terça-feira, 24 de julho de 2012

PGR processa David Mendes por revelar contas bancarias do PR



Lisboa - A Procuradoria Geral da República convocou esta segunda-feira (23), o líder do Partido Popular (PP), David Mendes no seguimento de um processo movido contra sua pessoa, por ter revelado contas bancárias do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, alocadas em bancos no exterior do países.

Fonte: Club-k.net
“A PGR respondeu a reclamação a sua decisão em não processar José Eduardo dos Santos, mandando abrir contra mim um processo crime Contra a Segurança de Estado, processo nº 336/2012-06-DNIC, o que eu não sabia é que denunciar um criminoso, só porque ele se chama JES constitui crime contra a segurança de estado.”, escreveu o advogado na rede social "Facebook".

David Mendes foi a Direcção Nacional de Investigação Criminal (DNIC) no período da manhã, mas teve de regressar a asa porque o investigador que iria interceptá-lo, não compareceu. Contudo, a audiência foi adiada para manhã do dia 24. Esta não é a primeira vez em que desfeitas idênticas acontecem quando o mesmo é convocado pelas autoridades.
David Mendes disse, a emissora católica de Angola  ser estranho o atraso verificado na resposta e os argumentos evocados não são convincentes. Há 10 de Outubro de 2010, o líder do PP apresentou queixa a PGR sobre contas do PR no estrangeiro. Passado quase dois anos a PGR respondeu em Abril de 2012, tendo declarado-se incompetente para avançar com uma investigação contra o Presidente da República.

“Não tendo a PGR competência para conhecer e mandar instaurar os competentes processos crime por denúncias feitas contra o Presidente da República vai indeferido, por incompetência, o pedido de abertura do processo crime requerido pelo Partido Popular”, lê-se no documento a que tivemos acesso.

Enviar um comentário