Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Moçambique. Conflito armado alastra-se a Manica (#canalmoz)



Três pessoas ficaram feridas e uma viatura foi incendiada no troço Muxúnguè-Inchope”

Chimoio (Canalmoz) – Uma viatura de carga e outra ligeira foram atacadas esta segunda-feira por homens armados não identificados no troço Muxúnguè-Inchope. Do ataque três civis ficaram feridos e uma viatura foi incendiada.
De acordo com fontes da Polícia instaladas num dos postos de avanço e protecção no Inchope, distrito de Gondola, província de Manica, as duas viaturas iam para a cidade da Beira.
Os feridos foram de imediato assistidos e tratados no posto de saúde de Inchope e liberados a seguirem a viagem na manhã seguinte.
Entretanto o porta-voz do comando provincial em Manica, Belmiro Mutandiua, não confirmou e nem desmentiu o incidente, tendo apenas informado que “já existe um posto avançado na região para a protecção da população”. (José Jeco)
Enviar um comentário