terça-feira, 12 de março de 2013

"Kussuma nos mentiu", dizem os retornados. Ana Margoso.Facebook




Em Benguela passei pelo campo de retornados de "Mina da Boa Esperança", onde vivem angolanos retornados da Namíbia, Zâmbia e desalojados da província de Benguela, onde o sofrimento atinge as populações que vivem neste local. Todos eles, os retornados, foram unânimes em afirmar que estão arrependidos em regressar ao país, tudo porque o que o ministro da Reinserção Social, João Baptista Kussuma prometeu aos refugiados, não foram cumpridas. As crianças caminham todos os dias 7 a 8 quilómetro por dia para alcançarem as escolas. E, na Mina da Boa Esperança não existe sequer um posto médico e água canalizada têm de esperar pela cisterna do MINARS que vem duas vezes por semana.

Enviar um comentário