domingo, 10 de fevereiro de 2013

A maioria dos angolanos sofre e tem como habitação tendas e chapas furadas. Mihaela Webba



Os agentes da Polícia Nacional no local estavam orientados a não deixar ninguém tirar fotos; os jornalistas Ana Margoso e Alexandre Solombe corajosamente estiveram no local e testemunharam os factos. Um dos agentes inclusivamente disse-me que caso fizesse fotos apreenderia a máquina; respondi-lhe que Angola é um Estado de direito democrático e que se as autoridades não respeitam os mais elementares direitos dos cidadãos, as suas ordens, mesmos que lícitas são ilegítimas. Conclusão fiquei com a máquina e fiz estas fotos!
Enquanto uns têm direito aos condomínios de luxo, outros às centralidades do Kilamba e de Cacuaco, a maioria dos angolanos sofre e tem como habitação tendas e chapas furadas. Justiça social por favor! Senhores goverrnantes, acabem com esta miséria!!!

Enviar um comentário