quinta-feira, 3 de maio de 2012

Luisete Araújo “abandona” sonho de ser Presidente para "entrar" na CASA-CE



Lisboa – O vírus da união que afectou os partidos da oposição senegalesa já chegou em Angola. Finalmente, ao que tudo indica, Luisete Macedo de Sousa Araújo já não será, provavelmente, a cabeça de lista do Partido Angolano Republicano (PAR), liderado por Miguel Afonso, nas próximas eleições gerais a realizar-se no terceiro trimestre do corrente.

Fonte: Club-k.net
A religiosa, segundo apurou este portal, decidiu abandonar o seu velho sonho (quase impossível de se realizar) de ser a primeira mulher a dirigir o país para “entrar”, juntamente com a direcção do PAR, a CASA-CE, coligação partidária liderada por Abel Epalanga Chivukuvuku, antigo presidente da bancada parlamentar da UNITA.

O Club-k soube ainda que adesão da direcção do PAR resulta de uma iniciativa da direcção da CASA-CE que pretende englobar a maior parte dos pequenos partidos na oposição angolana para evitar a desperdição dos ‘poucos’ votos, por um lado e, por outro, a extinção dos mesmos – por força da Lei dos Partidos Políticos – caso não conseguirem atingir 0,5% dos votos durante o pleito eleitoral.

Como não poderia deixar de ser, este portal contactou, telefonicamente, um dos líderes do PAR, Miguel Afonso, que confirmou o facto, avançando simplesmente que as negociações entre as duas formações já se encontra na fase final e muito brevemente serão tornadas públicas.

A questão que se coloca é: quais serão os cargos que estes “novos inquilinos” da CASA-CE irão ostentar, uma vez que já possui cerca de quatro vice-presidentes? Já que os lugares chaves como, por exemplo, da mobilização e assuntos políticos e eleitorais já estão ocupadas por Americo Chivukuvuku e Odeth Joaquim. Aguardamos pela devida resposta.

Fontes bem posicionadas alegam que será mesmo difícil que os novos aderentes venham ostentar cargos importantes dentro da formação de Abel Chivukuvuku. “A não ser que Luisete venha a ser a responsável máxima da ala feminina da CASA-CE, uma vez que a direcção prevê reunir este sábado para o efeito”, disse a fonte, acrescentando que “enquanto a Miguel Afonso duvido que será um dos vice-presidentes”.

Vale realçar que muito recentemente a Luisete Araújo pós-fim a sua militância nos POC’s onde ocupava cargo de secretária para os assuntos políticos e eleitorais, para ser cabeça de lista do PAR que também fazia parte desta formação política. Ouvia-se de boca pequena que a mesma terá sido a responsável pela cisão entre as duas instituições.

Enviar um comentário