sábado, 19 de maio de 2012

“Nandó” regressa ao parlamento



Lisboa  -  Fernando da Piedade Dias dos Santos voltará na próxima legislatura ao seu anterior cargo de presidente da Assembleia Nacional, conforme compromisso delineado com José Eduardo dos Santos e destinado a propiciar a indicação do nome de Manuel Vicente como próximo Vice Presidente.

Fonte: Africamonitor.net Club-k.net
Para facilitar  ascensão de Vicente
Era conhecidas em Dias dos Santos a aspiração se manter como Vice Presidente e, supletivamente, a perfilar-se como futuro Presidente. Contava com o apoio da chamada ala histórica do MPLA e do regime. JES tem sobre ele influências que terão sido decisivas na “conformação” que agora denota face ao cenário da preferência por Vicente.

Paulo Cassoma, actual presidente da Assembleia Nacional, está destinado a um novo cargo público, provavelmente como governador provincial. A sua rendição por Dias dos Santos é facilitada pelo ambiente de menor aceitação que gerou na Assembleia Nacional, em comparação com este, seu antecessor directo.

Vicente fez recentemente, no exercício das suas novas funções de governante, um aparecimento público interpretado em meios habilitados como “primeiro acto” de um esforço de projecção política do próprio, destinado a posicioná-lo como próximo Vice Presidente.

O referido aparecimento consistiu na apresentação de um relatório sobre a acção do Governo referente ao trimestre Janeiro/Março de 2012 – uma iniciativa de per se sem precedentes na acção governativa e, por essa razão, directamente associada à acção governativa de Vicente e creditada em seu proveito.

Outras particularidades da cerimónia, aparentemente calculadas para fazer “brilhar” Vicente foram ter sido protagonista único, e o documento, inspirado em métodos de produção considerados “evoluídos”.

Enviar um comentário