domingo, 22 de julho de 2012

Estádio da Cidadela será mesmo demolido


Luanda - O vice-ministro para os Desportos, Albino da Conceição, afirmou nesta sexta-feira, em Luanda, que estudos realizados apontam para a demolição do estádio nacional da Cidadela, localizado no distrito do Rangel.

Fonte: Angop
Ao responder as questões dos participantes do workshop sobre “Gestão e manutenção de infra-estrutura”, que decorre no Palácio dos Congressos, ressalvou que a última decisão será do Executivo, não sabendo especificar para quando.

“Estudos feitos apontam para a demolição do estádio da Cidadela”, disse no painel sobre  “Estado das infra–estruturas desportivas, seu aproveitamento para o desenvolvimento do desporto”.

Reinaugurado a 10 de Dezembro de 1985 pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, por ocasião dos II Jogos da África Central, o Estádio da Cidadela já não passa pelos problemas de inundações em tempo chuvoso, devido à reparação da vala de drenagem da rua Senado da Câmara.

Com o segundo anel interditado pela CAF desde 2006 por questões de segurança devido a fissuras nos pilares de sustentação, as estruturas de direito, nomeadamente o Ministério da Juventude e Desportos e a FAF, cumpriram as exigências, como a colocação de portões no quintal do complexo e melhoramento dos balneários, mas até agora a interditação se mantém.

Remodelado em diversas ocasiões, o maior complexo desportivo do país com capacidade para 65 mil espectadores foi ultrapassado pelo moderno estádio 11 de Novembro, construído por ocasião do campeonato africano disputado no país em 2010, apesar de inferior em termos de capacidade (50 mil espectadores).

Das remodelações já efectuadas destaque para intervenções a nível da relva natural e na troca do sistema de iluminação, colocação de bancos no primeiro anel e zona da tribuna principal. Actualmente, o histórico imóvel alberga apenas partidas do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Girabola) e de escalões inferiores, além de treinos de equipas e selecções jovens.

Por ocasião da realização no país do CAN2010 foi aventada a hipótese de servir de apoio ao 11 de Novembro, mas foi excluído e ultrapassado pelo 22 de Junho, Coqueiros e campo adjacente de Camama.
Enviar um comentário