quinta-feira, 3 de maio de 2012

O último salazarista era angolano...


Morreu no maior dos esquecimentos em Portugal um dos últimos salazaristas de Angola. Há mesmo alguém que ache que ele foi o último dos verdadeiros salazaristas que se encontrava em vida. Chamava-se José Pinheiro da Silva (JPS), era originário de Cabinda e foi Secretário Provincial da Educação entre 1964-71.

http://morrodamaianga.blogspot.com/

Para mim o esquecimento deste desaparecimento foi tal, que só hoje tive notícias da sua morte que aconteceu em Fevereiro deste ano num dos hospitais de Lisboa. Lembro-me de ter visto José Pinheiro da Silva há uns anos, não muitos, parado, de pé, numa das estações de comboio da linha de Cascais, rigorosamente vestido de preto com chapéu e tudo. A impressão com que fiquei daquele homem é que para JPS o tempo não tinha passado. Todos nós (os da minha geração) estudámos durante o seu consulado, numa altura em que o ensino publico em Angola tinha de facto as portas abertas aos angolanos sem qualquer tipo de entraves. Antes pelo contrário, pois até já havia uma política de apoio social dirigida aos alunos provenientes de famílias mais pobres. No Liceu Salvador Correia onde fiz o ensino secundário, para além de ter beneficiado de isenção de propinas, tínhamos acesso a uma merenda escolar, que o Videira nos servia no intervalo do segundo tempo. PS-JPS faleceu no Hospital da Luz no dia 18 de Fevereiro de 2012, aos 87 anos de idade.
Enviar um comentário