quarta-feira, 9 de maio de 2012

Manuel Vicente cada vez mais Vice-Presidente



Lisboa -  É agora praticamente certo que o nome de Manuel Vicente será o segundo da lista de candidatos do MPLA às eleições de 2012; à segunda figura corresponde, por concomitância, o cargo de Vice Presidente.

Fonte: AM IntelligenceClub-k.net
Fernando da Piedade Dias dos Santos, que até há pouco ainda aspirava continuar a exercer o cargo de Vice Presidente (inclusive reagia negativamente a cenários diversos), denota agora estar conformado com o seu preterimento – formalmente justificado por razões de saúde e por conveniências de renovação do regime.

A inclinação de José Eduardo dos Santos (JES) por Vicente, considerada “natural” devido a características do regime (poder de base pessoal) e a singularidades das ligações pessoais e institucionais entre ambos, tornou-se mais nítida quando o ex-PCA da Sonangol foi nomeado ministro de Estado para os Assuntos Económicos.

Os adversários internos da ascensão de Vicente, entre os quais predominam os “históricos” do MPLA, invocam também o argumento de que se trata de uma solução encontrada no seio da “família presidencial”, desfazada da necessidade de dotar o país de instituições fortes, de que julgam depender a sobrevivência do regime.

Vicente passa por ser parente de JES – uma particularidade de veracidade não suficientemente justificada. É um facto, porém, que tem estreitas ligações a JES e seus irmãos, mas sobretudo a suas filhas, Isabel e Tchizé; menos estreitas, mas ainda assim cordiais, ao filho José Filomeno dos Santos “Zenu”.

A oposição ao nome de Vicente que mais incomoda JES é, porém, a de que se trata de uma solução encontrada no seio da família e destinada a atender aos seus interesses – a que acrescem conjecturas como a de que será um Vice Presidente contemporizador com uma eventual “eternização” do mesmo no poder.

A lista de candidatos do MPLA só deverá ser divulgada publicamente muito perto das eleições – um artifício destinado a gerir reacções contrárias. O processo tem, porém, passado por reuniões da direcção (CC convocado ainda para Maio), subtilmente destinadas a identificar/medir reacções em relação a perfis e mesmo nomes.


Enviar um comentário