sexta-feira, 19 de abril de 2013

Moçambique. Ao fim do dia a Polícia descarregou sobre os manifestantes de Cateme


Maputo (Canalmoz)- A neutralidade da Polícia nas manifestações da população de Cateme ontem durou por pouco tempo. Ao pôr do sol, cerca de 17horas, a Polícia que estava no local começou a usar gás lacrimogéneo e balas de borracha para dispersar os manifestantes.
Citado pela BBC Brasil, activista da ADECRU disse que os manifestantes “fugiram para as matas” quando a Polícia usou gás lacrimogéneo e balas de borracha para liberar a linha férrea que os manifestantes bloqueavam desde ontem, impedindo a passagem do comboio da Vale para o porto da Beira.
Segundo a ADECRU, cerca de 500 pessoas participavam do protesto quando 40 polícias  começaram lançar gás lacrimogéneo e disparar balas de borracha para dispersá-las.
“Eles fugiram para as matas e temos informações de que há feridos”, afirmou à BBC Brasil Adriano Vicente, gestor de programas da ADECRU.
O Governo moçambicano não se pronunciou sobre a revolta (Redacção)

Enviar um comentário