segunda-feira, 30 de julho de 2012

Casal adúltero apedrejado até à morte no Mali


Um casal com uma relação adúltera foi apedrejado até à morte este fim de semana na cidade de Aguelhok, no Mali, anunciou um porta-voz do grupo radical islâmico que controla o norte daquele país africano.
Sanda Abou Mohamed, porta-voz do grupo Ansar Dine, disse à agência noticiosa norte-americana AP, o casal foi executado de acordo com a lei islâmica ("sharia").
Um residente da cidade de Kidal, no norte do Mali, que falou com testemunhas em Aguelhok, contou que o homem e a mulher foram enterrados até ao pescoço e depois atacados com pedras até morrerem. O residente pediu anonimato por temer pela sua segurança.
Na sequência do golpe de Estado de 21 de março passado, o norte do Mali foi tomado por grupos armados controlados por movimentos islamitas, aliados da Al-Qaida no Magrebe Islâmico.
Imagem: "Homem de 28 anos e mulher de 20 foram apedrejados até à morte num mercado.
acartaagarcia.blogspot.com


Enviar um comentário