sábado, 19 de maio de 2012

Voluntaria do regime (Celeste Celinha) flagrada na manifestação da UNITA



Luanda - Foi flagrada na manifestação da UNITA, realizada sábado em Luanda, uma voluntaria  do regime que terá agido no sentido de contabilizar o numero de apoiantes que afluíram ao local da actividade política.

Fonte: Club-k.net
Diz ter comprado a camisola nos meninos de rua
A denuncia partiu da universitária Albertina Francisca Feijó relatando que a  militante do MPLA infiltrou -se na manifestação convocada pela UNITA, “para desinformar os militantes do seu partido, dizendo que havia só 1500 pessoas na manifestação de Luanda, felizmente as imagens contrariam tudo, o tempo de desinformação dos angolanos já passou, não está mais na moda”.

“Espero que a UNITA fique atenta, aparecerão muitos infiltrados como ela, mesmo para criar confusão. Que fique anotado. O seu nome: Celeste Celinha. Esta foto é só para reforçar, anterior dá melhor detalhes”, disse.

Através de um espaço que reúne adeptos do MPLA, no facebook, a acusada confirmou a sua presença como testemunha ocular,  na manifestação revelando que obteve a camisola nas mãos dos meninos de rua.

De acordo com as suas próprias palavras “Está camisola comprei nos meninos  que  estavam na manifestação da UNITA  no valor de 200 kwanzas,  diziam eles cota compra que nós não somos da UNITA  e nunca seremos” disse acrescentando que “A UNITA  atirava camisolas a todos os meninos que  encontravam nas ruas de Luanda”.

Embora o caso de Celeste Celinha aparenta  ter  sido de diversão, importa referir que em  Dezembro  de 2011,  a UNITA fotografou um operativo do SINSE que estava no seu congresso  disfarçado como delegado. As imagens foram mantidas em arquivo.

Enviar um comentário