Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Revista de Imprensa: “Saída de Dos Santos deixa Angola em polvorosa”


Luanda - O Revista de Imprensa aborda as principais chamadas de capa dos jornais publicados em Luanda nos dias 22 e 23 de Novembro.

Fonte: Club-k.net

O PAÍS traz em destaque na capa uma fotomontagem de militantes do MPLA e da UNITA, exaltando os dois partidos com o título: “Alta tensão”.

“Uma guerra de comunicados acirra nervos nas hostes do Executivo e da Oposição. Tudo por um assunto em investigação na Procuradoria Geral da República: o desaparecimento de Cassule e Kamulingue”, anuncia o jornal.

Esta publicação traz ainda como destaque “Islão: 60 mesquitas encerradas no país”.
“Numa altura em que paira no ar a possibilidade do não reconhecimento desta religião em Angola, os muçulmanos viram já serem fechadas, em todo o território, seis dezenas dos seus templos”, diz.
OUTROS TÍTULOS:

“INDUSTRIA: Angola produz electrodomésticos”.
 “MANUEL INÁCIO: É preciso rever a maneira como vemos a educação”.
 “KABUSCORP: Tresor Mputu aporta no Palanca”.

O NOVO JORNAL destaca “violência no desporto: Paixão fatal” e ilustra com uma imagem de adeptos dos Palancas Negras, num dos estádios de futebol.

O jornal traz ainda como uma das principais chamadas de capa “ MANIFESTAÇÃO:
 UNITA e PRS juntos, CASA-CE e FNLA abstêm-se
 O 1o Caderno traz como título “LUANDA: Treme-treme volta a tremer”.
 O Caderno de Economia tem como destaque “Cabinda: Pluspetrol explora petróleo em terra”.
 Já o Caderno Mutamba destaca “CIBERDÚVIDAS: Co-fundador admite fim do portal”.

OUTROS TÍTULOS:

“BASTANTE COBIÇADO: Job está sem club”. “REPATRIAMENTO: Angolanos sob ameaça”. “MEDICINA DO TRÁFEGO: condutores fogem ao exame”.
 O AGORA traz na capa a imagem da viúva do primeiro Presidente da República de Angola, com o seguinte título: “O grito vitorioso de Eugenia Neto”.

O jornal aborda ainda que “a exoneração de Sebastião Martins, chefe do SINSE, pelo Presidente da República não acaba com a polémica: outras figuras públicas poderão vir a ser atingidas”.
OUTROS TÍTULOS:

“ECONOMIA: Executivo tem em preparação a ligação ferroviária com a Zambia a partir do Luau, no Moxico”.

“BENTO BENTO: é tudo uma cabala”.
 “Igreja islâmica proibida de exercer cultos em Angola”.
 “ENTREVISTA: Filipe Mascarenha diz que nossos futebolistas são descartáveis”.

“Sucessão de Zé Dú não preocupa militantes do EM”.

“A laicidade do Estado não tem limites? Batalha pela fé”, destaca o SEMANÁRIO ANGOLENSE com uma fotografia de vários crentes durante um culto.

OUTROS TÍTULOS

“SEGUNDO A NEWSLETER ÁFRICA MONITOR: JES estará a esboçar um ‘novo’ Governo”.

“MPLA ESTÁ CONTRA: A manifestação do Galo Negro”.

O A CAPITAL elegeu como destaque uma matéria relacionada com a Comissão de Gestão e Conversão Urbana de Luanda com o seguinte título: “O sumiço dos milhões”. O texto é ilustrado com a fotografia de Bento Soito.

“Como dois funcionários falsificaram a assinatura do Chefe, Bento Soito, e tiraram 14 milhões de dólares de dinheiro do Estado”, diz o jornal.

O jornal destaca ainda “A quem interessa tanta perseguição? Informações contraditórias associam o nome do governador de Luanda a factos alheios ao seu domínio”.

OUTROS TÍTULOS

“Onde, Afinal, fica o povo? Entre o brilho da estrela e o cantar do galo”.

O FACTUAL traz como principal destaque “Moribundos apostam em nova guerra”.

O jornal ilustra ainda grande parte da sua capa com a imagem do músico angolano Anselmo Ralph com o título: “Quero conquistar América Latina”.

OUTROS TÍTULOS

“ROSA CRUZ E SILVA GARANTE: Combate a feitiçaria e as seitas religiosas ilegais”.

“Executivo angolano discorda de conclusões do Banco Mundial”

“TERESA GARCIA: Nas elites existe violência contra a mulher”.

O MANCHETE traz na capa imagens de figuras de proa do partido maioritário, designadamente, Roberto de Almeida (vice-presidente), Dino Matross (Secretário Geral) e Jú Martins (secretário para a mobilização periférica) com o título: “manifestação em todo país: Mortes de Kamulingue e Cassule provocam convulsões no MPLA”.

OUTROS TÍTULOS

“SINSE entrega Bento Bento às ‘feras’” “Escravatura nas empresas chinesas”

“Saída de Dos Santos deixa Angola em polvorosa” “Ekuikui sondado para mandar no Interior”.

O espaço Revista de Imprensa resulta de uma parceria entre o Club-k e a empresa Monacessa Distribuidora. Os moradores ou empresas sedeadas em Talatona, nos condomínios Lar do Patriota, Jardim do Edém, dos deputados, cidade do Kilamba, Camama e arredores interessadas em receberem jornais e revistas em casa, ao preço de capa, liguem para o 948 077 533 ou enviem um e-mail para monacessadistribuidora@gmail.com.

Enviar um comentário