcos, por desrespeito a imposições da Polícia do Comércio.

Reassumimos a gestão, colocando uma nova e profissional administração, deixando a Pastelândia Angola novamente sadia com a reabertura das lojas fechadas, além da melhora da qualidade dos produtos e do atendimento aos nossos cliente.

Aguardando o término da auditoria, convocamos o Sr. Marcos, bem como os demais sócios da Pastelândia Brasil para realizar uma readequação societária e operacional na parceria existente. No dia 19 de maio de 2011 foi assinado um documento, onde restou acordado o valor colocado pela Build na operação até então, bem como restou acertado quanto a Pastelândia Brasil teria que integralizar a diferença, que nunca havia colocado, em um prazo de 30 dias, e que finalmente, o Sr. Marcos formalmente perdia a gestão (que já não exercia desde seu abandono de Angola). MAIS UMA VEZ NENHUM CENTAVO foi colocado pelo Sr. Marcos na operação.

Por fim, esclarecemos que o Grupo Build tem o total direito de uso da Marca Pastelândia em Angola, e que a empresa Pastelândia Angola é uma empresa de direito cem por cento angolano, e que os planos de expansão de lojas já está a ser colocado em andamento, com a inauguração de novas lojas, bem como a conclusão da instalação de uma nova Fábrica de Alimentos, e desta forma a operação que hoje já emprega 106 angolanos irá multiplicar em muito o número de empregos para o País.

Tudo o que fora dito nesta mensagem, está absolutamente comprovado através de documentos, que colocamos à disposição dos interessados (através de nosso email diretoria@buildbrasil.com.br)

Por fim, informamos que já havíamos tomado todas as medidas judiciais cabíveis contra o Sr Marcos Regina e sua empresa, nas esferas cível e criminal, quer seja por sua gestão fraudulenta, quer seja por seus atos difamatórios praticados.

Atenciosamente,


Grupo Build

Marcos Regina disse...

Meu nome é Marcos Regina, realmente fizemos este acordo infeliz com a build brasil e o acordo era claro que entrariamos com a marca e transferencia de teconologia e eles com o capital.
A parte da Pastelandia esta totalmente integralizada.
Minha tajetoria profissional é impecavel e a vinte cinco anos sou um homem trabalhador tendo colocado a Pastelandia em 20 estados brasileiros e mais 4 paises.
É um absurdo esta alegacao de desfalque porque apenas operei na parte operacional da empresa e nunca manipulei o dinheiro que era feito pelo gerente financeiro da empresa contratado pelo proprio Paulo Marinho da Build.
Estamos indo a justiça Angolana para exigir a retirada da marca pois nao há um só documento que valida o uso da marca, pois depois de todo o esforco eles querem ficar com 100% do negócio sem ter pago o valor que estava no acordo inicial .
Faço uma pergunta para o grupo build, quantas casas vcs venderam e quantas vcs entregaram?
Eu fiz 6 lojas em 1 ano, e vcs quantas casas, vcs tem coragem de responder, mas por favor nao respondam que vao entregar bla bla bla, respondam apenas se uma unica casa esta entregue e o morador esta satisfeito com a qualidade da casa, uma só....uma só...
Marcos Eduardo Regina.

Sr. Pau no Gato tô tô disse...

Prezados Srs. da Build Angola e membros do Clã

Gostaria de pedir com toda a gentileza que os Srs. incluíssem o suculento pastel de avestruz na dieta angolana.

Seria possível, por obséquio? Não é sarro não. É que é uma carninha muito saudável e molinha. Derrete na boca e não causa fratulências.

Abocanhar, dilacerar a carne, vê-la reluzir, escorrer e brilhar. Sentir o frescor da carne semi viva de um ovíparo comedor de ração e bebedor de uísque.

Uísque não está em contrato. Tira.

Sem Ketchup, por favor. Gosto de tudo muito natural.

Gostaria também, se não for abusar da bondade de vocês, é claro, que fizesse um outdoor. Algo magnânimo, com a foto do Rei (será?), que instigue o estômago, faça-o tremer de emoção e necessidade carnal. Algo potente e metafórico, com os dizeres:

"Pessoas que colocam mães e pais de família em situações desagradáveis, crianças em estado de insuficiência vital, merecem muito mais do que processos.

Merecem um belo e delicioso pastel de avestruz!

Ahhhhh... e os de estampidos, pá pá pá do kuduro, é claro, é por nossa conta!"

O que acham?

Capitão disse...

Sr. Marcos Regina, não vou revelar o meu nome, mas me simpatizei com a sua coragem e honestidade. Você está de parabéns.

Talvez seja a hora de nos organizarmos por email e planejarmos uma ação efetiva contra estes rapazes crescidos, porém inconsequentes.

O dono deste Blog é um herói. Evitou que mais pessoas fossem ludibriadas. Ex-funcionários, ex-amigos, ex-pau-mandados, ex-puxa-sacos e ex-sonhadores tb são heróis na medida em que vêm aqui desabafar e contar como este "grupinho" pôde colocá-los nessa. Vocês perguntam "como pude entrar nessa?"

"Uma gangue (derivado da palavra inglesa gang) é um grupo de indivíduos que compartilham de uma identidade comum e, na concepção atual, se envolvem em atividades ilegais. Historicamente o termo refere-se tanto à grupos criminosos como grupos de pessoas comuns. Alguns antropólogos acreditam que esta estrutura, a gangue, é uma das formas mais antigas de organização humana."

Prometer algo tão fundamental como uma moradia, um teto (que muitas vezes foi pago à vista) é algo muito sério e merece a atenção das autoridades, acompanhamento de responsabilidades também.

A Build Brasil/Angola precisa de investigação, esclarecimento jurídico, pois muita gente está esperando seus lares ficarem prontos.

Se o grupo, com "g" minúsculo é mesmo inocente, basta por à prova suas afirmações, suas crenças.

Caso forem culpados ninguém deve ser poupado. Nem as namoradinhas-puxa-saco. Todos devem ser condenados à devolver o dinheiro.

Se forem inocentados, faça-se a justiça divina, porque a justiça também é $falha$.

Maria de Lourdes Magongo disse...

Olhe bem aqui. Estive a passar pelo Nosso Lar Estádio hoje pela manhã. Graças à santíssima não comprei nada destes brazucas. Queridos angolanos, peçam o seu precioso dinheiro de volta!

Antonio disse...

Prezados amigos ,esses rapazes da Build Alguma coisa , são iguais a RATOS ,estão em tocas ninguem é homem em aparecer e resolver os problemas criados por eles.

Simone disse...

OBS: A unica coisa que deu certo, que esses pilantras estavão envolvidos foi a Pastelandia,agora vem dizer que o sr Marcos Regina é incompetente.Tome vergonha na CARA,vagabundos!

Anónimo disse...

Estes Builds estão à brincar com o povo angolano... até quando vão protelar a entrega das moradias? Existe um data? Porque as obras estão paradas?

Manoel Santos disse...

Estive a mandar emails e ninguém me respondeu. O email de vocês é este mesmo: diretoria@buildbrasil.com.br? Parece que não há ninguém na Build. Foram-se embora, é?

Anónimo disse...

Sr. Manoel, não só os e-mails q não respondem, os sites www.buildbrasil.com , www.bemmorarangola.com e outros tb desapareceram do ar , como os supostos donos da BuildAngola

Junior disse...

Prezado povo Angolano,a um ano ou seja em Novembro de 2010 ,já se sabia o final desta historia ,voces foram avisados com 12 meses de antecendencia ,varios comentarios de pessoas lesadas ,por este grupo de pilantras,no Brasil e em Angola.A união faz a força!!!!

Janaina disse...

Prezados senhores, estão falando em prisão para funcionários da Pastelandia ,que por algum problema , deixaram de contribuir com alguns valores de impostos ou coisa parecida, isto é brincadeira deste governo ,policia , sei lá o que !!! Estes senhores que HOJE tentam levar vantagem " ESTELIONATO " sobre a marca Pastelandia DESVIARAM mais de 300 MILHÕES USD ( Trezentos milhões de dólares americano) ,com lançamentos imobiliários que nunca foram feitos (fantasma) ,como por EXEMPLO : THE ONE - COPACABANA - QUINTAS DO RIO BENGO - BEM MORAR BENFICA - BEM MORAR SAMBA - NOSSO LAR - NOSSA VILA - ETC... e até o momento nada aconteceu, tenho a impressão que alguma coisa de muito errada esta acontecendo, esta imagem não é nada boa para o Pais "ANGOLA " ,quem iria pensar em investir dinheiro em um pais que não faz justiça.Aguardem próximos lançamentos :VILA SESAMO - LAR DA TIA MAFALDA - FAZENDAS DAS RENAS DO PAPAI NOEL ,com a grande novidade 50% de desconto para pagamento ANTECIPADO

mas o gá tô tô disse...

Está na cara que o Marcos tem a razão. E o tal Marinho nem enviou as tais provas para o O Pais. Que provas são estas? Pode postá-las aqui.

http://www.opais.net/pt/opais/?det=23409

Processar por difamação? Essa é boa.

Anónimo disse...

Que bosta de empresa. O Sodré tá encurralado. Acho que este é o último pastelzinho de safadeza que ele frita.

repassando disse...

30 de Setembro de 2011 06:01
Paulo Marinho disse...
Lisboa - O afastamento de Aguinaldo Jaime da coordenação da comissão de gestão da ANIP é justificado em meios com conhecimento do assunto como conseqüência de precedentes que passaram a ser desfavoráveis para o mesmo. De entre, todos os casos, vêem também a superfície o embaraço provocado aos compromissos sócias do governo causados por uma imobiliária “Bem Morar”, ao qual Aguinaldo Jaime denota ter uma postura de sócio.


Fonte: Club-k.net

Fez os lobbies da empresa junto ao PR

A “Bem Morar” é uma iniciativa ligada a empresa Build Brasil que opera em Angola a cerca de cinco anos. A imobiliária é tida por sectores em Angola por não ter obedecido a regras de investimento estrangeiro em vigor no país, pelo que as suspeitas, “da falha” viraram-se para a gerencia da ANIP. As autoridades angolanas notam também que esta imobiliária revela-se com comportamentos que indiciam estar prestes a deixar o país, havendo receio de que desonrem com compromissos de habitação, nas províncias de Luanda e Huambo. (Os interessados terão já adiantado no pagamento de casas que vão dos 180 a 280 mil dólares)


A ligação de Aguinaldo Jaime com a “Bem Morar” teria ganho visibilidade quando em Junho de 2010, convenceu o Presidente José Eduardo dos Santos, a receber, no palácio presidencial, Edson do Nascimento “Pelé”, o rosto de marketing desta imobiliária brasileira, a quem informou “detalhadamente” sobre o projecto habitacional para as duas províncias em referencia.


A saída de Aguinaldo Jaime da gestão interina da ANIP, teria sido protelada em função da procura de alguém que imitisse respeitabilidade mas também sem precedentes de desonestidade financeira. Maria Luisa Abrantes que até pouco tempo representava a ANIP, nos Estados Unidos mostrou-se inicialmente desinteressada/indisponível para aceitar o cargo de PCA mas acabaria por considerar a proposta no seguimento de uma intervenção de Carolina Cerqueira, a Ministra da Comunicação Social que o convenceu a aceitar.


São desconhecidas as motivações de fundo da inicial recusa da mesma, porém, há correntes que associam-na a reservas por efeito de uma “marginalização” a que foi tendo nos últimos meses. Numa das suas recentes deslocações a Luanda, Maria Luisa Abrantes teve de ir ao palácio presidencial fazer uma “confusão” protestando ao acesso directo que lhe estava a ser vetado.


Tal como Aguinaldo Jaime, a nova PCA, da ANIP , é jurista de formação e detentora de varias pos graduação. Viveu na capital americana por mais de 10 anos como conselheira diplomática da embaixada angolana em acumulação com a chefia da representação da ANIP. É a mentora da imagem das políticas de incentivo ao investimento do Estado angolano em cadeias internacionais como a CNN. Goza de respeito externo e é das raras personalidade angolana cujo nome não é associado a casos de corrupção

Anónimo disse...

Novos Drs aparecem para defenderem os pilantras,caro dr olhe bem os seus novos clientes e reflita ,sera que vale a pena !!!!veja o que fizeram com nosso povo!!!!

Anónimo disse...

Precisamos lembrar do projeto Casa Forte, o inicio de tudo, a ultima informação foi q entregaram somentes algumas unidades e todas com problema construtivo, mas venderam mais de 100 unidades e receberam, alguem sabe como ficou esse projeto?

Manoel Aires disse...

Agnaldo Jaime já era e os Brazucas o que vai acontecer ?

Tchelo disse...

Provavelmente estão preparando ordem de prisão para Kakila.

Aqui em Angola corrupção é tida como crime muito grave. Essa turma está enrolada.

O governo deverá expedir um mandato para a interpol caso saiam do país, tendo em vista que irão deixar muitos angolanos sem o seu dinheiro e/ou suas casas.

Para evitar essa confusão, não era só fazer as casas? Era tão difícil tratar dos seus companheiros de trabalho de forma respeituosa? Eu chego à conclusão de que era sim, muito difícil.

Índole é algo que não se cultiva, não se adquire. Índole é algo inerente e carnal. A boa índole é algo que vocês, Sodré, Marinho, Joca, Tuzino, Boer, Tell... e turminha nunca saberão o que realmente é.

Vão pro inferno. Dinheiro não é tudo. Ajam agora como ratinhos, porque os gatos não são mais vocês.

joason disse...

Gostaria de saber a onde esta o Pele ,que prometeu mundos e fundos para nosso povo.

Anónimo disse...

Pior que essa gente ridicula, Paulo Sodre, Paulo Marinho e Ricardo Boer ainda esta aqui em nosso meio. Tive o desprazer de me encontrar com eles no Belas e ainda dizer que o Bem Morar esta a acabar.Hahahaha, duvido!!

Anónimo disse...

Alerta ao Sr. Marcos Da Pastelandia.
o Joao Donato com os socios da Build estao tramando mais uma contra o Senhor, eles estao tentando fazer um acordo para a compra da marca Pastelandia para Angola e pagar em 8 parcelas, apenas para conseguir a carta de retratacao. Ouvi eles dizendo que pagarao apenas a primeira para poder postar a carta na midia limpando o nome deles em relacao a Pastelandia, apos isso eles vao declarar que a Pastelandia nao da lucro e vao trocar as bandeiras pela marca do Baby Beef dessa forma tirando o senhor do negocio e nao tendo mais que pagar taxas mensais para uso da marca Pastelandia. Desde que o Donato assumiu a gerencia das lojas, ele já fechou 3 lojas e derrubou o faturamento, pois os produtos estao de pessima qualidade e eles nao estao fazendo nada para melhorar pois vao mudar as marcas.
Infelizmente o senhor entrou num jogo com esses caras que só tem a perder. Estou postando essa mensagem hoje dia 16/10/2011 para ficar registrado mais uma maracutaia deste grupo build em Angola.

Anónimo disse...

Anonimo Pastelândia, se desde do inicio tivesse mais gente como vc, não teriamos tantas pessoas enganadas por esse grupo como aconteceu, parabens pela coragem, mesmo usando o nome anonimo

Anónimo disse...

Poxa... já tem gente aqui na Build com salários atrasados! Está difícil de aguentar este clima. Estão esperando o banco em angola liberar a grana. A estratégia é deixar todos sem salários e pressionar o banco para liberar o dinheiro. Alguém acha que será pago? hahahahaha. Vai sim.... Será aquela tristeza. E o governo está de olho agora.... já perceberam que o negócio da build é uma grande pirâmide. Falcatrua!!!! Onde estão as casas Sr. Sodré... onde? onde? Dá vergonha esperar por salário. Estômago de criança não pode esperar!!!!! Tenha vergonha na cara seu burguesinho de merda.

Renata disse...

Estou fazendo um levantamento dos endereços e telefones de todos os participantes da fraude Build Angola/Brasil, para voces poderem cobra los e entrar com ações judiciais cabiveis

Simone disse...

Os rapazes da Build Angola/Brasil já estão sendo procurados pela JUSTIÇA no Brasil

Anónimo disse...

Estou estupefato com a noticia que recebi da estupida da Monica( uma porcaria que trabalha para a Build na Pastelandia e se acha inteligente) que a partir do dia 1 de dezembro passariamos a ser funcionarios do Bobs.
Bobs?? como assim...segundo ela como a build nao teve como pagar para continuar com a marca Pastelandia, vendeu apenas os ativos para o Bobs.
Neste mesmo blog eles vendem a ideia de que a antiga gestao fraudou e robou a empresa. Engracado é que ficou a mesma administracao financeira de antes. Na epoca que estava com a gestao do Sr. Marcos e da Sra. Marise a producao ia até as 23hs a qualidade era impecavel, as lojas bombavam de faturamento, e agora?
ao meio dia nao tem mais nada para produzir, em todos os lugares que ando reclamam da Pastelandia como se eu fosse conseguir recuperar o estrago feito pelo Joao Donato( super diretor geral da build) o cara nao passa 15 dias em Angola, só vai nas lojas para tomar fino.
Na epoca do Sr. Marcos nao tinha nenhuma divida com nenhum fornecedor, hoje a Pastelandia ja parece a build deve para todo mundo, até para os funcionarios brasileiros e agora a promessa é passar o passivo para o Bobs. Que ridiculo, o negocio Pastelandia com o Sr. Marcos nao tinha para ninguem, ele a sua esposa davam o sangue na empresa junto com todos nós, quantas vezes nao acompanhei eles nas lojas desde as 8hs até meia noite, é realmente uma pena esses bandidos terem achado que conseguiriam tocar o negocio da Pastelandia como se fosse uma construtora que vende e nao entrega as casas. Seria mesmo muito lucrativo eles venderem os pasteis e depois pedirem para o cliente voltar amanha para comer, esse negocio é do dia a dia do trablaho duro nas lojas com os funcionarios motivados, e nao apenas pagando reportagens e vender uma imagem falsa para as pessoas, o cliente que come e nao gosta do pastel nao volta mais, isso eles nao conseguem comprar, Esses donos da build acabaram com todos os negocios que colocaram a mao. Uma pena, vou para o Bobs com muita dor no coracao.

Anónimo disse...

Marcos Regina da Pastelandia?? Trabalhei com esse safado na Pastelandia no interior de Sao Paulo e é só olharmos o histórico que esse sujeito tem nos tribunais brasileiros para sabermos que não se trata de pessoa idônea. A lista de processos é imensa com vários deles ja tendo sido perdido em todas as instâncias. O comentário que tinha escutado aqui no Brasil em meados de 2009 era que ele tinha fugido pra Angola porque todos no Brasil já conheciam sua fama de bandido. Nāo conheco esses brasileiros que se associaram ao Marcos mas desde já tenho pena deles. Digo isso porque senti na pele as maldades e roubos desse safado chamado Marcos Regina.

Anónimo disse...

Estou estupefato com a noticia que recebi da estupida da Monica( uma porcaria que trabalha para a Build na Pastelandia e se acha inteligente) que a partir do dia 1 de dezembro passariamos a ser funcionarios do Bobs.
Bobs?? como assim...segundo ela como a build nao teve como pagar para continuar com a marca Pastelandia, vendeu apenas os ativos para o Bobs.
Neste mesmo blog eles vendem a ideia de que a antiga gestao fraudou e robou a empresa. Engracado é que ficou a mesma administracao financeira de antes. Na epoca que estava com a gestao do Sr. Marcos e da Sra. Marise a producao ia até as 23hs a qualidade era impecavel, as lojas bombavam de faturamento, e agora?
ao meio dia nao tem mais nada para produzir, em todos os lugares que ando reclamam da Pastelandia como se eu fosse conseguir recuperar o estrago feito pelo Joao Donato( super diretor geral da build) o cara nao passa 15 dias em Angola, só vai nas lojas para tomar fino.
Na epoca do Sr. Marcos nao tinha nenhuma divida com nenhum fornecedor, hoje a Pastelandia ja parece a build deve para todo mundo, até para os funcionarios brasileiros e agora a promessa é passar o passivo para o Bobs. Que ridiculo, o negocio Pastelandia com o Sr. Marcos nao tinha para ninguem, ele a sua esposa davam o sangue na empresa junto com todos nós, quantas vezes nao acompanhei eles nas lojas desde as 8hs até meia noite, é realmente uma pena esses bandidos terem achado que conseguiriam tocar o negocio da Pastelandia como se fosse uma construtora que vende e nao entrega as casas. Seria mesmo muito lucrativo eles venderem os pasteis e depois pedirem para o cliente voltar amanha para comer, esse negocio é do dia a dia do trablaho duro nas lojas com os funcionarios motivados, e nao apenas pagando reportagens e vender uma imagem falsa para as pessoas, o cliente que come e nao gosta do pastel nao volta mais, isso eles nao conseguem comprar, Esses donos da build acabaram com todos os negocios que colocaram a mao. Uma pena, vou para o Bobs com muita dor no coracao.

Anónimo disse...

Quintas do Rio Bengo.

Segundo ouvi dizer a build entregou algumas casas nesse condominio.
Será que é porque só tem politicos, generais e funcionarios da mais alta estirpe angolana?
E as casas dos cidadoes normais aquelas com nome Bem Morar será que vao ser entregues, quando?
Quero ver daqui uns seis meses quando os generais descobrirem o padrao classe C e comecar a aparecer a porcaria de acabamento que esta empresa meia boca que nem engenheiro tem no pais para acompanhar as construcoes.
Uma fonte que trabalhou nas casas me confidenciou que apos ter sido construida as paredes das piscinas deveria ter enchido de terra em volta das paredes para nao rachar as parades. Como nao existe um engenheiro acompanhando estes detalhes ninguem fez este procediemnto.
As paredes racharam e a build mandou fazer o enchimento do material que reveste a piscina( uma borracha azul) mesmo sabendo que a piscina vai vazar para sempre.
Esses caras da build beiram o ridiculo, quero ver a cara dos generais depois de descobrirem a favela mansao que compraram....

Anónimo disse...

Quintas do Rio Bengo.

Segundo ouvi dizer a build entregou algumas casas nesse condominio.
Será que é porque só tem politicos, generais e funcionarios da mais alta estirpe angolana?
E as casas dos cidadoes normais aquelas com nome Bem Morar será que vao ser entregues, quando?
Quero ver daqui uns seis meses quando os generais descobrirem o padrao classe C e comecar a aparecer a porcaria de acabamento que esta empresa meia boca que nem engenheiro tem no pais para acompanhar as construcoes.
Uma fonte que trabalhou nas casas me confidenciou que apos ter sido construida as paredes das piscinas deveria ter enchido de terra em volta das paredes para nao rachar as parades. Como nao existe um engenheiro acompanhando estes detalhes ninguem fez este procediemnto.
As paredes racharam e a build mandou fazer o enchimento do material que reveste a piscina( uma borracha azul) mesmo sabendo que a piscina vai vazar para sempre.
Esses caras da build beiram o ridiculo, quero ver a cara dos generais depois de descobrirem a favela mansao que compraram....

Anónimo disse...

O Sr. Marcos Regina é tão mau visto no Brasil, que além de não ser sócio ou sequer ter um cargo diretivo na empresa que detêm a marca pastelândia no Brasil, os reais sócios dessa empresa não podem nem ouvir falar o nome dele, tamanho o prejuízo que o mesmo já lhes causou.

Anónimo disse...

Fomos informados aqui no Brasil que o Sr Marcos aplicou seus golpes em Angola tambem. É muito triste saber que esse pilantra está envergonhando o nome dos brasileiros em Angola. Aqui no Brasil esse safado deixou um rastro de sacanagens com nosso povo. Vou alertar as outras pessoas que, assim como eu, foram lesadas por ele aqui no Brasil.

Anónimo disse...

Nao acredito que esse ladrao chamado Marcos Regina atravessou o Oceano Atlantico pra fazer falcatruas em Angola. Será que nao basta o que ele fez no Brasil?? Tenho um amigo angolano que comentou comigo que o pessoal da Build Angola de fato estava mudando a cara do pais, com bastante publicidade e condominios diferenciados - ele nao soube me falar como estavam as entregas - e, pelo que passei com o ladrao do Marcos tenho certeza que ele roubou os outros brasileiros como diz no comentario acima. ANGOLANOS, NAO DEIXEM ESSE MARCOS REGINA ENTRAR NAS SUAS TERRAS MAIS.

Simone disse...

Mais uma do sr Paulo Sodre e sua turma ,compraram a Burgueria Matriz da esposa do sr Alvaro da Spyce ,não pagaram pela compra e ainda montaram outra loja na zona leste em nome dos antigos proprietarios ,usando o cretido da esposa do Alvaro sem eles saberem e deixaram um rombo de mais de R$ 500.000,00. Este é o modo desta turma agir !!!!

Anónimo disse...

Eu trabalhei alguns meses na Pastelândia do Belas Shopping durante o tempo em que o Sr. Marcos estava na loja. Pedi para sair porque não agüentei a arrogância desse senhor e de sua mulher. Tenho certeza que a Pastelândia está em melhores mãos agora.

Anónimo disse...

Não existe mais a Pastelandia ,como pode estar em melhores mãos !

Anónimo disse...

Mais um comentário mentiroso e mal-intencionado. É claro que a operação da Pastelândia em Angola continua existindo.

Anónimo disse...

É impressionante ver a forma como as pessoas agem....depois de todo o rombo causado pelo Sr. Marcos Regina durante sua estada em Luanda, o mesmo tem coragem de vir a público dizendo ser o detentor da marca Pastelândia. Esse senhor não é sócio da empresa detentora da marca no Brasil, e pior ainda, a marca “no Brasil” encontra-se penhorada por uma dívida trabalhista.

Build Angola disse...

Prezados senhores,



Fomos enganados pelo Sr. Marcos pois a marca Pastelândia não poderia ter sido licenciada e/ou cedida pelo Sr. Marcos (muito menos pela e/ou em nome da empresa ALL HERE, que formalmente assumiu a obrigação). Infelizmente confiamos em uma pessoa que está, no Brasil, tomada de processos, os quais também colocamos a Vossa inteira disposição.
- a marca Pastelândia, número de registro no INPI: 815197250, não poderia ter sido licenciada e/ou cedida pelo Marcos/ALL HERE uma vez que a titular da marca junto ao INPI é a empresa CENTRAL DE MASSAS PASTELÂNDIA LTDA., CNPJ 68.117.555/0001-51 e não a ALL HERE (CNPJ 05.553.350/0001-07);
- aliás, nem o nome da empresa foi informado corretamente pelo Marcos, já que ALL HERE há tempos mudou sua razão social para PFR FRANCHISING LTDA. e o próprio advogado do grupo Pastelândia afirmou que o Marcos não é sócio desta empresa (únicos sócios: Jorge Landmann, presidente do MAM no Brasil e Valquiria – sogra do Marcos) ;
- formalmente, o Marcos e sua ex-esposa [Luciana] são sócios somente na empresa Central de Massas Pastelândia Ltda. e não na ALL HERE.

Com as descobertas acima o Sr. Marcos começou a nos atacar. No entanto, descobrimos algumas questões ainda mais graves:

- A MARCA PASTELÂNDIA NO BRASIL ESTÁ PENHORADA. Em razão de ações judiciais de toda natureza que esta empresa [Central de Massas] e seus sócios respondem na Justiça brasileira, a marca acabou sendo penhorada em 13 de janeiro de 2009 (vide RPI 1984): http://pesquisa.inpi.gov.br/MarcaPatente/servlet/MarcasServletController?action=detail&codProcesso=519790 , perdendo o Sr. Marcos com isso o direito de negociar livremente sua marca. Sem a aprovação prévia de um Juiz, qualquer negociação envolvendo a marca deve ser considerada nula. Devemos mencionar também que outros credores, de outras (das várias) ações judiciais que o Marcos responde no Brasil também teriam pedido a anulação e/ou retenção de valores (de qualquer valor recebido pelo Marcos) se soubessem de qualquer negociação envolvendo a marca. A nulidade prevista em lei nestas situações serve para evitar qualquer fraude do devedor condenado judicialmente, tal como foi o Marcos.

Pelas razões acima e, por toda falta de seriedade e caráter pertinente ao Sr. Marcos, propositalmente e sem chamar atenção sobre tais fatos, abriu negociação sobre a marca com nosso Grupo. Sr. Marcos omitiu o dado mais relevante na negociação, “a real situação jurídica da marca”. Devemos ressaltar que essa negociação beirou o estelionato e que levou a nosso Grupo a assinar de boa-fé a “Carta de Intenções” com ALL HERE em 21 de junho de 2009 (isto é, meses depois da marca já ter sido penhorada). Assinamos algo que não valia nada aos olhos da lei, compramos de quem não podia vender. Sem ter conhecimento a esses fatos nosso Grupo simplesmente se limitou a cumprir com que havia se obrigado e não poupou esforços materiais e humanos para o sucesso da operação em Angola.

Ao levantar toda esta situação jurídica que ele estava envolvido ficamos com receio de até sermos processado na Justiça como cúmplice da fraude feita pelo Marcos. Com isso, colocamos a parceria em stand-by e agora buscamos as devidas reparações e ajustes junto a todos que a levaram a engano (inclusive, o próprio filho do Marcos, Bruno Regina, que, em 19 de maio de 2011, assinou o Memorando de Entendimento para o qual sabidamente não detinha poderes – os únicos sócios da ALL HERE são Jorge Landmann e Valquiria – e tal como o pai permaneceu em silêncio sobre os problemas/vícios jurídicos da marca).

Na ultima semana fomos agraciados com uma carta do advogado do Marcos propondo um comunicado à imprensa e carta de retratação por parte do Sr. Jorge Landman, sócio do Sr. Marcos, onde menciona, entre outros pontos, que ele não é sócio da All Here, que as opinioes são única e exclusivamente pertencentes ao Sr. Marcos e que o mesmo NAO ESTÁ AUTORIZADO a falar em nome da empresa. Nos colocamos à disposição para fornecer uma cópia da carta mediante solicitação através do email SACBUILDANGOLA@GMAIL.COM

Anónimo disse...

GMAIL????? Que empresa usa GMAIL? quá quá quá qu´´a quáaaaaaaaaaa

Quer dizer que a Build Cocóricó não fez qualquer análise antes de usar a marca de outrém?

Zé Fuinha: Vamos abrir uma Coca Cola em Angola?

Build Cocóricó: Vamos!!!! Lesgal!!! Você é dono da marca?

Zé Fuinha: É craro meus culega!

Build Cocóricó: então vamo Sô. 10 loja pra comiçá!

Que historinha mais fraquinha essa de marcas viu.... mais fraquinha não dá....

Repassando disse...

Simone disse...
Mais uma do sr Paulo Sodre e sua turma ,compraram a Burgueria Matriz da esposa do sr Alvaro da Spyce ,não pagaram pela compra e ainda montaram outra loja na zona leste em nome dos antigos proprietarios ,usando o cretido da esposa do Alvaro sem eles saberem e deixaram um rombo de mais de R$ 500.000,00. Este é o modo desta turma agir !!!!

Anónimo disse...

Chico: Quiero ganhá muinto din din sô. Comu vô fazê agora?

Build Cocoricó: Nós temos a solução. Vamos criar um sistema de pirâmide, onde iremos sempre alavancar o próximo negócio às custas de outro. Após 10 anos, quando tudo ruir, daremos o fora!

Chico: Mais assim vósmicê pode tomá uns chumbo na urêia.

Build Cocórico: Life is good! Enjoy it!

Chico: héinnnnnnnnnn????

Build Cocóricó: Antes o seu dinheiro no meu bolso rico, doque no seu pobre.

Chico: Hããããã????

Build Cocóricó: Iremos trazer satisfação em dobro, por menos e ainda fazer mais por nada. Entende?

Chico: Hummmmmm?????

Build Cocóricó: Se não entendeu, mande um email para o nosso SAC.

Chico: ói qui ó... sês tão me deichando com réiva sô.

Build Cocórico: Sim, mas temos empresa idônea, em endereço fixo, em local móvel, porém com a globalização, quem vive em um só lugar? Temos a plena certeza de oferecer o melhor do melhor, no melhor lugar, com uma equipe treinada e cheia de amor para dar. Alguns são gordinhos e flácidos, outros brincam de surfar no esgoto, eu mesmo gosto de jatinho com cheiro de mofo, onde outros empresários comem putas de 3a linha, mas pelos meus sócios eu não respondo. A nossa empresa é xouuuuuuu de bola.

Chico: Héinnnnnnnnn!!!!???

Anónimo disse...

Estamos á ver obras paradas. Nada entregue. Salafrários! Roubam Angola, roubam nosso suor. Que falta de caráter.

Anónimo disse...

Sou Brasileiro e trabalho em Angola a 5 anos e estou decepicinado com tamta falta de respeito com o povo Angolna.

Esses tipos de pessoas so serve para sujar a imagen dos que tem carater.
Meus caros não podemos jugar todos por erros de alguns.

Anónimo disse...

Os Ratos estão escondidos !!!!!!!!

Loxas disse...

A Turma da BuildAngola esta com medo de voltar Para Angola ,na hora de roubar o dinheiro deste povo ninguem ficou com MEDO !!!!

Anónimo disse...

Abrir o Link

Anónimo disse...

http://www.opais.net/pt/opais/?det=25702&id=1929&mid

Abrir o LInk

Anónimo disse...

http://www.istoe.com.br/reportagens/paginar/195018_PELE+E+OS+NEGOCIOS+SUSPEITOS+DE+ANGOLA/28
Agora comeca a dar rebulico Aqui no brasil. Estao a colocar a culpa now clients.

flavio disse...

Pelé e os negócios suspeitos de Angola- PARTE 1

Por Flávio Costa

Rei do Futebol se envolve em escândalo imobiliário no país africano ao se declarar sócio de empresários brasileiros que venderam, e não entregaram, casas em condomínios de luxo na capital Luanda

Em outubro de 2009 e abril de 2010, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, desembarcou em Luanda para oferecer o prestígio do seu nome na divulgação de empreendimentos imobiliários de quatro empresários brasileiros na capital de Angola. Hospedou-se no Hotel Alvalade, de onde saiu para participar de entrevistas, fazer comerciais, posar ao lado de protótipos das casas e até visitar o presidente José Eduardo dos Santos, no poder desde 1979. Nessas ocasiões, o maior jogador de futebol de todos os tempos se apresentou como sócio da empreitada. “Fico feliz por investir em Angola”, disse, à época. “Deus sempre me coloca em equipes vencedoras.” Dois anos depois, o megaprojeto residencial ruiu, emaranhado numa sucessão de escândalos, pelo não cumprimento de pelo menos 540 contratos de vendas das unidades de classe média e alta, ao não entregá-las no prazo combinado. E o tom do Rei do Futebol mudou completamente. O staff de Pelé afirma que ele atuou apenas como garoto-propaganda da marca Build Angola. A sociedade, tão decantada no grandioso lançamento, é agora negada.

flavio disse...

Pelé e os negócios suspeitos de Angola (PARTE 2)

Por Flávio Costa


Os empresários Antonio Paulo de Azevedo Sodré, João Gualberto Ribeiro Conrado Jr., Paulo Henrique de Freitas Marinho e Ricardo Boer Nemeth, donos das empresas angolanas Readi Angola e Galson, venderam apartamentos, lofts, casas e quintas a preços abaixo da média do mercado angolano (leia quadro). “Eu comprei minha casa no Bem Morar, ainda na planta. Paguei US$ 105 mil à vista”, afirma a diretora da Televisão da Província do Bengo, Ana Paula Esteves. “Trabalhei muito para conseguir esse dinheiro e agora me sinto roubada”, diz a executiva, que deveria ter recebido as chaves de sua casa há um ano. De acordo com informações colhidas junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo, Sodré responde a uma ação penal interposta pelo Ministério Público por crimes contra a fé pública, em um processo por irregularidades na importação de avestruzes, no início dos anos 2000.

Com uma estratégia agressiva de publicidade, que incluiu ainda estrelas da televisão local, a Build Angola obteve êxito até setembro de 2010, quando começaram a circular e-mails de supostos clientes afirmando que a empresa não iria honrar seus contratos. “Fomos vítimas de uma campanha de difamação arquitetada por um ex-funcionário nosso chamado Werther Mujjali, que mandou mensagens com nomes falsos”, afirma Paulo Sodré, em entrevista à ISTOÉ, ao lado dos seus três sócios, no escritório localizado na Vila Olímpia, região nobre de São Paulo. Segundo perícia feita por profissional contratado pelos brasileiros, as mensagens partiram do computador desse ex-funcionário, com quem travam uma batalha judicial pela marca Build. Sodré diz que as dificuldades começaram a partir da disseminação desses e-mails, já que os compradores deixaram de pagar as parcelas das casas. As unidades eram tocadas somente com o dinheiro das vendas e pararam por completo em 2011. Procurado pela reportagem, Werther Mujjali não retornou as ligações. ISTOÉ apurou que a situação se agravou no início deste ano, com funcionários brasileiros da Build Angola recebendo ameaças, operários angolanos sem salários e registros de invasão dos escritórios da empresa em Luanda. Uma comissão que representa 300 compradores entrou com processos na Justiça e há queixas registradas na polícia.

“Eles cometeram uma sucessão de erros e é evidente que houve má administração do dinheiro que receberam das vendas”, disse à ISTOÉ um empresário brasileiro do ramo imobiliário de Angola, cujo mercado não oferece as mesmas condições apresentadas no Brasil, onde há financiamento bancário e uma rede de seguros para incorporações. O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor de Angola comunicou o caso à embaixada brasileira e oficiou autoridades policiais para que abrissem investigação. “Esses sujeitos agiram de má-fé e mancharam a imagem do Brasil aqui. Agora é comum ouvir na rua que todo brasileiro é vigarista”, diz o empresário do setor de hotelaria e navegação Hélder Rosa, que gastou US$ 496 mil por uma casa no Bem Morar. A moradia está em pé, mas não há ligação com rede de esgoto nem abastecimento de água e luz.

flavio disse...

Pelé e os negócios suspeitos de Angola (PARTE 3)

Por Flávio Costa

Colonizada por Portugal, e flagelada por uma guerra civil que começou em 1979 e perdurou até 2002, Angola é uma nação rica em petróleo e com uma economia pulsante. Mas também é um dos países mais corruptos do mundo, ostentando o 168º lugar num total de 183, segundo o ranking da Transparência Internacional. Ex-presidente do Banco Nacional de Angola e ex-coordenador da Agência Nacional de Investimento Privado, Aguinaldo Jaime era próximo da Build Angola – esteve no encontro entre Pelé e o presidente José Eduardo Santos, por exemplo. Jaime foi flagrado por uma investigação do Senado dos Estados Unidos na tentativa de desviar US$ 50 milhões do governo angolano para uma conta particular em um banco americano. “Em conversa por telefone com o senhor Aguinaldo Jaime, ele me confessou que pagou à Build US$ 400 mil por uma loja da Pastelândia e esse dinheiro nunca entrou no caixa da empresa”, acusa o dono da rede Pastelândia, Marcos Regina, ex-sócio do quarteto brasileiro na franquia e na Build. Os quatro negam qualquer contato comercial com Jaime. “Testemunhei reuniões em que eles diziam que iriam se livrar do negócio (Build Angola)”, rebate Regina. Ele afirma ter sofrido um prejuízo de US$ 1,2 milhão por conta da parceira. Por sua vez, a Build Angola diz ter encontrado, por meio de auditoria, desvio de dinheiro de US$ 600 mil durante a administração de Regina.

A direção da Build Angola afirma que tem a receber US$ 34,6 milhões da sua carteira de clientes e precisa pagar outros US$ 23,7 milhões para concluir as obras. “Estamos perto de fechar uma negociação dos nossos ativos para dois grandes grupos empresariais angolanos que vão assegurar o término e a entrega das casas”, declara Paulo Marinho. Em meio a essa situação indefinida, apenas uma coisa parece certa. A imagem do Rei Pelé foi atingida. “Nós estamos decepcionados; 90% das pessoas só acreditaram na Build Angola porque Pelé emprestou sua credibilidade à empresa”, diz Hélder Rosa. “O que posso adiantar é que não existe nenhum tipo de sociedade. O que foi feito e já expirou foi um contrato de Cessão de Uso de Imagem para o lançamento desses empreendimentos”, afirmou o advogado de Pelé, Paulo Gustavo. ISTOÉ apurou que o Rei do Futebol tem a receber, a título de pagamento, quatro unidades residenciais cuja construção também não terminou. Na hipótese mais benigna, Edson Arantes do Nascimento é vítima do empreendimento que Pelé garantia.

Anónimo disse...

CAROS AMIGOS, A BUILD ANGOLA OU SEI LA COMO SE CHAMA ESSA EMPRESA, ENCABECADA ESSENCIALMENTE PELOS SENHORES PAULO DE AZEVEDO SODRE E PAULO MARINHO, SAO UNS MENTIROSOS DA PRIMEIRA CLASSE E QUE PASSAM A VIDA A LUDIBRIAR E A ENGANAR AS PESSOAS DE BEM. INCLUSIVE OS SEUS MUITOS ADVOGADOS TEM DESISTIDOS DOS VARIOS PROCESSO QUE CAEM SOBRE ELES. ESSA EMPRESA NAO SO ENGANA OS SEUS CLIENTES BEM COMO NAO PAGA OS EMPRETEIROS QUE LHES PRESTAM OS SERVICOS. PARA O VOSSO CONHECIMENTO ELES TAMBEM USAM O NOME DE "GALSON". A MINHA EMPRESA JA PRESTOU SERVICOS PARA ELES EM NOME DA GALSON E ATE HOJE NAO PAGAM A DIVIDA QUE TEM CONOSCO, PASSANDO A VIDA A SUBORNAR OFICIAIS DO ESTADO PARA QUE OS PROCESSOS EM JUIZOS SE ESTENDEM POR MUITO TEMPO PARA DEPOIS PRESCREVEREM. MUITO ATENTO A ESSES BANDIDOS E VAMOS UNIR NOSSAS FORCAS PARA QUE ELES POSSAM PAGAR AS DIVIDAS DE TODO MUNDO.

Anónimo disse...

Em novembro de 2010 começou a surgir as verdades sobre o grupo BUILD, se passaram 01 ano e meio até q a bomba estourou, e tudo começou em 2008 com o projeto Casa Forte, onde viram como fácil poderia ser o golpe, como poderia dar certo empreendimentos dos portes q lançaram, sem que a empresa não tinha um departamento técnico a altura, alguns engenheiros e arquitetos q nem sabia mexer em computador, só tinha parentes no quadro de funcionários q só sugavam, todo mundo queria ser diretor, diretor sem capacidade nenhuma, se preocupando só com relógios caros, vinhos em sala de reunião, fabrica de energetico, fabrica de vidros, etc....caros importados, viagens ao exterior sem limites de gastos, o escritório em São Paulo era uma arapuca de luxo, os bons funcionários e com capacidade eram esquecidos, promessas e mais promessas emganosas, enfim, Build Brasil, Build Angola, Galson e outras todas com o mesmo propósito, enganar a todos, acho que a matéria da Isto É desta semana mostra um pouquinho de toda a sujeira, vejam "COM QUEM PELÉ SE ENVOLVEU", esse é o titulo da matéria do reporter Flavio Costa

Maria disse...

ATÉ A CONSTRUTORA SÓCIA DA BUILD NO NOSSO LAR, A TAL CHENIN NÃO PAGARAM! OS EMPREITEIROS QUE FORAM FINALIZAR O SERVIÇO NO THE ONE TAMBÉM FICARAM CHUPANDO O DEDO. UMA VERGONHA!!!!

Anónimo disse...

Anonimal disse:

O Day One JA foi entregue?????

Dra. Fiuna Kolunga disse...

É verdade e o pior que o novo departamento técnico com engenheiros e arquitectos que sabiam mexer no computador,esses nao sabiam PROJECTAR!!!!
Estou anciosa para receber minha vivenda no Nosso Lar.

Dr. Pinto Ngulo disse...

Boa noite a todos
Sou proprietário de uma unidade T4 no copacabana e gostaria de saber quando poderei ir lá estar,pois habito atualmente em Oslo e já deve estar quase a ficar pronto.

José Meugnin disse...

procurei os arquitetos e achei o seguinte:

http://www.marcosgaviao.com.br/load_projeto_46.swf

veja aí que a construtora é a Chemin e não chenin....

Dr. Pinto disse...

Senhores, gostaria de informacoes sobre o empreendimento copacabana da empresa build brasil, sou proprietario de uma unidade T4 e estou a retornar para Luanda no meio do ano.Moro no momento em Oslo e nao tenho informacao alguma sobre como estao as obras.Obrigado a todos

Mortinho disse...

Caros amigos ,como já era previsto ,os rapazes da Tal Build fugiram na calada da noite ,estamos precisando do novo endereço ,se alguem souber do novo endereço favor publicar, tem muita gente chegando de Angola para visita los

Anónimo disse...

Realmente a Build Brasil fechou o escritorio no Brasil e ninguem sabe pra onde foram todos aqueles pilantras que se intitulavam empresarios. A justiça já está à procura dos mesmos.
A ultima noticia que corre é que o enteado do Paulo Sodré também está avido por encontra-lo. Motivo: A atual mulher do Paulo Sodré era a esposa do enteado e, acreditando em promessas de vida facil, foi tirada da casa do enteado. Dá pra acreditar nessa historia? Quer dizer que o tal empresario surrupiou até o enteado?
Anônimo

Rodrigo Miranda disse...

Essa empresa é uma fraude ,
fiz um investimento de 350 mil USD
para minha habitação . e até agora não tenho as chaves , não consigo me comunicar com a empresa , fui a angola e eles fecharão as portas , ninguém sabe deles.
isso não pode ficar assim , as autoridades tem que tomar alguma atitude. os meus advogados não conseguem contactos com a empresa.
e esse pelé que eu era muito fan dele , já não sou mais , porque ele mesmo disse que estava investindo em angola através da empresa Build Angola, é um outro golpista também . fugirão todos e muita gente saiu perdendo não fui só eu pelo geito

José Machado Coutinho disse...

A Interpol está no calcanhar dos envolvidos. Esperemos que isto seja resolvido para provar que não são brasileiros e sim canalhas que surripiaram este dinheiro. Espero que também paguem os funcionários que ficaram na miséria. Covardes.

Mauro disse...

A Interrpool já localizou os diretores da Buildangola no Brasil !

Anónimo disse...

Para os interessados, com um pouco de pesquisa podem facilmente encontrar e ver como esses srs fazem vida de ricos. https://www.facebook.com/joca.conrado
https://www.facebook.com/luciana.barrosconrado
https://www.facebook.com/rafaconrad
https://www.facebook.com/felipe.conrado.566
https://www.facebook.com/christina.machadoribeiroconrado
https://www.facebook.com/cacau.conrado

Anónimo disse...

AVES DE RAPINA II
De início ainda acreditei que este blogue fosse um instrumento ás vítimas angolanas, lesadas por um grupo de energúmenos brasileiros incluindo um tal de Pelé, afim de que em conjunto, reunissem todas as provas afim de que as autoridades angolanas, em especial a Procuradoria Geral da Repúbica pudesse accionar a PGR brasileira< e em conjunto encontrar uma solução para todos os lesados.Tenho observado no entanto que este blogue virou um lugar comum de comentários de baixo calão,possívelmente com o intuito de desviar a atenção para o problema original.
Sucede que após este negócio nojento, surgiram outros de igual calibre, mais ousados, tendo como protagonistas escritórios de advogados que garantem (pasmem) o reembolso aos lesados das aplicações efectuadas, bastando para o facto pagar a módica quantia de USD 5.000,00, gaqrantindo deste modo uma renda de vários milhões de dólares aos novos "chico espertos".
E o mais incrível é quer os pobres angolanos continuam a acreditar que Deus é angolano e estão a alimentar estas novas AVES DE RAPINA.
Ao detentor deste blogue se sugere uma limpeza cirúrgica para dar um mínimo de credibilidade a um assunto de extrema importância para o povo angolano

ldsj@gmail.com

jose carlos disse...

endereços dos diretores da build angola no brasil são paulo sp:
paulo henrique marinho e ricardo boer, end. comercial rua leriuço n 76 jardim caravelas cep 04729-040
paulo henrique marinho end. residencial rua da paz 189 casa 04 santo amaro cep 04713-000
ricardo boer end. residencial rua luiza alvares 57 apto 41 cep 04332-100 vila campestre
paulo sodre rua dr. cristiano de souza 122 morumbi cep 05658-010 proximo ao estadio do são paulo
o do joão gualberto conrado segue logo mais, boa sorte a todos