quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Comunicado: Bloco Democrático declara apoio a manifestação pacífica pela memória de Cassule e Kamulingue


Luanda - O BD – Bloco Democrático - condena mais uma vez, o assassinato de dois activistas políticos, Alves Kamulinde e Isaias Cassule e mantém a sua posição de que continuará a lutar para que os seus responsáveis directos, políticos e morais, sejam julgados à luz das Leis da República de Angola.

Fonte: BD

Dessa forma, o Bloco Democrático, pretende salvaguardar o processo democrático, a pureza das instituições do Estado de Direito, a solidariedade activa com os familiares directos das vítimas e estancar definitivamente o vício dos assassinatos e perseguições políticas. Um partido político da oposição decidiu fazer um apelo público para a realização de uma manifestação de repúdio envolvendo todos quantos estão comprometidos com a defesa dos direitos humanos, com a prática da justiça, a materialização das liberdades consignadas na Constituição da República e a Democracia.
Comungando tais compromissos, o Bloco Democrático vem por este meio garantir a sua solidariedade:
- convocando os seus membros a participação activa
- apelando as organizações de direitos humanos e sociedade civil em geral a participar na mesma;
- apelando aos cidadãos, em geral, para participar na manifestação do dia 23

O BD convida a força política que suporta o poder em Angola a não interferir no acto administrativo do Governo da Província que consiste em simplesmente viabilizar a manifestação. Outrossim, recomenda às forças policiais para não perturbarem a manifestação, devendo tão-somente assumir o seu papel de garante da ordem e tranquilidades pública, em prol da democracia.

O BD – Bloco Democrático - atento ao que se tem passado em manifestações anteriores, adverte que o facto do Presidente da República não estar no país, não retira ao mesmo a responsabilidade dos distúrbios, normalmente provocados pelas forças policiais e suas milícias a civil.
Por uma manifestação pacífica pela memória de Cassule e Kamulingue! Por justiça social e solidariedade para com seus familiares directos! Lutemos por um futuro com dignidade pela “Liberdade, Modernidade e Cidadania”.
Luanda, 20 de Novembro de 2013
O Secretariado Nacional

Enviar um comentário