quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Banqueiros e empresários criticam fugas de informação sobre Angola


Filipe Alves  
Ministra da Justiça revela “preocupação” com violações do segredo de justiça. Nuno Amado também critica fugas e vê “receio acrescido” no investimento em Angola.
Membros do Governo e da elite económica em Portugal com negócios em Angola continuam a tentar apaziguar a tensão nas relações com aquele país africano. As fugas de informação nas investigações a altas figuras do Estado angolano estão na mira de vários banqueiros e empresários. Também a ministra da Justiça mostrou ontem "preocupação" com as fugas, que têm sido referidas em Luanda como a razão que leva Angola a enviar o recado de que está a repensar a parceria estratégica com Portugal.

Enviar um comentário