quarta-feira, 18 de julho de 2012

População de Cassongue preocupada com ambiente político no país



Kwanza-Sul – A população do município de Cassongue, província de Kwanza Sul encontra-se preocupada com o actual ambiente político que se vive no país, tendo em conta o aproximar das eleições gerais previstas para 31 de Agosto do corrente ano.

Fonte: Club-k.net
Segundo os munícipes a convocação das eleições gerais pelo Presidente da República trouxe consigo um clima de total instabilidade. “Os militantes do MPLA têm levado uma onda de intimidação as populações dizendo que se UNITA perder as eleições vai recorrer as armas para começar com a guerra”, disse Augusto José.

“Estas informações não passam de manobras”, acrescentou, justificando “pois, desde os finais de 2009 até o ano corrente, o MPLA perdeu a popularidade no Cassongue por incumprimento das promessas feitas nas últimas eleições realizadas em 2008”.

A mesma opinião é partilhada pelo ex-membro do MPLA de nome Miguel Gonga, que juntamente com os outros 350 engrossaram nas fileiras do maior partido da oposição (UNITA). “Nós aqui no Cassongue não estamos a beneficiar da reconstrução nacional que se diz por ai, por isso fomos embora na UNITA que sempre esteve connosco”, justificou.

Os nossos entrevistados acusam o secretário municipal do MPLA no Cassongue, Luciano Ngury, de ter convidado o brigadeiro Fernando Vinenda  para passar alguns dias naquela localidade.

Curiosamente, a presença do famigerado brigadeiro das FAA, Fernando Vinenda (militante do MPLA), provocou uma fuga maciça dos populares para as localidades mais próximas como de Wako Kungo, Sumbe e Huambo, temendo que o mesmo volte a cometer as mesmas barbaridades como no passado recente.

Além da fuga dos populares, este portal testemunhou  o encerramento de vários estabelecimentos comerciais por parte dos respectivos proprietários, temendo perder “os seus haveres” caso este  brigadeiro volte atacar. No entanto, a nossa reportagem contactou o secretário “dos camaradas” naquele município e este mostrou-se indisponível de proferir qualquer esclarecimento sobre o assunto.

*Hélder Abel

Enviar um comentário