Luanda. Desde as 07.40 horas do dia 10 de Março que o gerador do banco millennium, Rua Rei Katyavala – o banco da morte – trabalha dia e noite. A energia eléctrica está normal. As janelas e portas têm que ficar cerradas porque o fumo é mortal. No dia 13, três mercenários portugueses ao serviço do crime organizado estiveram no local e aprovaram a mortandade. Como o banco é da mana Isabel, ela quer lá saber disso. Continuamos no colonialismo antes da independência, do grito: VITÓRIA OU MORTE!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Angola 1963. Gabela


Cidade de distrito do Cuanza Sul, na Província de Angola, digna de visita, consequência das suas belas paisagens, entre as quais se salientam as quedas de água, no rio Cuvo, quedas da Binga.


Algumas fazendas agrícolas, verdadeiras povoações, são motivo de turismo, com o espectáculo deslumbrante do seu café em flor.


Brasão de armas concedo por portaria nº 19.409 de 1 de Outubro de 1962.

In Agência Portuguesa de Revistas. 1963
Enviar um comentário