Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O Padre Apolónio Graciano nas vestes de activista político do MPLA,

também confunde MANIFESTAÇÃO com GUERRA. É estranha essa confusão a ser feita por um homem esclarecido... Padre, nós preferimos nos manifestar sem a tua bênção porque ela não é santa, mas sim confusa!
Victor Hugo Plineo Ngongo. Facebook
Enviar um comentário