sábado, 2 de março de 2013

Luanda vai ter mais três linhas ferroviárias públicas




Luanda - Luanda vai passar a contar com mais três linhas ferroviárias para transporte de passageiros, anunciou hoje no Huambo, centro de Angola, o ministro dos Transportes. Citado pela agência Angop, Augusto da Silva Tomás, que discursava no Huambo, na abertura de um seminário sobre o sistema ferroviário angolano, acrescentou que as três linhas se enquadram "nas medidas estruturantes que estão a ser estudadas".
Lusa/SOL Club-k.net
O governante angolano adiantou que está em conclusão o estudo da rede ferroviária ligeira na área metropolitana de Luanda e que as três linhas vão ser criadas nos dois principais corredores de mobilidade da capital do país.
Uma delas ligará o centro de Luanda ao novo aeroporto internacional de Luanda, que está a ser construído na Estrada de Catete, ao quilómetro 42 e cuja primeira fase ficará concluída em 2014. Esta linha visa responder ao previsível aumento de fluxo de transporte de passageiros. As duas outras linhas vão ligar o centro urbano e as localidades de Talatona e Kilamba Kiaxi, a sul da capital.
Augusto da Silva Tomás explicou que a materialização deste projecto implica a construção de uma estação central em Luanda, onde se articularão todos os modos de transporte colectivo de passageiros (rodoviários, ferroviários e transporte individual), numa solução optimizada de intermodalidade.
Informou que entre as várias medidas estruturantes que estão a ser estudadas para posterior execução, inclui-se também a criação de uma linha ferroviária que vai ligar Angola e as vizinhas Repúblicas da Zâmbia e da Namíbia, para intensificar as relações comerciais entre os três países.


Enviar um comentário