sábado, 5 de maio de 2012

CEO do Yahoo sob pressão por informação falsa no currículo


Scott Thompson abandonou o PayPal em Janeiro para liderar um Yahoo em dificuldades. Mas já há quem peça a sua demissão, depois de ter sido descoberto que o executivo tinha no currículo um curso que não tirou.
No currículo do CEO estava listada uma licenciatura em Ciências Computacionais e outra em Contabilidade, por uma universidade em Boston. Porém, o curso de Ciências Computacionais só foi criado alguns anos depois de Thompson ter deixado a universidade.

A informação incorrecta (e entretanto corrigida) foi identificada por um dos maiores investidores no Yahoo, Dan Loeb, cujo fundo tem quase 6% das acções da companhia e que enviou uma carta à empresa a pedir clarificações sobre o processo de contratação de Thompson e onde exige a demissão deste até segunda-feira.

A empresa confirmou a informação errada no currículo do CEO e afirmou tratar-se de um “erro inadvertido”, que se tem vindo a perpetuar. A referência ao curso de Ciências Computacionais surgia nas notas biográficas das outras empresas por onde Thompson passou, embora haja documentos entregues ao regulador americano e biografias nos órgãos de comunicação social que listam apenas a licenciatura em Contabilidade.

O Yahoo, que diz estar a investigar o caso, sublinhou que a informação errada no currículo “não altera de forma nenhuma o facto de que Thompson é um executivo altamente qualificado e com um registo de sucesso a liderar grandes empresas de tecnologia de consumo”.

A denúncia feita por Loeb (que também aponta uma falha de currículo a outro elemento do conselho de administração do Yahoo) alimenta a guerra que nos últimos meses tem travado com Thompson. O investidor queria ter um papel mais activo na empresa, através de um assento no conselho de administração, uma pretensão que o CEO inviabilizou.
Imagem: Os dados errados foram descobertos por um dos principais investidores (Justin Sullivan/Getty Images/AFP)
Enviar um comentário