sábado, 23 de fevereiro de 2013

Luanda. Regime leninista de JES-MPLA envia helicópteros contra dirigentes da UNITA



Presidente Samakuva fala para população e pede calma, e solicita que estas se dirijam ordeiramente para as suas casas, e questiona a Polícia da razão de tanto caos? 2º Comandante da Unidade Operativa respondeu: fizemos a barreira era para impedir que os populares fizessem algum mal a sr. presidente. Samakuva respondeu: nenhum popular iria me fazer mal. UNITA promete reagir perante as autoridades...

ANA MARGOSO. Facebook

Polícia Nacional reforça efectivos em Mayombe. Chegam nas suas carrinhas azul e 
branca
Helicópteros regressam ao Mayombe para intervir contra a população... Caos, muito caos...
Presidente Samakuva enfrenta barreira da polícia e diz que não irá arredar os pés do Mayombe enquanto não ter a possibilidade de ver em que situação estão os populares do Mayombe. A polícia retirou os helicópteros e diz não ter ordem para deixar entrar a caravana da UNITA. Os maninhos continuam por lá. Em actualização
Muitos tiros neste momento no bairro Mayombe, o líder da UNITA encontra-se do lado de fora. Fala-se em mais de 300 polícias anti-motim, militares da UGP, no terreno, não se sabe bem o que está a acontecer dentro do bairro já que a caravana da UNITA não teve acesso ao bairro. Em actualização
Adriano Sapiñala e José Pedro Katchiungo dois dirigentes do Galo Negro foram agredidos pela Polícia, que no terreno tem inclusive helicópteros. A População está muita agitada e ameaça virar-se contra a polícia. Em actualização
Dirigentes da UNITA são atacados pela Polícia Nacional em Cacuaco (Mayombe). As coisas estão a perder o controlo
Neste momento a Polícia canina, aérea e a anti-motim impedem a visita do presidente da UNITA ao bairro Mayombe em Cacuaco. As coisas estão a ficar complicadas, uma vez que a população que apreciou o gesto do líder da UNITA está a ficar agitada. Em actualização...

Foto de Adriano Sapiñala. Helicópteros da polícia sobrevoavam-nos no intuito de nos dispersar mas sem sucesso.
Enviar um comentário