Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Luanda. Deputados recebem carros de 150 mil dólares




Luanda – A Assembleia Nacional distribuiu a duas semanas atrás viaturas protocolares Jeep da marca Lexus 570 para cada deputado angolano. O preço de cada viatura no mercado internacional pode custar perto de 150 mil dólares americanos.
Fonte: Club-k.net
2- As viaturas foram fornecidas pela agência de automóveis angolana TCG – Transporte de Carga a Granel pertencente ao deputado do MPLA Carlos Alberto Pereira dos Santos Van-Dúnem.
3- Foi igualmente a TCG – Transporte de Carga a Granel que fora escolhida para vender viaturas (de marca BMW X6) aos deputados da legislatura passada. Na altura, a aquisição gerou debate levantando suspeita de uma suposta tentativa de subfacturação. O ex- Presidente da Assembléia Nacional de Angola, António Paulo Kassoma anulou o contrato de compra dos BMW que foram encomendados pelo seu antecessor, Fernando da Piedade dias dos Santos “Nandó”.
4- No seguimento da anulação da encomenda, a Assembléia Nacional foi obrigada a pagar a multa de cerca de 400 mil dólares a TCG – Transporte de Carga a Granel. A indicação da TCG, no processo de venda das viaturas teria sido feita por mediação do empresário Cláudio Dias dos Santos, o primogénito de “Nandó”.

Enviar um comentário