sexta-feira, 18 de maio de 2012

Manifestação da UNITA nas atenções das petrolíferas em Angola






Lisboa –   As petrolíferas  baseadas em Angola  foram orientadas  a estarem empenhadas na vigilância   e monetarização   em torno da manifestação  convocada para sábado pela  UNITA.

Fonte: Club-k.net
Revelam  que poderá  mobilizar  muita gente
As instruções constam  num memorando despachados para as mesmas  assinado por um antigo quadro do Serviço de Inteligência Externa (SIE),  Francisco Armando,  que agora fe-lo na sua condição de director de segurança da BP. 

O memorando elaborado sobre o  código Alpha Zero admite que  a UNITA  poderá  mobilizar um número considerável de participantes   na sua agendada  manifestação   e comunica aos seus  quadros  o  roteiro da actividade do partido de Isaías Samakuva  da qual admite que a Polícia Nacional  esta empenhada, mas medidas de segurança  para evitar eventuais irregularidades.

Aconselha aos seus quadros (inclusive aos ligados ao sector dos transportes)  a evitar o uso da avenida  Deolinda Rodrigues  e outras ruas que levam ao cemitério da Santana Ana  ao  Largo da Independência, neste dia.

Os  destinatários do memorando  foram ainda apeladas a estar , vigilante e  neste dia evitando ficar em concentração de gente e por último  relatar quaisquer questões relacionadas com a segurança ligada aos  mesmos  através do código “Alpha Zero”. “A equipes de segurança e C & EA vão  acompanhar a situação e fornecer informações relevantes, se necessário”, Le-se no documento interno que o Club-K teve acesso.

Sabe-se, por outro lado,  que haverá igualmente para este sábado, uma outra  actividade política  de massas do MPLA,  mas entretanto,  o Club-K, não tem informação que o permitem noticiar as razões  que levaram o   relatório  de orientação as petrolíferas   a não instruir aos  seus  quadros para  manterem-se também vigilantes, com a manifestação de apoio  as “medidas de impacto social do executivo angolano”, na Cidadela.

Enviar um comentário