terça-feira, 1 de maio de 2012

Isabel dá prejuízo de 18 milhões de euros



Lisboa - Desde que entrou no mercado angolano, no início de 2010, a Zon regista um prejuízo acumulado de 18,2 milhões de euros com a ZAP, o operador criado em parceria com a empresária Isabel dos Santos.

Fonte: Correio da Manhã Club-k.net
Através da ZAP TV
O relatório do governo da sociedade da Zon revela que o seu "resultado líquido [lucro] foi afectado pelo impacto negativo das operações angolanas, no montante de 10,2 milhões de euros em 2011 e de 8 milhões de euros em 2010", o que totaliza 18,2 milhões.

Contactada, a Zon não fez nenhum comentário. Mas o mesmo documento mostra o optimismo da empresa na operação internacional, que está também presente em Moçambique. A ZAP "registou um crescimento recorde no número de clientes no último trimestre de 2011, bastante acima das expectativas". Classificando a ZAP como um "enorme sucesso" em Angola, a Zon revela que neste território "o mercado de TV por subscrição mais do que duplicou ao longo de 2011, sendo que a ZAP (...) terá captado grande parte do crescimento". Assim, existe "ainda muito potencial de crescimento".

Para captar mais clientes em Angola, a empresa tinha já em 2011 "dez lojas próprias, 430 agentes autorizados e 200 vendedores porta a porta. Em Moçambique, a estrutura da ZAP contava no final de 2011 com três lojas próprias e 60 agentes autorizados". No total, a ZAP tem "cerca de 280 colaboradores". A Zon tem 30% da operadora, sendo que os restantes 70% pertencem à SOCIP, sociedade detida a 100% por Isabel dos Santos.


Enviar um comentário