sábado, 16 de novembro de 2013

Moçambique. Na cidade da Beira



Policia acaba com comício do MDM e de Daviz Simango, fere pessoas e incendeia viaturas

Momentos antes dos distúrbios provocados pela Polícia, Filipe Paúnde, secretário-geral da Frelimo, passou pela zona do comício, no campo de Munhava, onde iria estar Daviz Simango e o MDM.
Acredita-se que a actuação da Polícia tenha sido por ordens de Paúnde.

Beira (Canalmoz) - A Força de Intervenção Rápida (FIR) acaba de dispersar na Beira, no campo do bairro de Munhava, um comício popular de Daviz Simango, candidato do MDM à presidência do município da Beira.

Como consequência da actuação da Polícia, muitas pessoas estão feridas, havendo relatos não confirmados de mortes por atropelamento.
O deputado José Manuel de Sousa, porta-voz do MDM é um dos feridos.
Entretanto, Daviz Simango encontra-se salvo. Informação que circula dando conta do seu internamento por ferimentos no local, apurou o Canalmoz, não constitui a verdade.

Recorde-se que quando eram 16h12 minutos milhares de pessoas estavam no local onde iria se realizar o comício. Daviz Simango acabava de chegar ao local e logo vieram dois carros da Polícia que começaram a disparar para o ar e atirar gás lacrimogéneo para os presentes, dispersando desta forma as milhares de pessoas.
Ainda não é possível fazer balanço da ocorrência em termos de eventuais feridos ou detidos.
Os disparos da Polícia incendiaram pelo menos uma viatura que neste momento arde na Beira.

Recorde-se que ontem tomou posse novo comandante provincial da PRM de Sofala, António Pelembe.
Notícia em actualização
Foto de Miguel Mangueze
(Redacção)

Enviar um comentário